R.B. 30/NOV/11 ''Quebrando um monopólio''


R.B.

"Quebrando um monopólio"

 

São Paulo, 30 de novembro de 2011 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode seguir em queda, ainda afetada negativamente por ''problemas externos'', como o aviso da agencia de classificação de risco S&P de que pode rebaixar sua ''nota'' para 37 bancos do mundo, inclusive brasileiros.

-    O DÓLAR deve subir, acompanhando a provável piora do ''humor'' na Bovespa e nas demais bolsas mundiais, porem deve-se ressaltar que a tendência da moeda norte-americana segue sendo de queda, principalmente diante da manutenção do fluxo positivo de recursos externos.

 

ONTEM

-    BOVESPA -1,3%, abriu ''de lado'', para na máxima avançar 0,6%, porem, com bom volume de negócios (R$ 5,8bi), passou a cair na parte da tarde, na contramão dos mercados externos e influenciada pelo comportamento negativo das ações dos setores de siderurgia e mineração, como Usiminas (-6,3%), Gerdau (-4,1%), CSN (-4,1%) e Vale (-1,6%).

-    DÓLAR -0,2% à R$ 1,85, já abriu ''de lado'' e, dividido entre as perdas na Bovespa e o bom desempenho das demais bolsas, fechou em ligeira queda, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, seguindo o bom desempenho das bolsas da Europa e dos EUA no dia anterior, JAPÃO 2,3%, CORÉIA 2,3% e CHINA 1,2%, com investidores animados pela expectativa de que as autoridades européias possam apresentar detalhes de como pretendem alavancar um fundo de resgate, evitando o espalhamento da crise de dívida.

-    Na EUROPA, em mais um dia de recuperação de perdas recentes, INGLATERRA 0,5%, FRANÇA 0,5% e ALEMANHA 1,0%, beneficiadas pelo encontro dos 17 ministros das Finanças da zona do euro, em Bruxelas, para discutir os chamados eurobônus, que serão papéis com garantia conjunta.

-    Nos EUA, sem uma tendência única, S&P 0,2%, DJ 0,3% e NASDAQ -0,5%, recebendo suporte de dados que mostraram uma forte recuperação na confiança do consumidor local em NOV/11, mas ainda pressionadas por receios com a situação fiscal dos países europeus.


Economia:
 
Hoje, após o fechamento do pregão, termina a reunião do Copom e, mesmo com o ainda ''tímido'' recuo da inflação, as ''apostas do mercado'' indicam que a taxa básica de juros da economia brasileira deve cair dos atuais 11,50% para 11,00%, principalmente diante da crescente piora das perspectivas para as economias do ''primeiro mundo''.
 
''Quebrando um monopólio'', certamente fazendo muito bem para a economia brasileira e também para as corretoras de valores do Brasil, em 2012 a BM&F Bovespa pode ganhar uma concorrente, que será a Direct Edge, líder no mercado de ações nos EUA que prepara já para o próximo ano o lançamento de uma bolsa totalmente eletrônica, sediada no RJ.
 
Como reflexo do bom desempenho da economia brasileira, segundo reportagem da revista Forbes o Brasil tem ganhado em média 19 milionários por dia desde 2007 e esse cenário deverá continuar se repetindo ao menos pelos próximos 3 anos.
 
''Apostando'' que o Brasil seguirá crescendo, segundo o Instituto Aço Brasil, a produção de aço bruto brasileira no ano que vem deverá atingir 37,49 milhões de toneladas, número que representa um aumento de 6,3% sobre a estimativa para 2011 e que será impulsionado principalmente pelas vendas internas, que deverão aumentar 8,4% na mesma base de comparação.
 
Já levemente beneficiadas pelos recentes cortes da taxa básica de juros, em SET/11 as vendas de imóveis residenciais novos na cidade de SP cresceram 16,2% na comparação com o mesmo mês em 2010.
 
Acreditando no potencial da economia brasileira, André Araújo, presidente da Shell no Brasil, ''avisou'' que a companhia fará um investimento "multimilionário" no país a fim de ampliar a produção da área do Parque das Conchas, projeto que reúne três campos de produção de óleo e gás na bacia de Campos.
 
Dentro do esperado (0,50%) e abaixo do resultado anterior (0,53%), o IGP-M, usado como referência na maioria dos contratos de aluguel, variou 0,50% em NOV/11, acumulando com isto uma alta de 5,95% nos últimos 12 meses.
 
-    A Petrobrás caiu -0,4% e, após o fechamento do pregão anunciou que encontrou mais petróleo de boa qualidade no pré-sal da Bacia de Santos.

Política:
 
Mostrando como o clima não está nada animado e amistoso no PSDB, ontem o ex-presidente FHC, presidente de honra e um dos fundadores do partido, afirmou que é mais fácil falar do futuro do euro do que falar do futuro dos tucanos.
 
Sob o argumento de que é preciso economizar papel, a Câmara dos Deputados irá gastar R$ 12 milhões para instalar 800 computadores fixos nas bancadas de seus 16 plenários, além de adquirir 4.000 micros para renovar o estoque dos gabinetes e das dependências da Casa.
 
Apesar do acordo firmado entre a base aliada e a oposição no Senado, cujos líderes haviam acertado votar o projeto de lei do novo Código Florestal ontem, o senador Randolfe Rodrigues, do PSOL do Amapá, conseguiu, sozinho, adiar a aprovação da proposta, ao impedir a votação do requerimento de urgência para a apreciação da matéria em plenário.
 
Em resposta à pressão de setores petistas ligados à CUT para retomar o Ministério do Trabalho, o presidente do PDT, deputado André Figueiredo, defendeu ontem que a pasta seja entregue a um terceiro partido, sem relação com as centrais sindicais.
 
Agravando ainda mais o problema da segurança no Maranhão, estado aonde a família Sarney reina absoluta,depois da Polícia Militar, dos bombeiros e dos delegados, os agentes da Polícia Civil do Estado decidiram entrar em greve.

Crítica:
 
Finalmente falando algo coerente, Edison Lobão, o ministro de Minas e Energia, defendeu a criação da usina de Belo Monte, ressaltando que a mobilização de ONGs contra a construção de usinas hidroelétricas é uma tentativa de barrar a utilização de energia limpa e que existe muita desinformação em relação ao processo de construção das hidrelétricas no Brasil.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário