R.B. 9/DEZ/10 ''Com folga de 100%''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Com folga de 100%"

São Paulo, 9 de dezembro de 2010 (QUINTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após 3 pregões consecutivos de queda, ''animada'' com a manutenção da Selic pelo Copom e seguindo a gradativa melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais.
- O DÓLAR pode cair, retornando a sua ''trajetória natural'', seguindo a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e diante da constatação de que, mesmo com a manutenção da Selic, o Brasil segue com a maior taxa real de juros do Mundo (cerca de 4,8%).

ONTEM
- BOVESPA -1,7%, já abriu em leve queda e, mesmo com a valorização das bolas de NY, foi intensificando as perdas ao longo do pregão, ''temendo'' um aumento dos juros no Brasil, o que não se confirmou, e na China, o que ainda pode acontecer.
- DÓLAR 0,6% à R$ 1,69, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,67, porem logo passou a subir, seguindo o ''humor negativo'' na Bovespa e pressionado pelos cada dia mais constantes leilões de compra do BC.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,9%, com o setor exportador beneficiado por uma desvalorização da moeda local (o iene) frente ao dólar e estimulado pelo acordo fechado nos EUA para estender cortes de impostos concedidos no período do governo Bush, CHINA -1,0%, prejudicada pelos ''temores'' de o governo local pode preparar um novo aumento nas taxas de juros e CORÉIA -0,4%, pressionada por notícias de que a Coréia do Norte teria atirado bombas contra uma área próxima à sua fronteira marítima com a Coréia do Sul.
- Na EUROPA, sem uma tendência única, FRANÇA 0,6%, beneficiada principalmente pelo bom desempenho das ações de bancos e seguradoras, INGLATERRA -0,2% e ALEMANHA -0,4%, realizando lucros, pressionadas pelas ações das montadoras, como a Volkswagen (-5,6%).
- Nos EUA, após um pregão com alguma volatilidade, S&P 0,4%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,4%, sustentadas pelo avanço nos papéis de companhias do setor financeiro, como Bank of America (3,7%) e JPMorgan (2,5%), que compensou um declínio generalizado nos papéis de companhias de outros setores, como McDonald''s (-2,0%).
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Ontem, conforme esperado por cerca de 80% do ''mercado'', o Copom, na sua ultima reunião da era Lula-Meirelles, decidiu, por unanimidade, manter novamente a taxa básica de juros em 10,75% ao ano, ressaltando que a inflação começa a preocupar mais e indicando que a Selic não subiu por conta do recente aumento do compulsório.

Com o Brasil se mantendo, ''com folga de 100%'', na liderança mundial dos juros reais (com cerca de 4,8%), obviamente representantes do comércio, da industria e dos sindicatos reclamaram muito da decisão do Copom, porem é bom ressaltar que o governo Lula começou com uma Selic de 26,5% ao ano em JAN/03 e termina com menos de metade disto (10,75%).

Otimistas e esperando um ''Natal do peru'', os varejistas brasileiros esperam aumento de até 10,5%do faturamento em relação ao mesmo período no ano passado, o que representará a maior alta percentual, considerando todas as datas especiais do varejo, desde o início da pesquisa, em 2005.

Hoje será anunciado o resultado do PIB brasileiro no terceiro trimestre de 2010 que, mostrando porque o Copom não elevou a Selic mesmo com a pressão da inflação, deve ser o mais fraco do ano com previsões que oscilam entre 0,3% e 0,8%.

Acumulando uma alta de 5,63% nos últimos 12 meses, patamar bem acima da meta de inflação do BC para este ano (4,5%), o IPCA de NOV/10 ficou em 0,83%, ante 0,75% em OUT/10, o que representa a maior alta mensal desde ABR/05 (0,87%).

- Finalmente mostrando uma desaceleração da inflação, o IPC da primeira quadrissemana de DEZ/10 ficou em 0,67%, depois de ter subido 0,72% em NOV/10.

- A OGX subiu 0,1%, mesmo após anunciar que descobriu mais petróleo em um poço de águas pouco profundas da Bacia de Campos.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Avançando nas negociações com a base aliada para montar sua equipe de governo, ontem Dilma oficializou a indicação de 10 novos ministros, sendo que 5 nomes são do PMDB, 3 do PT e 1 do PR, além da jornalista Helena Chagas para a Secretaria de Comunicação Social, com isto já são 16 ministros confirmados e restam ainda 21 indicações.

Apesar de Lula e de seu governo terem a aprovação de mais de 80% do eleitorado, segundo uma pesquisa recente 64% dos brasileiros acreditam que a corrupção e os desvios de verbas publicas aumentaram nos últimos 3 anos.

Responsável pela queda do ''nobre'' senador Gim Argello, do PTB do DF, da relatoria do Orçamento de 2011, o esquema de pagamento de verbas federais a entidades de fachada é um verdadeiro hit entre os parlamentares, já que segundo um levantamento realizado pela ONG Contas Abertas, no ultimo ano houve um aumento de 2.351% neste tipo de operação.

Ontem, durante um discurso reservado para deputados, senadores e governadores do PMDB, Lula admitiu que PT e PMDB, como são 2 grandes partidos, sempre terão ''pedras no sapato'' que devem ser retiradas uma a uma.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

No caminho certo para reduzir e até acabar com o caos aéreo brasileiro, o governo vai passar a operação do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, para a iniciativa privada.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário