R.B. 27/OUT/11 ''Após balançar muito''


R.B.

"Após balançar muito"

 

São Paulo, 27 de outubro de 2011 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em alta, ampliando a valorização já acumulada no mês (9,2%), ''animada'' pelo anúncio de que os líderes europeus chegaram a um acordo para reduzir a dívida da Grécia e também com o aumento das ''apostas'' de novas quedas da Selic.

-    O DÓLAR pode voltar a cair, se aproximando dos R$ 1,75, seguindo o ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos e também influenciado pelo resultado positivo da reunião dos líderes europeus.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,5%, já abriu em alta e, ''apostando'' em um desfecho positivo para a Europa, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, também beneficiada pela valorização das commodities, para fechar o dia no maior patamar desde 19/SET/11 (aos 57.143pts).

-    DÓLAR -0,1% à R$ 1,76, abriu ''de lado'' e, em um pregão marcado pela forte volatilidade, com máxima a R$ 1,77 e mínima a R$ 1,74, fechou novamente em queda também influenciado pelas informações positivas da reunião de líderes europeus.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -0,2%, realizando lucros recentes, diante da cautela dos investidores antes da tão aguardada reunião de cúpula da União Européia e da divulgação de balanços levemente abaixo do esperado, CHINA 0,7%, a terceira elevação consecutiva, diante das ''esperanças'' de que Pequim irá acomodar sua política macroeconômica para estabilizar o crescimento econômico e CORÉIA 0,3%, beneficiada pela redução das preocupações sobre o aperto monetário na China e com destaques de alta para os setores de construção, siderúrgico e refinaria.

-    Na EUROPA, em compasso de espera de novidades na reunião que ocorria entre os líderes da região, que buscam fechar um plano para enfrentar a crise da dívida soberana européia, INGLATERRA 0,5%, FRANÇA -0,1% e ALEMANHA -0,5%, com destaques de alta, e também de queda, para as ações de bancos, como UniCredit (0,9%), Commerzbank (0,9%), BNP Paribas (-2,5%) e Santander (-1,3%).

-    Nos EUA, ainda em movimento de recuperação de perdas recentes, S&P 1,0%, DJ 1,4% e NASDAQ 0,5%, com as boas notícias econômicas do país, como o crescimento de 5,3% nas vendas de moradias novas em SET/11, prevalecendo sobre a indefinição sobre as medidas em relação à crise européia.


Economia:
 
Como principal proposta da reunião de ontem, conforme já se esperava os líderes da zona do euro querem que os credores privados aceitem perdas de mais de 50% em sua carteira de títulos do governo grego, o que vai reduzir a dívida do referido país em cerca de 100bi de euros, e também anunciaram que os 27 países pertencentes à União Européia concordaram com a necessidade de recapitalizar os bancos da região.
 
Segundo um estudo realizado pela OCDE, reúne 34 países desenvolvidos e em desenvolvimento com renda e IDH elevados, o principal desafio do Brasil no curto prazo é conter a inflação sem causar efeitos negativos no câmbio, porem para manter seu crescimento sustentável a referida organização ressalta que o país também precisa realizar mudanças mais amplas e estruturais, como a reforma da Previdência, a redução da carga fiscal e os investimentos em infraestrutura.
 
Confirmando que a economia brasileira ainda sente pouco os efeitos da crise nos países do ''primeiro mundo'', em SET/11 a taxa de desemprego no Brasil ficou em 10,6%, ante 10,9% em AGO/11.
 
''Apostando'' no Brasil, a montadora francesa Peugeot Citröen ''avisou'' para Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que, até 2015, vai investir R$ 3,7bi bi no país para dobrar sua produção.
 
Acreditando que a elevação da taxa de inadimplência para pessoa física no terceiro trimestre deste ano não é preocupante, o Bradesco ''avisou'' que quer continuar ampliando sua carteira de crédito em 2012.

 

-    A Vale subiu 2,5%, com o mercado otimista com o resultado da mineradora, que foi o primeiro na nova gestão e que indicou que a mineradora acumula um lucro líquido de R$ 29,4bi nos 9 primeiros meses deste ano, patamar 46,8% acima do verificado em igual período em 2010.

-    A TAM subiu 3,4%, favorecida pela notícia de que a LAN pagou à Pal Airlines US$ 5mi para que ela abandonasse a ação na Suprema Corte do Chile contra a aprovação da fusão proposta entre as companhias chilena e brasileira e também desistisse de qualquer medida futura para suspender o negócio.

-    A Natura caiu -0,5% e, após o fechamento do pregão anunciou que, beneficiada pelo bom resultado de suas operações internacionais, registrou um crescimento de 5,2% de seu lucro líquido consolidado no terceiro trimestre.


Política:
 
''Após balançar muito'' durante quase 2 semanas de acusações contra sua pasta, Orlando Silva, ministro do Esporte, foi demitido por Dilma e saiu do governo alegando que sofreu um linchamento público sem provas e que vai defender sua honra.
 
Apesar de ainda não ter definido quem será seu novo ministro do Esporte, que segundo ''rumores'' será Aldo Rebelo, Dilma já sabe que quer que o substituto de Orlando Silva Júnior mantenha distância da Fifa e do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014.
 
Por unanimidade e em votação simbólica, o Senado aprovou na noite desta quarta-feira a criação da Comissão da Verdade, que terá poderes para apurar violações de direitos humanos ocorridas durante a ditadura militar e que agora vai à sanção da presidenta Dilma.

Crítica:
 
Surpreendendo quem reclama de falta de liberdade de expressão na China, segundo o Google as autoridades brasileiras, alemãs e norte-americanas, nesta ordem, são as que no primeiro semestre deste ano mais pediram para a empresa de tecnologia retirar do ar conteúdos que consideram burlar suas legislações.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário