R.B. 24/SET/12 ‘’Lição para Lula’’


R.B.

"Lição para Lula"

 

São Paulo, 24 de setembro de 2012 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve cair, ainda realizando lucros recentes, porem deve-se ressaltar que o patamar é interessante para compras, diante das expectativas de recuperação da economia brasileira e da aprovação de um novo pacote de resgate à Espanha.

-    O DÓLAR pode subir, ampliando a alta acumulada na semana passada (0,6%) e a valorização acumulada no ano (8,2%), diante das ''ameaças'' de novas medidas do governo Dilma para conter qualquer movimento de valorização do real, porem deve-se ressaltar que o fluxo de recursos externo continuará positivo.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA –0,6% (aos 61.320pts), abriu em alta, para na máxima avançar 0,9%, porem passou a cair na última hora do pregão, para acumular baixa de –1,3% na semana, em um movimento de realização de lucros após 2 duas semanas seguidas de fortes altas.

-    DÓLAR 0,0% à R$ 2,02, abriu em alta, para na máxima avançar 0,6%, diante da declaração de Mantega, o ministro da Fazenda, de que o governo pode aplicar IOF sobre aplicações financeiras de estrangeiros, porem recuou na parte da tarde e fechou pela terceira vez na semana próximo da estabilidade, o que mostra que se encontra indefinida a trajetória futura da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, recuperando as perdas do pregão anterior, com destaques de alta para as ações dos setores de telecomunicações e tecnologia, JAPÃO 0,3%, CORÉIA 0,4% e CHINA 0,2%, à medida que os investidores sentiam-se cada dia mais confortáveis com as recentes ações de bancos centrais para apoiar a economia global em meio a dados fracos.

-    Na EUROPA, se preparando para um grande vencimento de opções, INGLATERRA 0,1%, FRANÇA 0,6% e ALEMANHA 0,8%, ''animadas'' com os sinais de que a Espanha já busca medidas de reforma, como congelar pensões e acelerar um aumento planejado na idade de aposentadoria,  em antecipação a um pacote de resgate.

-    Nos EUA, próximas da estabilidade, S&P –0,1%, DJ –0,1% e NASDAQ 0,1%, em um movimento de cautela mesmo diante do otimismo de alguns investidores com os esforços da Espanha para solicitar um resgate e com o sucesso do lançamento do novo iPhone.


Economia:
 
Se aproximando do fim do segundo ano de mandato, Dilma confirma que sua política econômica é diferente dos governos Lula e FHC, pois tem meta de inflação mais flexível, interfere com firmeza no câmbio (para desvalorizar o real) e persegue a meta fiscal, embora permita alívios na arrecadação de setores eleitos.
 
Beneficiada pelas quedas da taxa de juros e pelos incentivos econômicos divulgados pelo governo Dilma, em AGO/12 a produção industrial brasileira teve o melhor resultado do ano ao registrar crescimento de 3,6% na comparação com JUL/12, o que confirma a tendência de retomada da atividade no setor e afasta o indicador do grau de pessimismo.
 
Enquanto o PIB brasileiro caminha para um crescimento abaixo de 2% este ano, o faturamento do mercado publicitário, beneficiado pelo aumento da concorrência entre as empresas, deve crescer quase cinco vezes mais, e fechar 2012 com alta de 11% na comparação com 2011.
 
Caso realmente saiam do papel, as novas ferrovias planejadas pelo governo federal, que acrescentarão 10 mil km a malha atual, deverão abrir caminhos de exportação principalmente para a soja e a carne bovina, ao ligar o Centro-Oeste a portos de quatro regiões do país.
 
Preocupado com a competitividade das exportações brasileiras, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que o governo Dilma poderá adotar medidas, como comprar dólares e e elevar o IOF, para evitar uma valorização do real caso os efeitos da política de estímulo dos EUA cheguem ao Brasil.
 
Confirmando a atratividade e o potencial do setor na economia brasileira, apesar do Ibovespa acumular alta de apenas 8% no ano, as 3 empresas do setor de educação com ações na Bolsa dispararam em 2012, com a Kroton avançando 90,9% no ano, seguida da Estácio com 84,7% e por fim a Anhanguera com 62,1%.
 
-    A JBS subiu 6,4%, ampliando os ganhos da véspera, diante de ''rumores'' de que a empresa está perto de concluir a compra de ativos do frigorífico Independência.

Política:
 
Com tempo reduzido de TV e num partido com pouca tradição, mas com o dinheiro e a popularidade do pai, Ratinho Junior, do PSC, virou o principal favorito na disputa pela Prefeitura de Curitiba, já que segundo a mais recente pesquisa divulgada ele ultrapassou o prefeito e candidato à reeleição Luciano Ducci, do PSB, tanto na projeção do primeiro como na do segundo turno.
 
Candidatos a prefeito pelo PT nas principais capitais do país têm jogado na defensiva quando confrontados com o julgamento do mensalão, já que com um discurso que parece ensaiado dizem que não estão acompanhando o julgamento ou que estão com a cabeça voltada só para suas campanhas.
 
Confirmando a péssima qualidade dos políticos brasileiros, no mínimo 14% dos 1.227 candidatos a vereador na cidade de SP respondem a processos na Justiça ou já receberam ao menos uma condenação, porem como a legislação diz que os candidatos só são obrigados a apresentar certidões na esfera criminal, o total certamente é bem maior.
 
Dono de um patrimônio de R$ 18mi, o que lhe torna o quarto candidato mais rico do país, o colombiano Carlos Amastha, do PP, passou de 1% para 47% nas pesquisas de intenções de voto em menos de 4 meses, deixou para trás candidatos apoiados pelo governador do Estado e pelo prefeito da cidade e assim pode se tornar o primeiro estrangeiro a governar uma capital brasileira.
 
Estacionado e até recuando um pouco nas pesquisas de intenção de voto para a prefeitura de SP, o petista Haddad, mostrando o desespero de quem vê a derrota se aproximar, adota agora um discurso voltado para o consumidor, público-alvo de Russomanno, o líder na disputa.
 

O julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal  entra amanhã em sua oitava semana  e a expectativa é que na quinta-feira o ministro relator do caso, Joaquim Barbosa, comece a ler seu voto sobre a denúncia de corrupção ativa contra réus da cúpula do PT, entre eles o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do partido José Genoíno e ex-tesoureiro Delúbio Soares.

 

Dando mais uma ''lição para Lula'', segundo a última pesquisa divulgada para a prefeitura de Recife , Geraldo Julio, do PSB e apoiado pelo governador Eduardo Campos, lidera 39% das intenções de voto, Daniel Coelho, do PSDB, agora está em segundo com 24%, já o petista Humberto Costa caiu para terceiro lugar com 16%.


Crítica:
 
Intolerantes com a diversidade de opinião, assim como faziam os católicos cerca de 300 anos atrás, Muçulmanos continuam matando seus semelhantes ao realizarem uma série de protestos contra o filme "Inocência dos muçulmanos" e charges que satirizam Maomé.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário