R.B. 1/JUN/12 ''Grupo oculto de amigos''


R.B.

"Grupo oculto de amigos"

 

São Paulo, 1 de junho de 2012 (SEXTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando iniciar um movimento de recuperação das fortes perdas acumuladas em MAI/12 (-11,9%), que aliás foi o pior mês para a bolsa brasileira desde OUT/08, ''apostando'' na melhora do cenário externo e no crescimento da economia brasileira, que aliás está com a menor taxa básica de juros da história.

-    O DÓLAR pode cair, iniciando um movimento de redução da forte alta acumulada em MAI/12 (5,8%), também influenciado pelas 'apostas'' de que o governo Dilma deve repensar as medidas de restrição ao capital externo adotadas no inicio do ano.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,3%, abriu ''de lado'', para logo passar a cair e na mínima recuar -1,2%, porem passou a subir no início da tarde, com excelente volume de negócios (R$ 10,4bi), beneficiada pela redução da Selic e reagindo positivamente a rumores de que o FMI estaria preparando um plano de socorro à Espanha.

-    DÓLAR 0,1% à R$ 2,02, já abriu em alta e, mesmo com a melhora do ''humor'' na Bovespa, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, influenciado pela redução da taxa de juros real da economia brasileira.

-    Na ÁSIA, novamente seguindo as perdas das demais bolsas mundiais no dia anterior, JAPÃO -1,1%, CORÉIA -0,4% e CHINA -0,5%, desta vez prejudicadas pelo recuo das commodities e pelo elevados custos dos empréstimos na Espanha.

-    Na EUROPA, nos menores patamares desde 19/DEZ/11, INGLATERRA -0,2%, FRANÇA -0,1% e ALEMANHA -0,3%, em meio aos crescentes e persistentes temores sobre a zona do euro e os sinais de enfraquecimento da economia dos EUA.

-    Nos EUA, com o S&P acumulando a maior queda mensal desde SET/11, S&P -0,2% (-6,3% no mês), DJ -0,2% (-6,2% no mês) e NASDAQ -0,3% (-7,2% no mês), também diante de preocupações com os crescentes problemas da Europa relativos a crédito.


Economia:
 
Segundo a agencia de classificação de risco Mauro Leos, analista sênior da Moody's Investors Service para o Brasil, o sucesso do Brasil na redução de sua taxa básica de juros reforça a perspectiva positiva de crédito do País e foi construído com base na credibilidade do BC.
 
Deixando a decisão nas mãos do ''mercado'', Maria Helena Santana, presidenta da CVM, afirmou ontem que não tem posição própria sobre a entrada de concorrentes no mercado doméstico de bolsa de valores e que a autarquia deve consultar instituições do mercado interessadas no tema antes de tomar medidas, que podem abrir caminho para a chegada a Direct Edge no Brasil já no início de JAN/13.
 
Dando mais um sinal de austeridade e de responsabilidade do governo Dilma, a dívida líquida do setor público encerrou o mês de MAI/12 no menor patamar desde 2001, início da série histórica realizada pelo BC, em um montante equivalente a 35,7% do PIB.
 
Com o objetivo de estimular a produção na Zona Franca de Manaus, que segue livre da tributação, e encarecer os produtos importados, ontem o governo Dilma anunciou o aumento do IPI para motos, micro-ondas e aparelhos de ar-condicionado.
 
Indicando que o mercado de trabalho brasileiro teve desempenho positivo no primeiro trimestre deste ano, a população ocupada cresceu 1,8% e os empregos com carteira assinada evoluíram 4,4%, ambos na comparação com o mesmo período de 2011.
 
Como fruto da desaceleração da economia mundial, no primeiro trimestre deste ano o lucro das empresas brasileiras de capital aberto caiu -12,01% ante o mesmo período do ano passado, porem o setor bancário segue com líder de rentabilidade, acumulando um recuo de apenas -4,9% na mesma base de comparação.
 
Prejudicando o desempenho da Petrobrás, porem ajudando no controle da inflação, diante do aprofundamento da crise na Europa e dos sinais de desaceleração da economia dos EUA, em MAI/12 a cotação do petróleo no mercado internacional acumulou uma queda de -17,5%, atingindo o menor patamar desde OUT/11.

Política:
 
Irritando muito a oposição, que teme enormemente o seu poder de persuasão frente à população brasileira, ontem Lula foi ao programa do Ratinho, no SBT, para fazer propaganda de si próprio, receber elogios até do ex-jogador Ronaldo e tentar ajudar os ''companheiros do PT'' que são candidatos à prefeito, como Haddad.
 
A estratégia do ''grupo oculto de amigos'' de Demóstenes Torres para livrar o ''nobre'' senador da cassação é se ausentar do Plenário da Casa no dia em que o temo for votado.
 
Ontem o DEM, sem citar sua ''ex-estrela'' Demóstenes Torres, usou seu horário na TV para ''bater'' no governo Dilma e se apresentar como o partido mais ético e capaz de resolver todos os problemas dos brasileiros.

Crítica:
 
Provavelmente por não entender que quando uma pessoa compra um carro novo seu carro velho não desaparece, ontem a Izabella Teixeira, ministra do Meio Ambiente, defendeu a redução do IPI sobre automóveis, que recebeu criticas de alguns setores por não exigir contrapartidas ambientais, como metas de eficiência energética.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário