R.B. 10/OUT/12 ‘’Arrebentar Haddad’’


R.B.

"Arrebentar Haddad"

 

São Paulo, 10 de outubro de 2012 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em queda, ainda acompanhando a piora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, já que o ''mercado'' percebeu que as ações recentes dos BCs para estimular as economias foram muito pontuais e que os fatores estruturais voltaram a preocupar.

-    O DÓLAR pode voltar a subir, para provavelmente romper a resistência dos R$ 2,04, acompanhando o esperado ''humor negativo'' na Bovespa, esperando uma nova redução da Selic e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana diante das tensões externas.

 

ONTEM

-    BOVESPA –0,6%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,6%, porem passou a cair ainda na parte da manhã, novamente pressionada pelas ações de bancos, como Itaú (-2,5%) e Bradesco (-3,1%), e seguindo o clima de aversão ao risco nos mercados externos devido às crescentes preocupações com a desaceleração da economia mundial.

-    DÓLAR 0,3% à R$ 2,03, já abriu em alta e, acompanhando o mercado externo, após o FMI reduzir sua perspectiva de crescimento econômico mundial neste ano, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, ainda com baixo volume de negócios.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO –1,1%, CORÉIA –0,1% e CHINA 1,9%, divididas entre a valorização das demais bolsas mundiais no dia anterior e as preocupações com as perspectivas de crescimento global, especialmente na China, a segunda maior economia do mundo.

-    Na EUROPA, com baixos volumes de negócios, INGLATERRA –0,5%, FRANÇA –0,7% e ALEMANHA –0,8%, já que dados econômicos sombrios estão prenunciando um início difícil da temporada de resultados corporativos do terceiro trimestre nos EUA.

-    Nos EUA, em queda pelo terceiro pregão consecutivo, S&P –1,0%, DJ –0,8% e NASDAQ –1,5%, influenciadas principalmente por perdas no setor tecnológico após corretoras anunciarem diminuição da nota da Intel e de outras companhias importantes, enquanto crescem as preocupações com os balanços corporativos do terceiro trimestre.


Economia:

 

Hoje, após o fechamento do pregão, o Copom divulgará sua decisão sobre a taxa básica de juros, atualmente em 7,5%, e a maioria das ''apostas'' indica que, mesmo com a inflação em alta, a autoridade monetária cortará a Selic em –0,25%, para tentar estimular os investimentos no setor produtivo da economia brasileira.

 
Ascendendo a ''luz amarela'', José Viñals, diretor para temas financeiros do FMI, advertiu que os mercados financeiros emergentes, como o Brasil, devem estar preparados para uma possível expansão da crise europeia ao restante do mundo.
 
Mais otimistas que os analistas, a maioria dos empresários brasileiros, segundo uma pesquisa recente, acredita que em 2013 a taxa básica de juros, a Selic, será mantida em torno dos 7,5%, que não ocorrerá uma deterioração da inflação e que o PIB será maior que neste ano.
 
Diante da frustração na arrecadação da União registrada até agora, fruto do menor crescimento da economia e do corte de impostos em vários setores, o governo Dilma já tem uma justificativa para descontar cerca de R$ -20bi da meta de superávit primário deste ano, alegando que despesas com desonerações e investimentos contribuem para melhorar a competitividade da economia brasileira.
 
A aquisição da Amil pela norte-americana UnitedHealth mostra que o setor de saúde, ao lado do de educação, está hoje entre os mais cobiçados do país para investimentos de empresas e fundos estrangeiros, que querem lucrar com o aumento do emprego e da renda dos brasileiros, que por sua vez impulsiona a demanda por ensino e atendimento médico privados.
 
Como, diante da grave seca nos EUA, os preços dos produtos agrícolas tem subido bastante, os produtores brasileiros pretendem elevar a área de plantio, o que certamente levará a uma produção recorde de grãos, porem a preocupação agora é com o atraso na entrega de sementes e de adubos, já que os insumos químicos também subiram de preço e já há falta de alguns deles.
 
''Turbinadas'' pelo crescimento das vendas para a Ucrânia, em SET/12 as exportações de carne suína do Brasil aumentaram 45,98% em volume e 38,47% em receita na comparação com  mesmo mês do ano passado, o que representa o melhor mês de 2012 para as vendas do produto brasileiro, com a venda de 60,44 mil toneladas, que renderam US$ 157,6mi.
 
-    A Lojas Americanas caiu –2,3%, mesmo após rebater a informação de que estariam em dívida com a empresa de factoring Athenabanco, que entrou com pedido de falência da referida loja de departamentos no Tribunal de Justiça do RJ no final da semana passada.

Política:
 
Ontem, conforme já se previa, a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal concluiu que o governo Lula, por meio da atuação do ex-ministro José Dirceu, comandou um esquema criminoso para a compra de apoio político no Congresso, condenado o ''ex-poderoso chefão'' do PT por corrupção ativa.
 
A condenação de Dirceu, ex-ministro da Casa Civil, pelo Supremo Tribunal Federal no processo do mensalão, apontado como o "chefe da quadrilha" pelo Ministério Público, reforçou a proposta do PSDB de entrar com representação na Procuradoria-Geral da República contra o ex-presidente Lula.
 
Principal aliado de Serra entre os evangélicos, o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, se reuniu ontem com o candidato tucano e ''prometeu'' voltar a usar o chamado kit gay para ''arrebentar Haddad'', o candidato do PT à Prefeitura de SP, no segundo turno das eleições municipais.
 
''Cotado e cobiçado'' para ser vice na chapa do tucano Aécio Neves na futura disputa pela presidência do Brasil em 2014, Eduardo Campos, presidente nacional do PSB e também governador de Pernambuco, defendeu a aliança com o PT no plano nacional e com o PSDB em diversos Estados e ressaltou que a polarização entre petistas e tucanos é "uma coisa muito mais da rinha política de SP do que da realidade brasileira".
 
Dono de ''frustrantes'' 0,6% dos votos, Paulinho da Força, candidato do PDT derrotado na disputa pela prefeitura de SP, vai formalizar amanha seu apoio à candidatura de Serra, assim como deve fazer Soninha, do PPS.
 
Indicando que não está preocupada com a provável reação negativa de Dilma, ontem a direção nacional do PMDB liberou a seção regional do partido na Bahia para apoiar o candidato de oposição no plano federal, ACM Neto, em sua campanha pela prefeitura de Salvador.

Crítica:
 
Em mais um triste desrespeito à lei e a propriedade privada, um grupo de índios, pescadores e ambientalistas novamente invadiu um dos canteiros de obras da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, e obrigou a paralisação das atividades no local.
 
Dando uma ''lição de governança'' para os políticos brasileiros, Carlos Amastha, o colombiano naturalizado brasileiro que se elegeu prefeito de Palmas, afirmou que vai doar seu salário para ONGs e anunciou que vendeu, por R$ 180mi, um shopping que tinha na cidade para se dedicar apenas à politica.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário