R.B. 15/SET/11 ''Mais um afilhado político de Sarney''


R.B.

"Mais um afilhado político de Sarney"

 

São Paulo, 15 de setembro de 2011 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, dando sequência ao movimento de recuperação de perdas recentes iniciado no pregão anterior, seguindo a provável melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, diante da confirmação da ajuda financeira da China aos países da Europa.

-    O DÓLAR deve cair, após fechar o pregão anterior no maior patamar desde NOV/11, seguindo a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e os fatores macroeconômicos ainda a favor de uma contenção das taxas, entre eles a balança comercial superavitária e as reservas internacionais robustas do Brasil.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,3%, abriu ''de lado'', para na mínima recuar –0,6% e, em um mais uma pregão marcado pela forte volatilidade, passou a subir na parte da tarde, seguindo a melhora do ''humor'' nas bolsas de NY, diante da ''esperança'' de que se chegará a uma solução de consenso da União Européia para ajudar a Grécia e evitar a quebra de bancos importantes.

-    DÓLAR 0,6% à R$1,72, já abriu em alta, para na máxima atingir R$ 1,74, e manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, para fechar em alta pelo décimo pregão consecutivo, diante do rebaixamento da ''nota'' e 2 grandes bancos na França e dos leilões de compra do BC.

-    Na ÁSIA, ainda sem uma tendência única, JAPÃO -1,1%, no menor patamar em 29 meses, com destaques de queda para as exportadoras, como Tokyo Electron (-1,2%), Canon (-4,1%) e Olympus (-4,3%), diante dos ''temores'' com a situação das dívidas da zona do euro, CHINA 0,6%, sustentada pelas ações das siderúrgicas, por conta das expectativas de elevação dos preços dos produtos e CORÉIA –3,4%, retornando após 2 dias de feriado e dando sequência as fortes perdas registradas na sexta-feira.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura extremamente negativa, INGLATERRA 1,0%, FRANÇA 1,9% e ALEMANHA 3,4%, após autoridades da Áustria desmentirem a notícia de que o parlamento do país havia rejeitado medidas para ampliar o escopo do fundo de resgate da zona do euro e depois de a França assumir o compromisso de fazer o que for necessário para ajudar a Grécia.

-    Nos EUA, também revertendo uma abertura negativa, S&P 1,3%, DJ 1,3% e NASDAQ 1,6%, após o presidente da Comissão Européia dizer que apresentará opções para bônus conjuntos da zona do euro, ferramenta que investidores vêem como um passo à frente para lidar com a crise da dívida da região.


Economia:
 
Em uma posição que seria considerada insanidade a pouco menos de 10 anos atrás, ontem Dilma afirmou o Brasil estará sempre disposto a participar de qualquer esforço para ajudar a crise global, inclusive com recursos financeiros, ressaltando que acredita que o problema é falta de dinheiro e sim falta de decisão política para investir e ''garantindo'' que é impossível que o Brasil tenha um tipo de crise similar a que ocorre nos países do ''primeiro mundo''.
 
Com a humildade de quem representa uma turma de ''quase falidos'', Charles Dallara, diretor-gerente do Instituto de Finanças Internacionais, que é a entidade que reúne os grandes bancos e instituições financeiras globais, afirmou que o Brasil e os outros países que integram os Brics (Rússia, Índia, China e África do Sul) podem dar uma "contribuição significativa" às economias em crise na zona do euro.
 
Confirmando que, apesar das criticas dos ''especialistas dos bancos'', o Copom estava correto em reduzir a taxa básica de juros da economia brasileira na sua ultima reunião, ontem (1) o Ipea informou que vê um cenário de maior desaquecimento da economia nos dois últimos meses do terceiro trimestre (AGO/11 e SET/11) do que o registrado em JUL/11, (2) Dilma confirmou que o governo irá reduzir sua previsão de crescimento da economia, atualmente em 4,5%, para algo próximo de 4% e (3) a Febraban reduziu, de 3,9% em AGO/11 para 3,5% agora, suas ''apostas'' para o crescimento do PIB brasileiro este ano.
 
Diante da redução do ritmo de inflação, da satisfatória rodada de renegociações salariais, do patamar baixo do desemprego e do crescimento mais moderado do endividamento dos consumidores, em JUL/11 a perspectiva de inadimplência do consumidor caiu pela primeira vez em 13 meses, recuando -0,1% na comparação com JUN/11.
 
Como reflexo da queda do dólar e do bom momento da economia brasileira, nos 8 primeiros meses deste ano a importação de carros de marcas que não têm fábrica no Brasil registrou uma alta de 112,4% na comparação com o mesmo período de 2010.
 
Antes tarde do que nunca, já que agora que o dólar está subindo a situação para os exportadores ficará mais confortável, o Conselho Monetário Nacional decidiu aumentar em R$ 6,7bi o volume de recursos do programa do BNDES de incentivo a investimentos e exportações.
Política:
 
Com o objetivo de atrair aqueles que saíram do PV junto com Marina Silva, o diretório do PPS de SP sinalizou que pode abrir mão de lançar a ex-vereadora e apresentadora Soninha Francine como candidata à prefeitura da capital e oferecer a cabeça da chapa para os aliados da ex-senadora e ex-candidata a presidência, provavelmente Ricardo Young, obviamente caso eles se filiem ao partido.
 
Cada dia mais enrolado com denuncias e também pressionado pelos seus correligionários peemedebistas, Pedro Novais finalmente ''largou o osso'' e renunciou ao cargo de Ministro do Turismo. Com sua saída sua vaga foi assumida por Gastão Vieira, deputado do PMDB do Maranhão e também ''mais um afilhado político de Sarney''.
 
Provavelmente porque devem ter muito para esconder, os ex-presidentes e agora senadores Collor e Sarney se uniram para impedir a votação do projeto que regulamenta o acesso e acaba com o sigilo eterno nas informações oficiais.
Crítica:
 
Finalmente fazendo a lei valer também para as grandes corporações, ontem o Procon fechou e multou em R$ 87,6mil um supermercado da rede Carrefour na zona norte de SP que foi flagrado por fiscais do órgão paulista vendendo produtos com prazo de validade vencido.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário