R.B. 13/OUT/11 ''De olho no ouro negro brasileiro''


R.B.

"De olho no ouro negro brasileiro"

 

São Paulo, 13 de outubro de 2011 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, ajustando-se a valorização das demais bolsas mundiais ocorrida durante o feriado de ontem, também beneficiada pelo anuncio feito pelo BC dos EUA de que não estão descartados novos incentivos à economia norte-americana.

-    O DÓLAR pode seguir em queda, com ''boas chances'' de fechar a semana abaixo dos R$ 1,75, acompanhando a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e a ampliação do fluxo positivo de recursos externos,

 

TERÇA-FEIRA

-    BOVESPA 1,1%, abriu em queda, para na mínima recuar -0,8%, porem foi se recuperando ao longo do pregão e já passou a subir ainda na parte da manhã, com bom volume de negócios (R$ 6,3bi), diante do aumento das ''apostas'' de que o Copom continuará a cortar a taxa básica de juros no Brasil.

-    DÓLAR -0,3% à R$ 1,76, abriu em alta, para na máxima atingir R$ 1,77, porem passou a cair na parte da tarde, para fechar em território negativo pelo sexto pregão consecutivo, já que a sinalização de uma maior estabilidade dos preços estimulou a entrada de recursos que estavam represados no exterior por exportadores.

 

ONTEM

-    Na ÁSIA, seguindo o fechamento positivo das demais bolsas mundiais no dia anterior, JAPÃO 0,4%, CORÉIA 0,8% e CHINA 3,0%, também beneficiadas pela decisão das autoridades chinesas ajudar as empresas do setor financeiro.

-    Na EUROPA, no maior patamar das ultimas 9 semanas, INGLATERRA 0,8%, FRANÇA 2,4% e ALEMANHA 2,2%, após dados econômicos fortes da zona do euro e notícias de que a Eslováquia deve aprovar um plano para expandir o fundo de resgate da região, ajudando os investidores a sair de ações defensivas e ir para as cíclicas.

-    Nos EUA, acompanhando a forte melhora do ''humor'' na Europa, S&P 1,0%, DJ 0,9% e NASDAQ 0,8%, com destaques de alta para as ações de bancos, como o Citigroup (5,0%).


Economia:
 
Mostrando para o Copom que é melhor que a taxa básica de juros siga em queda nas próximas reuniões, Nelson Barbosa, secretário-executivo do Ministério da Fazenda, afirmou que o governo reduzirá de 4,5% para algo entre 3,5% e 4,0% o crescimento do PIB brasileiro de 2011.
 
Segundo Shelly Shetty, responsável pelos ratings soberanos da agência de risco Fitch para a América Latina, a ''nota'' do Brasil deve se manter em "BBB" por um longo tempo e só vai melhorar com reformas fiscais, mudança na orientação do crescimento de consumo para investimento e um controle maior da inflação.
 
Unindo forças para se fortalecerem, as Bolsas de Valores dos países emergentes conhecidos como BRICs, que são Brasil, Rússia, Índia e China, anunciaram ontem uma inédita aliança para a negociação conjunta de ativos, cujo principal objetivo é ampliar o acesso dos investidores globais aos seus papeis, já que suas economias têm chamado a atenção pelos recentes avanços e pela maior resistência à atual crise.
 
''De olho no ouro negro brasileiro'', a  semiestatal chinesa China National Petroleum Corporation, que é a maior exploradora asiática de petróleo e gás, negocia ativamente com o governo de SP a formação de parcerias que viabilizem a exploração da camada pré-sal na bacia de Santos.
 
Indicando que, mesmo com a crise mundial, o Brasil continua se preparando para crescer, neste ano de 2011 o setor de equipamentos para construção, como caminhões, escavadeiras e guindastes, deve crescer 10% na comparação com o ano passado, segundo levantamento que será divulgado oficialmente na próxima semana pela associação de tecnologia para equipamentos e manutenção.

Política:
 
Confirmando que o governo Dilma não é conivente com grevistas como era o governo Lula, Miriam Belchior, ministra do Planejamento, afirmou que os grevistas dos Correios devem assumir as conseqüências da paralisação e não receber o salário referente aos dias de greve, ou então ter que repor esses dias.
 
Tentando moralizar o serviço publico, câmaras de vereadores e assembléias de quase todo o país se mobilizam para aprovar leis que proíbam prefeituras, governos estaduais e casas legislativas de contratar para cargos de confiança funcionários que tenham problemas com a Justiça.
 
Rumando à passos largos para ser mais um partido de ''segunda linha'', o  Democratas caminha para vetar coligações nas quais o novo PSD, que é o novo partido de Kassab, seja cabeça de chapa.

Crítica:
 
Convenientemente se esquecendo de primeiro arrumar a própria casa, ontem, durante os festejos do feriado de Nossa Senhora Aparecida, os líderes da Igreja Católica discursaram contra a corrupção e usaram a data religiosa para incentivar os fiéis a participarem das manifestações realizadas em diversas cidades do país.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário