R.B. 5/ABR/12 ''Seus rabinhos presos''


R.B.

"Seus rabinhos presos"

 

São Paulo, 5 de abril de 2012 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, com ''boas chances'' de fechar o dia acima dos 64.000pts, tentando recuperar parte das perdas acumuladas após 3 pregões consecutivos de baixa diante da melhora do ''humor'' na Europa.

-    O DÓLAR deve cair, acompanhando a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e também a manutenção do ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

 

ONTEM

-    BOVESPA -1,2% (aos 63.528pts), já abriu em queda e, ainda decepcionada com as medidas de estímulo à economia anunciadas pelo governo Dilma, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, também prejudicada pelo ''humor'' negativo nas bolsas da Europa e pelo recuo das commodities.

-    DÓLAR 0,1% à R$ 1,83, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,82, porem passou a subir levemente no final do pregão, seguindo a piora do ''humor'' na Bovespa e influenciado pelo estado de alerta contínuo do mercado sobre os leilões de compra do BC.

-    Na ÁSIA, acompanhando as perdas das bolsas da Europa no dia anterior, CHINA não operou devido a feriado local, JAPÃO -2,3% e CORÉIA -1,5%, após a ata da reunião do Fed (''BC'' dos EUA) de MAR/12 reduzir as expectativas de mais medidas de estímulo ao crescimento da economia norte-americana.

-    Na EUROPA, recuando para as mínimas dos últimos 2 meses, INGLATERRA -2,3%, FRANÇA -2,7% e ALEMANHA -2,8%, novamente com destaques de queda para as ações de banco, prejudicados principalmente por um decepcionante leilão de bônus da Espanha.

-    Nos EUA, em queda pelo segundo pregão consecutivo, S&P -1,0%, DJ -0,9% e NASDAQ -1,5%, seguindo o ''humor negativo'' da Europa e com os investidores ainda repercutindo as indicações de que não haverá novos estímulos monetários.


Economia:
 
Para incentivar o crescimento da economia, segundo, ontem Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, ''prometeu'' que o governo pretende cortar os tributos sobre a folha de pagamento de todos os setores industriais do país até 2014, o que aliás já foi um dos destaques  das medidas anunciados por Mantega no dia anterior.
 
Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) em FEV/12 as vendas nos shopping centers brasileiros cresceram 9,63 % na comparação com o mesmo mês em 2011, (2) segundo  estimativas da infraero a movimentação nos aeroportos brasileiros durante o feriado da Semana Santa deste ano será 9% maior que o registrado no mesmo período do ano passado e (3) em MAR/12 o movimento dos consumidores nas lojas em todo o país avançou 8,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado.
 
Com o objetivo de elevar o conteúdo tecnológico dos componentes e reduzir as importações de partes de veículos, o governo Dilma anunciou que pretende lançar nos próximos meses um pacote de estímulo ao setor de autopeças.  
 
''Apostando no Brasil'', ontem a  IBM acertou a compra de 20% da empresa da Six Automação, que é a tecnologia do grupo EBX, de Eike Batista, por um valor que ainda não foi revelado.
 
Apesar de recuar -47,4% na comparação com o mesmo período de 2011, nos 3 primeiros meses deste ano o fluxo de entrada de dólares na economia brasileira ficou positivo em US$ 18,7bi, principalmente por conta do saldo positivo das operações financeiras.
 
-    O Banco do Brasil caiu -5,9%, após anunciar que, atendendo à uma ''recomendação'' do governo Dilma, reduzirá os juros de todas as suas linhas de empréstimo.

-    A Petrobras caiu -3,5%, diante do anuncio de que a província argentina de Neuquén, principal produtora de gás do país sul-americano, cassou a concessão de uma área petrolífera da empresa.

-    A Embraer subiu 4,8%, já que será muito beneficiada pela desoneração da folha de pagamento, anunciada na véspera, em seus próximos resultados.

-    A BRF Brasil Foods caiu -1,6% e, após o fechamento do pregão a agência de classificação de riscos S&P elevou sua ''nota'' para a empresa ressaltando que o perfil de negócios da BRF melhorou depois da integração completa entre Sadia e BRF.


Política:

 

Podendo causar inveja até em Lula, Dilma, provavelmente diante de sua postura firme frente às barganhas dos parlamentares e políticos, bateu um novo recorde de aprovação com 77% de avaliações ''ótimo ou bom'', contra 72% na pesquisa anterior realizada em DEZ/11.

 
Com ''quase todo PT'' focado em arrasar com o DEM, ontem o petista José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, defendeu a atuação da Polícia Federal na Operação Monte Carlo, que levou à prisão o empresário Carlos Cachoeira e que deve também causar a perda de mandato do senador Demóstenes Torres.
 
Podendo contribuir, e muito, com o provável fracasso da campanha do petista Fernando Haddad à prefeitura de SP, José Dirceu, ex-deputado petista cassado, é agora oficialmente um dos articuladores na montagem do comando de campanha.

Crítica:
 
Como em tempos de crise o lema é ''pirão pouco o meu primeiro'', em 2011, pela primeira vez desde 1997, o volume de recursos das 23 economias mais desenvolvidas do mundo para os países mais pobres do mundo registrou um declínio de -2,7% na comparação com 2010.
 
Provavelmente porque também devem ter ''seus rabinhos presos'', apesar de publicamente quase todos os ''nobres senadores'' defenderem a cassação do mandato do senador democrata Demóstenes Torres, nenhum de seus ''colegas'' tem ''coragem'' de ser o presidente do Conselho de Ética que vai julgar este caso.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário