R.B. 14/OUT/11 ''Acha que pode tudo''


R.B.

"Acha que pode tudo"

 

São Paulo, 14 de outubro de 2011 (SEXTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, ampliando a valorização já acumulada no mês (4,3%), beneficiada (1) por bons resultados corporativos divulgados nos EUA, (2) pela valorização das commodities e (3) pela nova melhora do ''humor'' na Europa.

-    O DÓLAR pode voltar a cair, ampliando a desvalorização de -7,0% já acumulada neste mês, seguindo o ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,4%, abriu em alta e, apesar de chegar a recuar -1,0% na parte da manhã, fechou em território positivo pelo terceiro pregão consecutivo, se ajustando à valorização vista nos demais mercados de capitais ao longo do feriado do dia anterior.

-    DÓLAR -0,5% à R$ 1,75, já abriu em queda e, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar em território negativo pelo sétimo pregão consecutivo.

-    Na ÁSIA, otimistas com a alta em Wall Street e as propostas dos governos europeus para fortalecer o setor bancário da região, JAPÃO 1,0%, com a desvalorização da moeda local (o iene) frente ao dólar ajudando a estimular as compras de ações de empresas exportadoras, como Advantest (5,6%), TDK (4,3%) e Sony (3,1%), CHINA 0,8%, ainda sob impacto positivo da injeção de capital pelo governo nos 4 principais bancos do país e CORÉIA 0,7%, em alta pela sexta sessão seguida.

-    Na EUROPA, realizando lucros após atingirem os maiores patamares em 9 semanas, INGLATERRA -0,7%, FRANÇA -1,3% e ALEMANHA -1,3%, com destaques de queda para as ações dos bancos, como UniCredit (-12,1%), BNP Paribas (-5,7%) e Deutsche Bank (-5,6%), o que indica uma postura cautelosa dos investidores diante das propostas preliminares apresentadas pela Comissão Européia para fortalecer o setor bancário da região.

-    Nos EUA, também realizando lucros recentes, S&P -0,3%, DJ -0,3% e NASDAQ -0,2%, prejudicadas pelo resultado ruim divulgado pelo banco JPMorgan e por dados fracos sobre o superávit comercial da China, que porem reavivar temores quanto ao impacto da desaceleração do crescimento mundial sobre os balanços de empresas.


Economia:
 
Relembrando a ingerência do FMI sobre os investimentos do governo brasileiro durante os anos 1980 e 1990, quando o Brasil vivia uma crise econômica, Dilma afirmou que falta uma convicção política uniforme aos líderes internacionais sobre como lidar com a atual crise econômica.
 
Já contando com novas reduções na taxa básica de juros, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que a desaceleração no segundo e terceiro trimestre foi programada, mas ressaltou que a atividade econômica do Brasil voltará a acelerar neste quarto trimestre.
 
Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) as vendas para o Dia das Crianças em todo o Brasil cresceram 5,8% este ano na comparação com 2010, (2) a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping estima que o Natal deste ano vá gerar 140 mil postos de trabalho temporários em todo o país, um aumento de 7% em relação à festa de 2010 e (3) em SET/11 o número de novos registros de inadimplência no País caiu -5,1% em relação ao mês de AGO/11.
 
Ajudando a impulsionar a valorização do real nos últimos dias, a entrada de dólares no país superou a saída em US$ 3,5bi na primeira semana de OUT/11, influenciada principalmente por um fluxo financeiro positivo em US$ 1,6bi e por um fluxo comercial também foi positivo em US$ 4,3bi.

Política:
 
Ontem a Justiça de Alagoas determinou o bloqueio dos bens do deputado federal Arthur Lira, do PP de Alagoas, do prefeito de Maceió, Cícero Almeida, também do PP, e de mais 15 deputados e ex-deputados, todos acusados de enriquecimento ilícito e desvio de R$ 300 milhões da folha de pagamento da Assembléia Legislativa.
 
Torrando dinheiro publico para dar circo à população brasileira, ontem foi publicado um decreto da presidenta Dilma que concede à Fifa isenção total de impostos federais para bens e serviços relacionados à Copa das Confederações de 2013 e à Copa do Mundo de 2014.
 
Com FHC como estrela principal e os legados de seu governo sendo apresentado como as maiores realizações do Brasil, ontem o PSDB apresentou seu programa político gratuito em rede nacional de TV.

Crítica:
 
Usando o ''bom senso'', o Conar liberou a propaganda da marca de lingerie Hope com a modelo Gisele Bündchen por não considera-la sexista e, finalmente buscando algo melhor e mais importante para fazer, a Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres afirmou que não vai recorrer contra esta decisão.
 
Como Juiz ''acha que pode tudo'', segundo um levantamento feito pelo site Congresso em Foco, apesar da determinação do Conselho Nacional de Justiça, 13 dos 27 tribunais estaduais não publicam na internet os valores pagos a cada magistrado e servidor.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário