R.B. 8/OUT/12 ‘’Por acreditar que o povo ainda é ignorante’’


R.B.

"Por acreditar que o povo ainda é ignorante"

 

São Paulo, 8 de outubro de 2012 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve cair, acompanhando a nova piora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, porem deve-se ressaltar que o patamar pode ficar interessante para compras, principalmente diante das crescentes ''apostas'' de um novo corte da taxa básica de juros brasileira (Selic) na reunião do Copom desta semana.

-    O DÓLAR pode subir, acompanhando a piora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e também influenciado pelo aumento das ''apostas'' de nova redução da Selic na reunião do Copom desta semana.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA 0,2%, abriu em alta, para na máxima avançar 1,7%, porem, ainda com baixo volume de negócios (R$ 6,5bi), perdeu ''forças'' na etapa final do pregão e encerrou os negócios em leve alta, pressionada por movimentos de realização de lucros antes do início da temporada de balanços do terceiro trimestre.

-    DÓLAR 0,5% à R$ 2,03, abriu em queda, para na mínima recuar –0,2%, porem passou a subir ainda na parte da manhã, para fechar o dia com a maior alta em quase 3 semanas, após o BC voltar a intervir no câmbio realizando um leilão de swap cambial reverso.

-    Na ÁSIA, em alta pelo segundo pregão consecutivo, JAPÃO 0,4%, CORÉIA 0,6% e CHINA 0,7%, com investidores esperando importantes dados de emprego dos EUA e ''animados'' com as declarações de Mario Draghi, presidente do BC Europeu, de que o órgão está pronto para comprar títulos de países em dificuldade.

-    Na EUROPA, recuperando as perdas do pregão anterior, INGLATERRA 0,7%, FRANÇA 1,6% e ALEMANHA 1,3%, desta vez ''animadas'' com a divulgação de um relatório de emprego animador nos EUA, que tranquilizou os investidores sobre o estado da economia global.

-    Nos EUA, revertendo uma abertura positiva, para fecharem em queda após 4 pregões consecutivos de alta, S&P –0,1%, DJ –0,2% e NASDAQ –0,4%, já que a queda inesperada na taxa de desemprego foi ofuscada por preocupações sobre a próxima temporada de balanços empresariais, que tem início com a publicação dos resultados da Alcoa.


Economia:
 
Esta semana tem reunião do Copom e, apesar da inflação mais alta, conforme divulgado recentemente pelo IBGE, ganharam força no ''mercado'' as ''apostas'' de mais um corte de –0,25% da taxa básica de juros, que atualmente já está no menor patamar da história (7,50%), já que o governo que garantir a retomada da economia.
 
Mostrando otimismo, Luciano Coutinho, presidente do BNDES, afirmou que a queda da taxa de juros, a redução do custo da energia, as desonerações de setores da indústria e os pacotes de concessões em infraestrutura mudaram para melhor o cenário macroeconômico brasileiro e deram ao Brasil condições de criar um crescimento sustentável no longo prazo.
 
Após afirmar que o Brasil construiu nos últimos anos um mercado doméstico, não só de consumo, mas de oportunidades de investimentos, Márcio Holland, secretário-executivo do Ministério da Fazenda, ''alertou'' que os empresários brasileiros que não tirarem o plano de negócios da gaveta irão perder participação de mercado.
 
Apesar de ser ''apenas'' a sétima maior economia do ''mundo'', o mercado brasileiro de games, que movimentou em 2011 R$ 840mi, se tornou o quarto maior do mundo e segundo estudos do setor crescerá em média 7,1% por ano até 2016, quando atingirá R$ 4bi.
 
Com o objetivo de diminuir a rotatividade no mercado de trabalho brasileiro, o governo Dilma estuda uma série de mudanças na legislação que vão desde a criação de taxas extras para empresas que demitirem mais funcionários do que a concorrência até a inclusão de barreiras para acessar o seguro-desemprego e a unificação do abono salarial com o salário família.
 
O atual cenário de juros baixos, estabilidade econômica e a mudança na pirâmide social, com ascensão da classe média, tem provocado crescimento na previdência privada para menores, com isto a arrecadação dos planos para pessoas com até 18 anos chegou a R$ 1,1mi nos 7 primeiros meses deste ano, o que representa uma alta de 17,7% ante o mesmo período do ano passado.
 
''Apostando'' na retomada da economia brasileira no ultimo trimestre do ano, a Marfrig, segunda maior empresa de carne bovina do Brasil, está elevando o uso de sua capacidade instalada como forma de atender à crescente demanda interna.

Política:
 
Como indicavam as últimas pesquisas, bombardeado pelos adversários e sem tempo na TV para se defender, Russomanno ficou com 21,6% dos votos e não foi para o segundo turno das eleições para a prefeitura de SP, que por sua vez será ''duramente disputada'' entre Serra, que ficou com 30,7% dos votos, e Haddad, que ficou com 28,9% dos votos.
 
BH e Recife foram as capitais aonde Lula e Dilma ''meteram'' o bedelho na escolha dos candidatos e saíram derrotados já no primeiro turno, em BH ganhou Marcio Lacerda, o candidato de Aécio Neves, já em Recife ganhou Geraldo Julio, o candidato do Eduardo Campos.
 
Provavelmente ''por acreditar que o povo ainda é ignorante'', ontem, ao ser questionado sobre o efeito do julgamento do mensalão nas eleições municipais, Lula afirmou que população não está preocupada com isso, ressaltando que o povo está preocupado se o Palmeiras vai cair e se Haddad vai ganhar.
 
Mesmo com a não reeleição de Wadih Mutran, o mafioso do PP que desde 1983 era vereador, a Câmara de SP teve a reeleição de 60% dos seus atuais vereadores, porem agora o partido com o maior número de vereadores é o PT, e não mais o PSDB.
 
-    Crescendo como uma importante força politica, Eduardo Paes se reelegeu em primeiro turno para a prefeitura do RJ com 64,6% dos votos válidos.
-    Tentando a sobrevivência do seu clã político, ACM Neto conseguiu 40,1% dos votos e foi para o segundo turno em Salvador contra o petista Pelegrino, que ficou com 39,7% dos votos válidos.
-    Em Curitiba Ratinho Jr, que é considerado ''o Russomanno que deu certo'', conquistou 34,9% dos todos e vai disputar o segundo turno contra Gustavo Fruet, o candidato do PDT que tem o apoio de Dilma.
-    Segundo o balanço das eleições nas cidades que já elegeram seus novos prefeitos, 621 dos 5.463 prefeitos eleitos em primeiro turno são mulheres, o que representa 11,37% do total e também é um novo recorde histórico.
Crítica:
 
Estudos da Federação Brasileira de Bancos dizem que a falta de educação financeira da população brasileira gera mais inadimplência do que o desemprego, para tentar reverter este quadro o Ministério da Educação preparou um material e definiu que a matéria ''finanças pessoais'' deve ser aplicado nas escolas, porem reconhece que o uso deste material ainda depende da adesão das escolas.
 
Agradando Lula, porem certamente causando mais um revés para a democracia, Chávez foi reeleito para um novo ''mandato de ditador'' na Venezuela.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário