R.B. 4/MAI/12 ''Agora liberado''


R.B.

"Agora liberado"

 

São Paulo, 4 de maio de 2012 (SEXTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, acompanhando a leve melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e também ''comemorando'' as novas regras para a poupança, que irão permitir mais cortes na taxa básica de juros.

-    O DÓLAR pode seguir em queda, ainda devolvendo parte das fortes altas recentes e também influenciado pelo anuncio de que os fundos de pensão do Japão estariam dispostos a investir em mercados emergentes a partir de JUN/12.

 

ONTEM

-    BOVESPA -0,5%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,5%, porem passou a cair ainda na parte da manhã, acompanhando a piora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e pressionada pela queda das ações da Petrobras (-2,7%).

-    DÓLAR -0,7% à R$ 1,91, já abriu em queda e, realizando lucros após 5 pregões seguidos de alta e após atingir o maior patamar desde JUL/09, manteve a trajetória descendente ao longo de todo dia.

-    Na ÁSIA, seguindo as perdas das demais bolsas mundiais no dia anterior, porem com baixos volume de negócios, JAPÃO e CORÉIA estavam fechados devido a feriados locais, já CHINA -0,3%, prejudicada pela divulgação de dados econômicos decepcionantes de ambos os lados do Atlântico.

-    Na EUROPA, devolvendo no final do pregão todos, ou quase todos, os ganhos acumulados na abertura, INGLATERRA 0,1%, FRANÇA -0,1% e ALEMANHA -0,2%, diante de dados fracos dos EUA e da redução das expectativas de novos estímulos econômicos por parte do BC Europeu, que sinalizou que não considera cortar os juros neste mês.

-    Nos EUA, realizando lucros após atingirem os maiores patamares dos últimos 4 anos, S&P -0,8%, DJ -0,5% e NASDAQ -1,2%, prejudicadas pela divulgação de dados econômicos piores do que o esperado, como os que mostraram um crescimento mais lento no setor de serviços.


Economia:
 
Para permitir que a Selic possa seguir em queda e assim estimular o barateamento do crédito, ontem o governo Dilma decidiu que agora o rendimento das novas aplicações na caderneta de poupança, que é o investimento mais popular do Brasil, ficará atrelada a 70% da taxa básica de juros (Selic), mais a variação da TR (Taxa Referencial), sempre que a Selic ficar abaixo ou igual a 8,5%.
 
Podendo estimular os investidores a correr mais riscos para buscarem maiores rentabilidades, diante do anuncio de mudanças no calculo da rentabilidade da poupança vários economistas já revisaram suas projeções para a taxa Selic em DEZ/12 para 8% ao ano.
 
''Agora liberado'' para seguir cortando a taxa básica de juros, Tombini, presidente do BC, afirmou ontem que as alterações na rentabilidade da caderneta de poupança levam o Brasil a dar um passo fundamental na direção de remover resquícios herdados do período de inflação alta, o que também consolida as bases para o crescimento econômico sustentável.
 
Com o Brasil (US$ 66,7bi) na frente e o México em segundo (US$ 19,4bi), em 2011 a América Latina, provavelmente por falta de opção melhor nos países do ''primeiro mundo'', recebeu uma cifra recorde de Investimento Estrangeiro Direto de US$ 153bi, o que representou 10% do fluxo mundial no período e um crescimento de 26,6% na comparação com 2010.
 
Ordenado, provavelmente por Dilma, a estimular a concorrência no setor bancário brasileiro, ontem o Banco do Brasil, que é o maior banco brasileiro, ''avisou'' que fará hoje uma nova rodada de redução nas taxas de juros dos financiamentos e também das taxas de administração dos seus fundos de investimento
 
-    O Banco do Brasil caiu -1,5%, após anunciar que acumulou um lucro liquido de ''apenas'' R$ 2,5bi no primeiro trimestre deste ano, patamar -14,7% menor que no mesmo período de 2011.
-    A Vale caiu -0,6%, após o Superior Tribunal de Justiça aceitar um recurso da Fazenda Nacional e suspender uma medida cautelar que impedia a cobrança de R$ 24bi em tributos da empresa.

Política:
 
Confirmando mais uma vez que no atual governo tudo gira em torno e é decidido por Dilma, ontem Edison Lobão, o ministro das Minas e Energia, informou que a presidenta está ''avaliando com calma'' o reajuste de combustíveis no Brasil.
 
Complicando cada dia mais a vida do governador tucano de Goiás, segundo telefônicas interceptadas pela Polícia Federal, em pelo menos uma situação, o empresário de jogos ilegais Carlinhos Cachoeira usou o nome de Marconi Perillo para pedir dinheiro para Cláudio Abreu, o então diretor da Delta Construções no Centro Oeste.
 
Mostrando que na política brasileira temos vários casos de raposas tomando conta de galinheiros, segundo uma gravação de áudio divulgada anonimamente pela internet, o deputado federal Arnaldo Jordy, do PPS da Paraíba, que é pré-candidato à Prefeitura de Belém e atual vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, sugere a sua parceira que faça um aborto.
 
Após usar o plenário da Câmara federal para dar os parabéns para Carlinho Cachoeira, de quem se declarou 'amigo intimo'', o deputado tucano Carlos Alberto Leréia, de Goiás, se colocou a disposição para depor "imediatamente" na CPI.
 
Para evitar mais uma pizza, Álvaro Dias, líder do PSDB no Senado, voltou a cobrar que Sarney, o presidente do Senado, ou Marta, a presidente em exercício, coloquem em votação o Projeto de Emenda Constitucional que acaba com o voto secreto em plenário para cassação de mandato parlamentar por quebra de decoro.

Crítica:
 
Com o Brasil fazendo ''caridade internacional'', ontem o BNDES anunciou que aprovou um financiamento de R$ 6,5mi para estudo técnico de avaliação de viabilidade de produção de biocombustíveis nos países membros da União Econômica e Monetária do Oeste Africano.
 
Como, vendido pelas agencias de publicidade contratadas pelas fabricas de automóveis, o carro se torna cada dia mais um símbolo de poder e de potencia quase que sexual, o consumidor brasileiro, seguindo o que já acontece nos EUA, almeja cada dia mais veículos com motores mais potentes, o que tem feito os econômicos 1.0 perderem cada dia mais mercado.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário