R.B. 1/FEV/12 ''O dono do voto''


R.B.

"O dono do voto"

 

São Paulo, 1 de fevereiro de 2012 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em alta, com ''boas chances'' de fechar o segundo mês do ano próxima dos 65.000pts, ainda acompanhando a gradativa melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e as ''boas novas'' para as empresas e para a economia brasileira.

-    O DÓLAR pode voltar a cair, colocando os R$ 1,75 como resistência, influenciado pela melhora do ''humor'' na Bovespa e acompanhando o ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

 

ONTEM

-    BOVESPA 0,5% (aos 63.072pts), já abriu em alta e, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, manteve a trajetória ascendente ao longo e todo pregão, para fechar o mês de JAN/12 com valorização de 11,1%, impulsionada pelo retorno dos investidores estrangeiros ao Brasil.

-    DÓLAR -0,1% à R$ 1,74, abriu em leve alta, ainda tentando um ''ajuste técnico'', porem logo passou a cair, para fechar o primeiro mês do ano acumulando uma desvalorização de -6,5%, influenciado pelo fluxo positivo de recursos externos.

-    Na ÁSIA, recuperando as perdas do pregão anterior, JAPÃO 0,1%, CORÉIA 0,4% e CHINA 0,3%, com destaques de alta para as ações das exportadoras, diante da esperança de melhora no cenário da Europa.

-    Na EUROPA, registrando o melhor início de ano desde 1998, INGLATERRA 0,2%, FRANÇA 1,0% e ALEMANHA 0,2%, aliviadas com o acordo firmado entre os líderes da União Européia para cumprir um pacto fiscal na região.

-    Nos EUA, fechando JAN/12 com os melhores desempenhos desde OUT/11, S&P -0,1%, DJ -0,2% (aos 12.632pts acumulando alta de 3,4% no mês) e NASDAQ 0,1%, apesar de fecharem o dia dentro da estabilidade por conta de dados econômicos mais fracos do que o esperado, que surpreenderam investidores após uma série de dados positivos nos últimos meses.


Economia:
 

Confirmando a austeridade do governo Dilma, o que aliás surpreendeu positivamente boa parte do ''mercado'', no ano passado as contas dos governos federal, estaduais e municipais e das empresas estatais somaram resultado positivo de R$ 128,7bi, o que representa 3,11% do PIB e superou com certa folga a meta para o ano, que era de R$ 127,9bi.

 

''Apostando alto'' no Brasil, a taiwanesa Foxconn, que entre outros produtos tecnológicos fabrica os iPads da Apple, planeja agora montar mais 5 fábricas no país, além da já anunciada planta para a produção de telas de cristal líquido, o que irá gerar milhares de empregos e baratear o acesso da população brasileira à produtos tecnológicos.

 

Indicando que ainda estamos longe de uma bolha no setor imobiliário brasileiro, no ano passado, diante do aumento da renda e do baixo patamar de desemprego, o aluguel residencial na capital paulista acumulou uma alta recorde de 18,48%.

 

Em JAN/12 as vendas de automóveis, superando de longe as expectativas do setor e ainda faltando 1 dia para ser computado, tiveram o melhor desempenho da história para o primeiro mês do ano, somando 251,1 mil unidades vendidas, porem, comprovando mais uma vez que o setor é o ''queridinho'' do governo Dilma, ontem foi publicado no Diário Oficial da União uma lista de 18 montadoras que ficarão livres do aumento de IPI até o final do ano.

 

Já esperando por uma demanda muito maior que a oferta, a captação planejada pela Petrobras no exterior pode atingir US$ 6bi e a taxa de juros para o mais longo vencimento, que é 2041, será de apenas 6,75% ao ano.

 

Com o objetivo de atingir a Vale, que teve a ''ousadia'' de não comprar navios de seus estaleiros, ontem o governo chinês anunciou que não permitirá mais que navios gigantes que superem a capacidade máxima aprovada de 300 mil toneladas atraquem em seus portos.

 

-    A Gafisa subiu 6,0%, diante de rumores de uma Oferta Pública de Aquisição da empresa.

-    A Vale subiu 2,5%, após informar que obteve liminar na Justiça que reverteu efeitos de despachos desfavoráveis sobre pendências tributárias de lucros no exterior.

-    A Cyrela caiu -3,1%, após anunciar reduziu sua previsão de vendas em 2012.

-    A OGX subiu 2,5%, após anunciar que produziu seu primeiro óleo nas águas rasas da bacia de Campos, marco comemorado na indústria de petróleo por iniciar a produção de um novo campo.


Política:
 
Segundo previsões dos próprios ministros da Corte Suprema, será por uma maioria apertada que o Supremo Tribunal Federal deverá garantir ao Conselho Nacional de Justiça o poder de abrir investigações contra magistrados suspeitos de irregularidades.
 
Apesar da preferência pessoal de Dilma pela volta do ex-ministro Márcio Fortes ao comando das Cidades, esta opção já está praticamente descartada e o líder do PP na Câmara, Aguinaldo Ribeiro, que deverá suceder pessoalmente Mário Negromonte no referido ministério.
 
Pela segunda vez na mesma semana o ''nobre'' senador tucano Mário Couto foi denunciado por supostos desvios de recursos da Assembléia Legislativa do Pará durante o período em que ocupou a presidência da Casa (entre 2003 e 2007).
 
Partindo do princípio de que manda quem pode e obedece quem tem juízo, antes de pensar em formar uma chapa única para disputar a Prefeitura de SP, é indispensável que Kassab e o PT combinem com o eleitorado, ''o dono do voto''.

Crítica:
 
No Japão o único cidadão que não precisa se curvar diante do Imperador é o professor, aqui no Brasil, tentando melhorar um pouco a situação deplorável dos responsáveis pela educação do pais, o deputado federal carioca Felipe Bornier, do PSD, apresentou um projeto de lei para isentar o imposto de renda os professores que trabalham na rede pública de educação infantil, fundamental, média e superior.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário