R.B. 28/OUT/11 ''Amigas e admiradoras''


R.B.

"Amigas e admiradoras"

 

São Paulo, 28 de outubro de 2011 (SEXTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em alta, para ampliar a valorização já acumulada no mês (13%), ainda acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e também beneficiada pelos sinais positivos da economia interna e pelos bons resultados corporativos apresentados por empresas brasileiras.

-    O DÓLAR pode seguir em queda, tentando romper o ''suporte'' dos R$ 1,70, ainda influenciado pelos mesmos motivos que devem levar a valorização da Bovespa e também pressionado pelas perspectivas de aumento no fluxo positivo de recursos externos.

 

ONTEM

-    BOVESPA 3,7%, já abriu em forte alta e, influenciada positivamente pelo entusiasmo dos investidores com o plano anticrise europeu, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, com ótimo volume de negócios (R$ 10,1bi) e também beneficiada pela valorização das commodities, para fechar no maior patamar desde JUL/11 (aos 59.270pts).

-    DÓLAR -2,9% à R$ 1,71, já abriu em queda e, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa e nas demais bolsas mundiais, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar o dia no menor preço em mais de 30 dias, também influenciado pelo forte recuo do risco-Brasil (-10,6%).

-    Na ÁSIA, nos maiores patamares das ultimas 7 semanas, JAPÃO 2,4%, CORÉIA 1,5% e CHINA 0,3%, reagindo primeiro a decisão dos líderes europeus de ampliar o fundo de resgate da região e de fazer os credores da Grécia aceitarem um ''calote coordenado'' de 50% da dívida do país.

-    Na EUROPA, nos maiores patamares das últimas 12 semanas, INGLATERRA 2,9%, FRANÇA 6,3% e ALEMANHA 5,3%, com destaques de alta para as ações dos bancos, como BNP (17,3%) e Crédit Agricole (22,7%), depois que os líderes da região fecharam um acordo que aparentemente resolve a crise de dívida da zona do euro.

-    Nos EUA, também impulsionadas pelo acordo alcançado na zona euro para tentar acabar com a crise da dívida, S&P 3,4%, DJ 2,9% e NASDAQ 3,3%, também beneficiadas pelo anuncio de que a economia do país teve um crescimento de 2,5% no terceiro trimestre deste ano, na comparação com o trimestre anterior.


Economia:
 

Justificando sua decisão da semana passada, quando cortou a Selic de 11,5% para 11%, o Copom reforçou a mensagem de que a desaceleração da economia mundial vai contribuir para a moderação do nível de atividade doméstica, ressaltando que há mais "sinais favoráveis" para a inflação e que o governo ainda mira no centro da meta (4,5%) para 2012.

 

Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) nos 9 primeiros meses deste ano o mercado de TV por assinatura cresceu 21,7% na comparação com o final de 2010, (2) o Índice de Confiança do Consumidor registrou alta de 0,4% em OUT/11 ante SET/11, atingindo 115,2pts, (3) para este Natal, 82% dos consumidores pretendem pagar à vista pelos presentes que comprarem e (4) de JAN/11 até SET/11 as vendas de máquinas agrícolas foram 30% maiores que no mesmo período de 2010.

 

Num esforço para turbinar os investimentos no país, o governo federal autorizou ontem 10 estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste a ampliarem em R$ 15,7bi seus gastos em áreas como saneamento, mobilidade urbana, agroindústria e ecoturismo.

 

Aproveitando a redução das tensões na Europa e os bons fundamentos e as boas perspectivas para a economia brasileira, Arno Augustin, secretário do Tesouro Nacional, ''avisou'' que provavelmente o Brasil voltará a fazer captações no mercado externo nas próximas semanas.

 

Mantendo as contas publicas ''saudáveis'', em SET/11 o governo central registrou um resultado positivo de R$ 5,4bi em suas contas, com isso o setor acumula no ano superávit de R$ 75,2bi, o que corresponde a 82% da meta para o ano, que é de R$ 91,8bi.

 

Ajudando no controle da inflação, o que consequentemente também favorece a redução da taxa de juros, ontem a Anatel aprovou a redução, que chegará a até -20% em 2014, da tarifa de conexão das chamadas de telefone fixo para celular a partir de FEV/12.

 

-    A Brasil Foods subiu 0,9% e ontem, após o fechamento do pregão, anunciou que seu lucro no terceiro trimestre deste ano foi 73% maior que o registrado no mesmo período do ano passado.

-     A CSN subiu 7,9%, após anunciar que teve lucro líquido de R$ 1,1bi no terceiro trimestre, superando em 49% o desempenho do mesmo período do ano passado.


Política:
 
Já acusado de ter seu irmão envolvido em um esquema de fraude na pasta que acabou de assumir, Aldo Rebelo afirmou, assim que foi confirmado como novo ministro do Esporte, que vai fazer mudanças na pasta e que não pretende mais realizar convênios de nenhum programa do ministério com ONGs.
 
Ontem, em uma decisão unânime, os ministros do TSE cassaram a propaganda partidária e as inserções televisivas a que o PSDB teria direito no primeiro semestre de 2012 por usar a propaganda exibida no primeiro semestre de 2010 para fazer campanha ilegal de Serra, à época pré-candidato à presidência.
 
No mesmo dia em que recebeu denuncias de vazamento de questões do ENEM, Fernando Haddad, se preocupando mas com sua candidatura à prefeito, afirmou que começará a trabalhar uma ofensiva para disputar ''no voto'' a chapa do seu partido, o PT, à Prefeitura de SP em 2012.

Crítica:
 
Mostrando como o ''garanhão'' que comanda a Itália faz para ficar cada dia mais bonitão, segundo extratos bancários divulgados ontem Silvio Berlusconi, o primeiro-ministro italiano, já deu este ano o equivalente a 3,3 milhões de euros em presentes para suas ''amigas e admiradoras''.
PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário