R.B. 14/AGO/12 ‘’Lembrete dos obstáculos’’


R.B.

"Lembrete dos obstáculos"

 

El Colorado, 14 de agosto de 2012 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode voltar a cair, acompanhando os mercados externos que, depois dos fortes ganhos recentes, param para pensar nos fundamentos e aguardam medidas de incentivo econômico, porem é importante ressaltar que, mesmo acumulando alta de quase 13% nos últimos 13 pregões, o patamar ainda é interessante para investimentos de médio e longo prazo.

-    O DÓLAR deve voltar a subir, acompanhando a provável piora do ''humor'' na Bovespa e nos demais mercados mundiais e, ainda com baixos volumes de negócios, sem muita certeza de que ''já é passado'' o pior momento da crise financeira nos países do ''primeiro mundo''.

 

ONTEM

-    BOVESPA –0,3%, abriu em queda e, com baixo volume de negócios (R$ 5,2 bi) e alguma volatilidade (máxima de 0,4% e mínima de –1,1%), manteve-se em território negativo ao longo de ''quase'' todo pregão, para fechar em leve queda influenciada negativamente pela realização de lucros nas bolsas de NY e pelo recuo das commodities.

-    DÓLAR 0,3% à R$ 2,02, já abriu em alta e, também com poucos negócios, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, em um ''ajuste técnico'' após 4 pregões consecutivos de queda.

-    Na ÁSIA, realizando lucros recentes, posto que na semana passada os mercados da região acumularam as maiores altas desde JAN/12, JAPÃO –0,2%, CORÉIA 0,8% e CHINA –1,5%, já que depois dos dados comerciais desanimadores da China o Japão informou que sua economia cresceu 0,3%, o que representa metade do que era esperado.

-    Na EUROPA, acumulando as maiores quedas diárias em 1 semana, porem com baixos volumes de negócios, INGLATERRA -0,3%, FRANÇA –0,3% e ALEMANHA –0,5%, com destaques de queda para as exportadoras, diante das preocupações de desaceleração econômica global.

-    Nos EUA, também realizando lucros recentes, S&P –0,1%, DJ –0,3% e NASDAQ –0,1%, diante da divulgação de dados desanimadores sobre o crescimento da economia japonesa, que serviram de ''lembrete dos obstáculos'' que a economia mundial ainda tem pela frente.


Economia:
 

Copiando Mantega, o ministro brasileiro da Fazenda que tem se tornado especialista em tentar incentivar a economia com discursos otimistas, ontem Luciano Coutinho, presidente do BNDES, afirmou que ''alguns sinais'' de recuperação dos investimentos já podem ser observados no Finame, linha de crédito do banco voltada para financiamentos de máquinas e equipamentos, incluindo caminhões e equipamentos agrícolas.

 

Mais pessimista que os ministros de Dilma, o ''mercado'' reduziu, desta vez de 1,85% para 1,81%, suas ''apostas'' para o crescimento da economia brasileira em 2012 e elevou pela quinta semana consecutiva suas projeções para a inflação deste ano, de 5,00% para 5,11%.

 

Dando 2 sinais positivos da economia brasileira, (1) as vendas na semana do Dia dos Pais deste ano foram 6% maiores do que no mesmo período de 2011 e (2) em MAI/12 o saldo entre pessoas que conseguiram e perderam o emprego com carteira assinada no comércio da Grande SP cresceu 3,8% na comparação com o mesmo período do ano passado.

 

Ontem, no mesmo dia em que Graça Foster, sua presidenta, anunciou que investirá US$ 45bi no Brasil apenas neste ano, o que supera em mais de 10% os R$ 40bi alocados pela companhia no país em 2011, a Petrobrás cobrou publicamente do governo Dilma uma definição, o quanto antes, da possibilidade de aumento do percentual de etanol na gasolina dos 20% atuais para até 25%, o que além de a necessidade de importação de gasolina é ecologicamente mais correto.

 

Não por coincidência, após a divulgação de uma pesquisa que indicou que dentro de 2 anos o Brasil deve passar o México e se transformar no segundo maior mercado de jatos executivos do mundo, a Embraer anunciou que quer posicionar o seu jato mais caro e luxuoso, o Lineage 1000, junto ao perfil de clientes que tradicionalmente compra os chamados jatos de longo alcance.

 

Na semana passada as exportações superaram as importações e o resultado da balança comercial ficou positivo em US$ 1,0bi, com isto o Brasil já registra este ano um superávit de US$ 11,5bi, resultado 34,2% menor do que no mesmo período de 2011 (US$ 17,5bi).

 

Alertando uma vez que quanto maior é a possibilidade de retorno, também é maior a possibilidade de prejuízo, após anunciar um prejuízo liquido de R$ –50,6mi no segundo semestre deste ano, as ações da petrolífera HRT despencaram -10,9% e encerraram o pregão na Bovespa em seu menor valor histórico.

 

-    A Hypermarcas subiu 2,8%, já que o ''mercado'' gostou do resultado da companhia, que apresentou um prejuízo bem menor que o esperado.


Política:
 
Finalmente jogando ''porcaria no ventilador'', ontem o advogado Luiz Corrêa Barbosa, que defende o ex-deputado Roberto Jefferson, que por sua vez foi o delator do mensalão, afirmou no Supremo Tribunal Federal que o ex-presidente Lula ordenou a compra de apoio para compor sua base aliada no Congresso e pediu que os ministros autorizem diligências para investigar e denunciar o referido petista.
 
Após afirmar que apoia Serra, mas que não participa ativamente de campanhas porque não cabe a ele ser cabo eleitoral depois de ter sido presidente, FHC classificou Lula como um "político profissional", ressaltando que é por isto que o petista participa da campanha de Haddad pela Prefeitura de SP.

Crítica:
 
Segundo o jornalista Kenneth Rapoza, que escreve na revista norte-americana Forbes e é especialista nos chamados Bric´s, os brasileiros confundem qualidade com preço alto e, na maioria das vezes apenas status, se dispõem a pagar R$ 189mi por um carro que não vale nem metade disto nos EUA.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário