R.B. 18/OUT/11 ''Temendo mais trabalho''


R.B.

"Temendo mais trabalho"

 

São Paulo, 18 de outubro de 2011 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em queda, acompanhando a nova piora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, porem deve-se ressaltar que o patamar pode ser interessante para compra, principalmente diante das ''apostas'' de que o Copom cortará a taxa básica de juros na reunião deste semana.

-    O DÓLAR pode voltar a subir, também pressionado pela piora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e pelas perspectivas de nova redução da Selic, o que obviamente diminuirá a taxa real de juros da economia brasileira.

 

ONTEM

-    BOVESPA -2,0%, já abriu em queda e, seguindo a nova piora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, principalmente diante de declarações do ministro das Finanças da Alemanha de que os líderes da UE não devem atingir uma solução definitiva para os problemas do continente no curto prazo, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, com bom volume de negócios (R$ 8,5bi) devido ao vencimento de opções.

-    DÓLAR 2,2% à R$ 1,77, já abriu em alta e, interrompendo uma rara sequência de 8 dias de desvalorização, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, seguindo o ''humor negativo'' na Bovespa.

-    Na ÁSIA, acompanhando o bom desempenho das demais bolsas mundiais na sexta-feira, JAPÃO 1,5%, com destaques de alta para as exportadoras do setor de tecnologia, ajudadas pela desvalorização da moeda local (o iene) e pela diminuição das preocupações com uma desaceleração econômica nos EUA, CHINA 0,4%, com as esperanças de que Pequim poderá relaxar o controle sobre a macroeconomia em setores específicos, como os pequenos negócios e CORÉIA 1,6%, a oitava sessão seguida de alta, com destaques positivos para as ações das montadoras, como Hyundai (3,3%) e Kia (2,4%).

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura positiva, INGLATERRA -0,5%, FRANÇA -1,6% e ALEMANHA -1,8%, diante da redução da esperança de que uma solução abrangente para a crise da dívida na zona do euro possa ser anunciada em uma reunião de cúpula da União Européia neste fim de semana.

-    Nos EUA, registrando a maior perda diária em 2 semanas, S&P -1,9%, DJ -2,1% e NASDAQ -2,0%, após a divulgação de resultados negativos de bancos, como o Wells Fargo (-8,4%) e diante de comentários do ministro das Finanças da Alemanha que mostraram que uma solução para a crise da dívida pode não vir rápido o bastante.


Economia:
 
Já esperando uma redução de até -1,0% na Selic na reunião do Copom desta semana, o ''mercado'' elevou, de 5,59% para 5,61%, suas ''apostas'' para o IPCA deste ano, patamar cada vez mais distante do todo da meta (6,5%) do BC.
 
Com o objetivo de se popularizar ainda mais este tipo de investimento, inclusive para fazer ele competir com a poupança, o governo Dilma decidiu reduzir para R$ 30,00 o valor mínimo para aplicações no Tesouro Direto, que a partir de 2012 também terá um sistema de compras programadas.
 
Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) em SET/11 a demanda por vôos domésticos aumentou 9,06% em relação ao mesmo mês do ano passado e (2) nos 8 primeiros meses deste ano o setor de previdência privada aberta arrecadou R$ 33bi, o que representa um incremento de 21,90% em relação ao mesmo período de 2010.
 
Com os exportadores ainda reclamando o suposto baixo patamar do dólar, até o final da semana passada a balança comercial brasileira registrava superávit de US$ 23,9bi no ano, patamar 63% acima do registrado no mesmo período de 2010.
 
Acima do resultado anterior (0,23%) e também acima do esperado (0,25%), o PC apresentou variação de 0,27% na segunda quadrissemana de OUT/11, pressionado principalmente pelo grupo Alimentação, que registrou elevação de 0,46%.

Política:
 
Bombardeado constantemente pela oposição e até por setores da base governista, Orlando Silva, ministro do Esporte, contava com o apoio de Dilma, que elogiou sua disposição de prestar esclarecimentos ao Congresso, porem a presidenta já ''avisou'' que aguardará os desdobramentos das acusações e das investigações para traçar o futuro do ministro.
 
Após criar o "manual do tuiteiro petista", com táticas para a guerrilha na internet, o PT vai montar uma "patrulha virtual" e treinar militantes para fazer propaganda e criticar a mídia em sites de notícias e redes sociais como Twitter e Facebook.
 
Para pressionar o governo Dilma a aumentar seus salários, os juízes federais decidiram fazer uma "operação-padrão" em ações judiciais que envolvam a União, suspendendo a publicação de citações e intimações de ações da Advocacia-Geral da União até o final de NOV/11, o que, na prática, faz com que os processos fiquem parados.

Crítica:
 
''Temendo mais trabalho'' e mais cobrança, o que é obvio quando a iniciativa privada entra no negócio, os aeroportuários que trabalham no aeroporto internacional de Cumbica, em SP, aprovaram ontem uma paralisação para o final desta semana contra o modelo de privatização proposto pelo governo federal.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário