R.B. 5/JUN/12 ''Finalmente convencida''


R.B.

"Finalmente convencida"

 

São Paulo, 5 de junho de 2012 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, com ''boas chances'' de recuperar o patamar dos 54.000pts, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais diante das esperanças de que as nações industrializadas do G-7 possam adotar medidas para conter a crise da dívida européia.

-    O DÓLAR deve cair, em um ''ajuste técnico'' após 5 pregões consecutivos de alta, nos quais a moeda norte-americana avançou 3,5%, também influenciado pela provável melhora do ''humor'' na Bovespa.

 

ONTEM

-    BOVESPA 0,3%, abriu em alta, para na máxima avançar 1,0%, porem, com baixo volume de negócios (R$ 4,5bi), perdeu ''forças'' ao longo do pregão e fechou próxima da estabilidade, com os investidores ajustando posições e aguardando novidades da Europa após as fortes perdas acumuladas nas últimas semanas.

-    DÓLAR 0,2% à R$ 2,05, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 2.03, porem, mesmo com baixo volume de negócios, passou a subir na parte da tarde, para fechar no maior patamar desde 18/MAI/09, com o ''mercado testando os limites do BC''.

-    Na ÁSIA, em mais um dia de perdas, JAPÃO -1,7%, CORÉIA -1,8% e CHINA -2,7%, com a bolsa de Tóquio despencando para seu menor valor em 28 anos, devido aos receios de um rompimento da zona do euro, do retrocesso da economia norte-americana e da forte desaceleração da China.

-    Na EUROPA, sem uma tendência única, INGLATERRA não houve operação por causa das comemorações do jubileu da rainha Elizabeth II, FRANÇA 0,1%, revertendo uma abertura negativa, diante da valorização das ações de bancos, como Société Générale (4,0%) e BNP Paribas (3,9%) e ALEMANHA -1,2%, pressionada pelas ações das montadoras Volkswagen (-3,2%) e BMW (-3,1%).

-    Nos EUA, recuperando quase todas as perdas da abertura, S&P 0,1%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,4%, com destaque de alta para as ações da Amazon (3,15), porem com os temores sobre a crise de dívida européia e dados fracos sobre a economia dos EUA ainda afastando investidores dos mercados de capitais.


Economia:
 
Ontem, após se reunir com o Rei Juan Carlos, da Espanha, Dilma afirmou que o Brasil se prepara para ter uma política de incentivos à produção nacional, porem cobrou mais integração entre os países europeus para superar a crise econômica na Europa, ressaltando que a retomada do crescimento em nível global não pode depender apenas de medidas dos países emergentes.
 
Ao que tudo indica ''finalmente convencida'' de que não será apenas com consumo que o Brasil retornará a ter um ritmo adequado de crescimento, ontem Dilma se reuniu com seus principais ministros para falar de investimentos.
 
Influenciado negativamente pelos sinais de desaceleração das economias da Europa e dos EUA, o ''mercado'' reduziu pela terceira semana consecutiva, desta vez de 2,99% para 2,72%, suas ''apostas'' para o PIB brasileiro em 2012, porem também diminuiu, desta vez de 5,17% para 5,15%, suas projeções para o IPCA deste ano.
 
Segundo a agência de classificação de risco Standard and Poor's, a Grécia possui "ao menos uma chance em três" de deixar a zona do euro nos próximos meses e essa saída poderia prejudicar seriamente o país, porem não traria automaticamente consequências negativas permanentes para as perspectivas de outros países periféricos da zona do euro.
 
Estimulados pelas recentes reduções da taxa básica de juros, nos 4 primeiros meses deste ano os financiamentos para aquisição e construção de imóveis atingiram R$ 23,3bi, patamar 5,2% maior que no mesmo período de 2011.
 
Ainda sem ser pressionado pelas recentes altas do dólar,  o IPC de SP encerrou o mês de MAI/12 com variação de 0,35%, o que representa uma desaceleração em relação a ABR/12 (0,47%), acumulando com isto uma alta de 4,19% nos últimos 12 meses, patamar abaixo do centro da meta do BC (4,5%).

Política:
 
Colocando um ''tucano emplumado'' no centro das atenções da CPI do Cachoeira, ontem o  jornalista Luiz Carlos Bordoni, responsável desde 1998 pelas campanhas eleitorais de rádio de Marconi Perillo, do governador de Goiás, afirmou que recebeu R$ 40 mil em dinheiro vivo das mãos do referido governador como primeira parcela dos serviços que prestou durante a campanha de 2010.
 
Fazendo justiça, Rosa Weber, ministra do Supremo Tribunal Federal, negou o pedido de liminar feito pela Delta Construções para tentar impedir uma devassa nas contas da empresa, conforme aprovado na semana passada na CPI do Caso Cachoeira.
 
Com o processo de cassação contra o senador Demóstenes Torres, ex-DEM,  no Senado, um grupo de parlamentares iniciou um movimento para pressionar Sarney, o presidente da Casa, a colocar em votação a chamada PEC do Voto Aberto, proposta de emenda constitucional que acaba com o voto secreto em caso de perda de mandato.
 
Aumentando a base de apoio à sua candidatura, e principalmente seu tempo na TV, ontem Serra recebeu o apoio do PR à sua candidatura à prefeito de SP, o que mostra que as relações do partido de Tiririca com o PT estão estremecidas.

Crítica:
 
Deixando cada dia mais claro que não é pode falta de tecnologias alternativas que se continua usando combustíveis fósseis, ontem o Solar Impulse, que é um avião que funciona com energia solar, decolou da Espanha com destino a Marrocos para a primeira viagem intercontinental cruzando o estreito de Gibraltar.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário