R.B. 22/JUN/11 ''Sua sujeira embaixo do tapete''


R.B.

"Sua sujeira embaixo do tapete"

 

São Paulo, 22 de junho de 2011 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, assim como os demais mercados mundiais ''aliviada'' com a aprovação do pacote de ajuda à Grécia, com ''boas chances'' de fechar o pregão acima dos 62.000pts, o que tecnicamente confirmará uma tendência mais consistente de recuperação de perdas recentes.

-    O DÓLAR pode cair, rumo aos R$ 1,55, seguindo sua ''trajetória natural'' diante do elevado patamar da taxa real de juros da economia brasileira (cerca de 6,5%) e também ''comemorando'' a aprovação do pacote de ajuda a Grécia.

 

ONTEM

-    BOVESPA 0,4%, já abriu em alta e, com pouca volatilidade (mínima de 0,1% e máxima de 0,6%) e baixo volume de negócios (R$ 4,6bi), manteve-se em território positivo ao longo de todo pregão, seguindo a valorização das bolsas de NY

-    DÓLAR -0,3% à R$ 1,59, já abriu em queda e, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para acumular uma baixa de -1,0% em 3 sessões consecutivas de queda, diante das ''apostas'' de que o ''drama grego'' terá um desfecho positivo.

-    Na ÁSIA, diante da redução dos temores com a Grécia, JAPÃO 1,1%, com as exportadoras, como Nikon (2,95) e Mazda (2,5%), beneficiadas por um ligeiro fortalecimento do euro, CHINA 1,0%, a primeira alta após 4 sessões consecutivas de baixa, impulsionada principalmente pelas fabricantes de cimento, que se beneficiaram com as expectativas de que a massiva construção de casas públicas irá alavancar a demanda pelo produto e CORÉIA 1,4%, impulsionada pela recuperação das ações de empresas dos setores financeiro e de tecnologia.

-    Na EUROPA, diante das ''apostas'' de aprovação do pacote de ajuda à Grécia, INGLATERRA 1,4%, FRANÇA 2,0% e ALEMANHA 1,9%,  com destaques positivos para a recuperação das ações de bancos, como BNP (2,6%) e Commerzbank (4,9%).

-    Nos EUA, em alta pelo quarto pregão consecutivo, também beneficiadas pelas ''esperanças'' de que a Grécia honre os compromissos com sua dívida, S&P 1,3%, DJ 0,9% e NASDAQ 2,2%, com destaques positivos para as ações do setor de tecnologia, impulsionadas por um salto nas ações de fabricantes de semicondutores.


Economia:
 

Para mostrar que seguirá controlando a inflação com austeridade, o Ministério da Fazenda ''avisou'' que não tem dúvida de que o Conselho Monetário Nacional fixará em 4,5% a meta de inflação para 2013.

 

Contrariando a ''choradeira'' dos empresários e as criticas da oposição, segundo um estudo de uma associação internacional de consultorias, o Brasil tem uma carga tributária considerada leve para as classes mais altas.

 

''Apostando'' no Brasil e também gerando empregos por aqui, (1) a gigante chinesa CNR vai investir R$ 200mi para produzir trens no RJ a partir do ano que vem e (2) a montadora General Motors projeta que até 2015 suas vendas no país cresçam entre 5% e 7% ao ano.

 

Diante de uma combinação de aumento da renda, elevação das taxas de juros e queda das ações na Bovespa, nos 4 primeiros meses deste ano os depósitos em planos de previdência privada (PGBL, VGBL e outros) somaram R$ 15,6bi, o que representa um aumento de 14% sobre o total arrecadado no mesmo período em 2010.

 

Dando novos sinais de controle da inflação, (1) o IPCA-15 de JUN/11 ficou em 0,23%, ante 0,70% em MAI/11 e (2) a segunda prévia do IGP-M de JUN/11 apontou uma deflação de -0,21%, contra 0,66% apurado no mesmo período de MAI/11.

 

-    A Embraer caiu -2,3%, mesmo após anunciar que espera vender, inclusive para o exercito dos EUA, até 40 aviões Super Tucano nos próximos 6 a 8 meses, o que poderá gerar para a empresa uma receita de até US$ 560mi.

-    A Petrobrás subiu 0,6%, após a agência de classificação de risco Moody's elevar sua ''nota'' para a empresa.

-    A Eletrobrás subiu 0,6%, após anunciar que teve lucro líquido de R$ 1,3bi no primeiro trimestre deste ano, salto ante os R$ 166,3mi no mesmo período do ano anterior.


Política:
 
Como estratégia para tentar diminuir a insatisfação e a pressão dos aliados, o Palácio do Planalto estuda liberar em curto prazo o empenho inicial de R$ 1bi  das emendas de parlamentares apresentadas em 2010 ao Orçamento de 2011.
 
Hoje ele vai se reunir com Dilma e na próxima terça-feira o petista Mercadante, ministro da Ciência e Tecnologia, já acertou sua participação em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado para prestar esclarecimentos sobre a denuncia de que foi um dos mentores do suposto dossiê contra o tucano José Serra, seu principal adversário na disputa pelo governo de SP em 2006.
 
Pagando sua ''divida'' com seu padrinho Sarney, o peemedebista Pedro Novais, que é ministro do Turismo, destinará R$ 20 milhões para financiar melhorias no turismo do Maranhão, valor que, alem de ser o maior assinado pelo ministério em 2011, supera em mais de 50% a soma de todos os outros pactos firmados pela pasta com os demais estados e municípios do Brasil neste ano.
 
''Se lixando'' para o nepotismo, ontem a Assembléia Legislativa do Paraná aprovou ontem o projeto de lei do governo do estado que dá superpoderes a duas secretarias comandadas por José Richa Filho, o Pepe, e Fernanda Richa, respectivamente, irmão e mulher do governador tucano Beto Richa.
 
Atingindo ainda apenas ''café pequeno'', ontem a Polícia Federal prendeu o prefeito de Taubaté, o peemedebista Roberto Peixoto e a primeira-dama, Luciana Peixoto, que são acusados de fraude em licitações na compra e na distribuição de remédios e merenda escolar.

Crítica:
 
Como nos EUA tudo se resolve com dinheiro, para esconder ''sua sujeira embaixo do tapete'', o banco norte-americano JPMorgan anunciou ontem o pagamento de uma multa de US$ 153,6mi para pôr fim a uma investigação sobre seu negócio com as hipotecas de alto risco, que eram oferecidas como negócio ''110% seguro'' para seus clientes antes da crise financeira de 2008.
PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário