R.B. 25/MAI/11 ''Grande favor''


R.B.

"Grande favor"

 

São Paulo, 25 de maio de 2011 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, confirmando a retomada da trajetória de alta, que será consolidada caso apareçam novos sinais de controle da inflação, que por sua vez permitirão que a taxa de juros ao menos não suba mais, voltando assim a ficarem atrativos os investimentos no setor produtivo da economia.

-    O DÓLAR deve cair, acompanhando a possível melhora do ''humor'' na Bovespa e ainda influenciado pelo ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,6%, já abriu em alta e, mesmo com a reversão da abertura positiva das bolsas de NY e com baixo volume de negócios (R$ 4,9bi), manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, em um movimento de ''caça de barganhas'' diante das perdas recentes e também beneficiada pela recuperação dos preços das commodities e pela melhora da ''nota'' do Brasil pela agência de classificação de risco Standard & Poor's.

-    DÓLAR -0,5% à R$ 1,62, já abriu em queda e, seguindo a melhora do ''humor'' na Bovespa e influenciada principalmente pela indicação da agência Standard & Poor's de que pode melhorar sua ''nota'' para o Brasil, manteve-se em baixa ao longo de todo pregão.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,2%, com destaque de alta para as ações da Sony (2,7%), mesmo depois de a empresa ter alertado para a previsão de um prejuízo anual de US$ -3,2bi, CHINA -0,3% prejudicada pelas persistentes incertezas sobre a política macroeconômica do governo, pela redução do crescimento econômico e pelas pressões inflacionárias e CORÉIA 0,3%, em um movimento de ''caça de barganhas'' apos atingir no pregão anterior o menor patamar do mês.

-    Na EUROPA, devolvendo parte dos ganhos da abertura, INGLATERRA 0,4%, FRANÇA 0,2% e ALEMANHA 0,4%, sustentadas por ganhos em ações de empresas ligadas a commodities e pela divulgação de um indicador positivo sobre a confiança das empresas na Alemanha.

-    Nos EUA, revertendo, com baixo volume de negócios, uma abertura positiva, S&P -0,1%, DJ -0,2% e NASDAQ -0,5%, com investidores cautelosos diante da divulgação de indicadores ruins, como o índice sobre a atividade manufatureira na região de Richmond, que mostrou uma baixa em ABR/11 depois de 7 meses de progressão, e as vendas de casas novas no país, que cresceram menos do que o esperado.


Economia:
 
''Brigando'' pelos seus direitos e interesses, os 5 grandes países emergentes conhecidos como Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) protestaram ontem contra a intenção da Europa de indicar um europeu, provavelmente Christine Lagarde, a atual ministra de Finanças a França, para o cargo de diretor-gerente do FMI após a renúncia do francês Dominique Strauss-Kahn.
 
Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) as vendas de aço no mercado interno brasileiro subiram 8% em ABR/11 na comparação com o mesmo mês no ano passado, (2) o setor de shoppings prevê que em 2011 as vendas cresçam de 9% a 11% na comparação com 2010, (3) o mercado de luxo no país projeta um expansão de 20% neste ano na comparação com 2010 e (4) o endividamento das famílias paulistanas caiu de 48,3% em ABR/11 para 45,7% em MAI/11.
 
Fazendo um ''grande favor'' para os investidores locais, que estão vendendo suas ações cerca de -10% abaixo do valor que elas estavam no começo do ano, os investidores estrangeiros, apenas nos 20 primeiros dias deste mês de MAI/11, já apresentam um saldo positivo de R$ 1,4bi nas suas compras de ações de empresas brasileiras.
 
Mostrando que o governo segue controlando as contas publicas, o déficit da Previdência chegou a R$ -15,4bi nos primeiros 4 primeiros meses deste ano, valor que representa uma queda de -17,2% na comparação com o mesmo período de 2010.
 
Com o objetivo de ajudar na renegociação das dívidas dos consumidores junto aos bancos, ontem, no mesmo dia em que , o governo federal decidiu isentar da cobrança de IOF o saldo devedor do cheque especial a partir do momento em que a dívida completar 1 ano.
 
Apresentando um ''importante e esperado'' sinal de queda da inflação, abaixo do esperado (0,50%), o IPC desacelerou para 0,47% na terceira quadrissemana de MAI/11, depois de ter registrado alta de 0,56% na segunda prévia do mês.
 
Aumentando os custos, mas também as vagas no setor, ontem o Tribunal Superior do Trabalho estabeleceu que a jornada de trabalho dos operadores de telemarketing será de 6 horas, e não mais de 8.
 
Consideradas estratégicas para o futuro do crédito imobiliário no Brasil, que dependerá de dinheiro do mercado de capitais quando se esgotarem os recursos da caderneta de poupança, as 3 maiores empresas da infraestrutura de crédito imobiliário, que são BFRE, Cibrasec e BS, anunciaram ontem a fusão de seus negócios no país.
 
Mesmo com a ''choradeira'' dos exportadores que reclamam da valorização do real frente ao dólar, em ABR/11 as receitas das exportações brasileiras de café foram 88,9% maiores que em ABR/10.
 
-    A Telemar disparou 13,2%, a Telemar Norte Leste avançou 10,1% e a Brasil Telecom subiu 9,5%,após o conglomerado formado por estas empresas anunciar que pretende simplificar sua estrutura societária enxugando o número de ações diferentes que representam a empresa na Bovespa.

Política:
 
Mostrando que sem Palocci, que atualmente está se defendendo de acusações, o governo fica sem uma boa articulação política, ontem, depois de muita polêmica, bate-bocas e discursos raivosos, a Câmara dos Deputados aprovou, por 410 votos a favor e 63 contra, sendo 35 do PT, o projeto que altera o Código Florestal, porem, contrariando a vontade de Dilma, foi também aprovada a emenda do PMDB apoiada pelos ruralistas que anistia que desmatou em áreas protegidas antes de 2008.
 
Com Dilma e Palocci sem reação diante das suspeitas que pesam sobre o aumento substancial no patrimônio do homem forte do governo, Lula assumiu ontem, de fato, a articulação política do Palácio do Planalto e já exigiu unidade do partido na defesa do chefe da Casa Civil, ressaltando que Serra está por trás do vazamento de dados sobre o faturamento da empresa de consultoria do ministro por meio da Secretaria de Finanças da Prefeitura de SP.
 
Em ''guerra interna'', o PSDB, dividido basicamente entre a ''turma'' de Serra e a ''turma'' de Aécio, ainda não resolveu quem será indicado para a presidência do Instituto Teotônio Vilela e com isto FHC foi ''escalado'' para entrar em campo nos próximos 2 dias para tentar apaziguar os ânimos de lado a lado.

Crítica:
 
Ajudando a reduzir a dependência dos EUA por petróleo e carvão, ontem o Google e o Citigroup anunciaram que investirão cada um US$ 55mi no projeto Alta 4, da Terra-Gen Power, capaz de gerar 102 megawatts de energia eólica na Califórnia.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário