R.B. 5/OUT/12 ‘’Não ganhará nem experiência’’


R.B.

"Não ganhará nem experiência"

 

São Paulo, 5 de outubro de 2012 (SEXTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após 3 pregões consecutivos de queda e elevando a ainda ''nanica'' alta acumulada no ano (3,0%), impulsionada pela recuperação dos mercados externos e pelo baixo patamar da taxa de juros da economia brasileira, que incentiva investimentos no setor produtivo.

-    O DÓLAR pode seguir em queda, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciado pelo aumento da possibilidade de elevação da ''nota'' do Brasil pela agencia de classificação de risco Moody's até o final deste ano.

 

ONTEM

-    BOVESPA –0,3% (aos 58.458pts), abriu em alta, para na máxima avançar 0,6% e se aproximar dos 60.000pts, porem em um pregão com boa volatilidade (mínima de –0,9%) e baixo volume de negócios (R$ 6,3bi), fechou em leve queda, pressionada pela desvalorização de ações dos setores de construção e de energia.

-    DÓLAR –0,2% à R$ 2,02, já abriu em queda e, seguindo a melhora do cenário externo, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, apesar do ''mercado'' continuar ciente de que o governo e o BC pretendem não vão deixar a moeda norte-americana cair abaixo de R$ 2 tão cedo.

-    Na ÁSIA, recuperando parte de perdas recentes, após um pregão marcado pela forte volatilidade, CHINA ainda estava fechada devido a feriado local, JAPÃO 0,9% e CORÉIA 0,2%, acompanhando o bom desempenho das demais bolsas mundiais no dia anterior e beneficiadas pelo corte da taxa de juros na Austrália.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura positiva, INGLATERRA –0,1%, FRANÇA –0,1% e ALEMANHA –0,2%, com perspectivas econômicas sombrias ainda abalando o sentimento de investidores, principalmente após a gigante química alemã Basf anunciar cortes em sua unidade para construção alegando demanda fraca.

-    Nos EUA, em alta pela quarta sessão consecutiva e assim se aproximando de atingir a máxima em 5 anos, S&P 0,7% (16,2% ano ano), DJ 0,6% e NASDAQ 0,5%, diante das expectativas positivas para a divulgação do relatório de emprego do país nesta sexta-feira e do anuncio de que as vendas do varejo cresceram 3,6% em SET/12.


Economia:
 
Podendo ''animar'' a bolsa e derrubar o dólar, a agência de classificação de risco Moody's, que recentemente colocou a ''nota'' do Brasil em perspectiva positiva, ''avisou'' que até o final do ano pode anunciar uma mudança na sua avaliação do Brasil, ressaltando que os principais motivos para uma melhora incluem a responsabilidade fiscal, o fortalecimento da economia e a resposta política.
 
Adequando-se um pouco mais à realidade do setor imobiliário brasileiro, ontem o conselho curador do FGTS elevou o valor máximo dos imóveis financiados de R$ 170 mil para R$ 190 mil pelo programa de habitação popular Minha Casa, Minha Vida.
 
Diante do aumento da renda da população, do baixo patamar do desemprego e também da falta de conhecimento financeiro do trabalhador brasileiro, em SET/12 os depósitos feitos em cadernetas de poupança superaram os saques em R$ 5,9bi, o que representa o melhor resultado para o mês de setembro desde o início da série histórica do BC, em 1995.
 
Apenas para se adaptar às regras impostas pela nova política industrial do setor, como a exigência de no mínimo 60% de peças nacionais e a redução de 12% no consumo de combustíveis, a indústria automotiva brasileira estima que os investimentos somem R$ 60bi até o final de 2017.
 
Alegando estar ''animada'' com o novo regime automotivo divulgado esta semana pelo governo Dilma, a JAC Motors ''avisou'' que vai iniciar o quanto antes as obras de seu complexo industrial em Camaçari, na Bahia, aonde planeja investir R$ 900mi para produzir 100.000 veículos por ano.
 
-    Impulsionadas pelos ótimos resultados do setor agrícola brasileiro, que por sua vez se beneficia pela quebra da safra nos EUA, as vendas de máquinas agrícolas no Brasil cresceram 5,0% na comparação entre SET/12 e SET/11.
-    Responsáveis pelo maior número de vagas de emprego, em AGO/12 as miro e pequenas empresas de SP acumularam um crescimento de 9,4% em seu faturamento na comparação com o mesmo período de 2011.
 
Cada dia mais admirada pelo mercado, Graças Foster, presidenta a Petrobrás, afirmou ontem em uma entrevista para a The Economist que (1) o resultado de sua empresa no terceiro trimestre está em linha com o que ela esperava, (2) a empresa já tem todas as sondas necessárias até 2020 e (3) ficaria muito satisfeita com o aumento da mistura de etanol na gasolina dos atuais 20% para 25%, já que isto aliviaria as importações de combustível pela estatal.

Política:
 
Alegando falta de provas e assim causando indignação na oposição, o ministro Ricardo Lewandowski, revisor do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal, votou pela absolvição do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e do ex-presidente do PT José Genoíno.
 
''Alertando'' que não se deve jogar todas as ''fichas'' em uma eleição, Marcelo Crivella, ministro da Pesca de Dilma e líder do PRB, afirmou que o petista Haddad põe em risco a unidade da base de apoio do governo federal e coloca seus interesses próprios "acima dos do povo" ao tentar se eleger prefeito de SP usando ''golpes baixos'' contra um candidato de um partido aliado, o caso Russomanno.
 
Nos 14 dias em que Russomanno perdeu cerca de -10% pontos nas pesquisas para a prefeitura de SP, Chalita ganhou 4 % e chegou a 12%, sendo que a melhor pontuação do candidato do PMDB ocorre entre os eleitores com ensino superior, grupo que representa 25% da amostra do Datafolha.
 
São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife são 4 importante capitais do Brasil aonde Lula impôs seu candidato petista, se indispondo com membros do partido e brigando com aliados de Dilma na esfera federal, e aonde provavelmente o PT ''não ganhará nem experiência'' nestas eleições municipais.

Crítica:
 
Com as ações de suas 3 empresas negociadas em bolsa, que são OGX, MMX e LLX, recuando respectivamente -57,7%, -32,8% e –16,0% no ano, enquanto ao o Ibovespa sobre 3,0% no mesmo período, o empresário de PowerPoint Eike Batista afirmou ontem que a cobrança por resultados das suas empresas é "nhe-nhe-nhem".

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário