R.B. 8/DEZ/10 ''Nem o Serra faria assim''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Nem o Serra faria assim"

São Paulo, 8 de dezembro de 2010 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA pode subir, novamente tentando fechar acima dos 70.000pts, acompanhando a nova melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e beneficiada positivamente pelas ''apostas majoritárias'' de manutenção da Selic na reunião do Copom que termina após o fechamento do pregão.
- O DÓLAR deve cair, dando seqüência à sua ''trajetória natural'' e acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana, a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e o ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e principalmente ''investimentos''.

ONTEM
- BOVESPA -0,3%, abriu em alta, para na máxima avançar 1,5% e superar os 70.000pts (aos 70.562pts), porem foi perdendo forças ao longo do dia e passou a cair no final do pregão, pressionada principalmente por ações de empresas baseadas em commodities, já que no mercado internacional as cotações das matérias-primas alcançaram seus preços máximos em 2 anos e depois cederam.
- DÓLAR 0,0% à R$ 1,68, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,66, porem, pressionado pelos ''fortes e intensos'' leilões de compra do BC, recuperou terreno no final do pregão, para fechar no mesmo patamar do dia anterior, mesmo com o substancial recuo do risco-Brasil (-6,3%).
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -0,3%, novamente com as exportadoras, como Sony (-1,2%) e Honda (-1,9%), prejudicadas pela valorização da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA 0,7%, recuperando uma abertura negativa, em uma alta liderada pelas empresas de metais e CORÉIA 0,5%, com destaques de alta para as ações tecnológicas, ante a expectativa de que o setor se beneficie de uma corrida às compras nos EUA durante o final do ano.
- Na EUROPA, beneficiadas pelo avanço dos preços das commodities, pela expectativa de extensão por 2 anos dos cortes dos impostos nos EUA, e pela confiança de que o orçamento de 2011 da Irlanda, com medidas austeras, seja aprovado pelo parlamento, INGLATERRA 0,7%, FRANÇA 1,6% e ALEMANHA 0,7%, com destaques de alta para as mineradoras.
- Nos EUA, devolvendo no final do pregão quase todos os ganhos da abertura, S&P 0,1%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,1%, com o entusiasmo de investidores em relação ao acordo que prorroga cortes de impostos sendo ofuscado pela alta de yields de títulos do governo e notícias de que reguladores estariam intensificando sua investigação sobre casos de insider trading.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Hoje, com cerca de 80% do ''mercado'' esperando uma manutenção da Selic, atualmente em 10,75%, porem com 20% acreditando que uma elevação dará o ''recado'' de que a inflação seguirá sendo combatida, o Copom tem a sua ultima reunião do governo Lula e a ultima presidida pelo ''mito Meirelles''.

Após ser ''advertido indiretamente'' por Lula, Mantega, ministro da Fazenda, divulgou uma nota na qual recuou de afirmações feitas na segunda-feira e ressaltou que Lula tem razão quando diz que o objetivo dos cortes no custeio é aumentar investimento em infraestrutura.

Ontem, durante a sabatina na qual seu nome foi aprovado pelo Senado para presidir o BC de Dilma, Alexandre Tombini mostrou, ao falar de dólar, que tem uma posição mais claramente intervencionista do que de seus antecessores, o que evidencia um maior alinhamento com o Ministério da Fazenda.

Ocorrendo algo que deveria ser normal, mas que infelizmente não é, neste ano, pela primeira vez desde 2006, o volume financeiro registrado na Bovespa superou o volume negociado com ADRs de empresas brasileiras nas demais bolsas mundiais.

Dando mais um importante sinal positivo da economia brasileira, em NOV/10 a demanda do consumidor por crédito cresceu 6,2% ante OUT/10 e 19,8% ante NOV/09, levando o indicador a atingir o recorde da série, iniciada em JAN/07.

Indicando que a economia brasileira seguirá se destacando positivamente em 2011, segundo uma pesquisa da empresa internacional de recrutamento de pessoal Manpower, no primeiro trimestre de 2011 o Brasil irá liderar o crescimento líquido da criação de novos postos de trabalho nas Américas.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Cumprindo o que prometeu para Sergio Cabral, o governador do RJ, Lula ''avisou'' que vetará a parte do projeto do novo marco regulatório do setor de petróleo e gás que propõe uma redistribuição dos royalties do setor.

Acusado de desvio de verbas publicas, o senador Gim Argello, do PTB do DF, entregou na tarde de ontem sua carta de renúncia do cargo de relator do Orçamento de 2011 e também deixou de fazer parte da Comissão Mista.

Insatisfeito com o predomínio paulista e petista na relação de nomes até agora anunciados oficialmente e entre os dados como certos no governo Dilma, um ''petista oculto'' afirmou que ''nem o Serra faria assim''.

Um dos grandes vencedores e com o título de o partido que mais cresceu nas ultimas eleições, o PSB deve acertar hoje, com Dilma, sua participação no futuro governo e a cúpula do partido quer fechar a cota de poder dos socialistas com dois ministérios, o da Integração, para o ex-deputado Fernando Bezerra Coelho, e o das Micro e Pequenas Empresas, para o senador Antonio Carlos Valadares, além de manter sob seu comando a Secretaria de Portos.

Para não ruir completamente com a possível saída de Kassab, que iria para o PMDB, hoje a Executiva Nacional do DEM se reunirá pra discutir a sucessão antecipada do atual presidente nacional do partido, o deputado Federal d RJ Rodrigo Maia.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Em uma decisão histórica, que joga mais uma ''pá de cal'' na guerra fria, ontem os líderes da União Européia, com o aval dos EUA, concordaram formalmente em apoiar a candidatura da Rússia para a Organização Mundial do Comércio.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
-------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário