R.B. 3/DEZ/10 ''Quem deve teme''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Quem deve teme"

São Paulo, 3 de dezembro de 2010 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve voltar a subir, beneficiada pela valorização das commodities e ainda acompanhando a melhora do ''humor'' externo, que pode se intensificar após a divulgação do número que indicará a geração de empregos nos EUA (payroll).
- O DÓLAR pode subir, para fechar em baixa pelo quinto pregão consecutivo, com ''boas chances'' de romper o ''suporte'' dos R$ 1,70 diante do fluxo positivo de recursos externos e da trajetória internacional da moeda norte-americana.

ONTEM
- BOVESPA 0,3%, já abriu em alta e, acompanhando o ''bom humor'' das demais bolsas mundiais, manteve-se em território positivo ao longo de todo pregão, apesar de ainda fechar abaixo dos 70.000pts (aos 69.527pts) e com baixo volume de negócios (R$ 5,7bi).
- DÓLAR -0,2% à R$ 1,70, já abriu em queda e, também acompanhando o ''bom humor'' externo, manteve-se em território negativo ao longo de todo pregão, influenciado pelo fluxo positivo de recursos externos e pelo recuo do risco-Brasil (-2,8%).
- Na ÁSIA, ainda em movimento de recuperação, JAPÃO 1,8%, no maior patamar em 5 meses e com um volume crescente de negócios, CHINA 0,7% beneficiada pela valorização das commodities e CORÉIA 1,1%, com destaques de alta para ações de bancos.
- Na EUROPA, com as maiores altas percentuais das 2 ultimas semanas, INGLATERRA 2,2%, FRANÇA 2,1% e ALEMANHA 1,3%, influenciadas positivamente pela decisão do BC Europeu de manter a taxa básica de juros para os países da região em 1% ao ano e pelas declarações de seu presidente, Jean-Claude Trichet, que avisou que o banco vai manter seu programa para aquisição de títulos soberanos.
- Nos EUA, no segundo dia consecutivo de rally, S&P 1,3%, DJ 0,9% e NASDAQ 1,2%, ''animadas'' pela redução das preocupações com a crise de dívida soberana na Europa e pela divulgação de números positivos da economia local, que deram aos investidores a oportunidade de montar mais posições em papéis que têm apresentado bom desempenho, como os de bancos e varejistas.
-------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Contrariando a opinião de cerca de 80% dos economistas, que esperam aumento da inflação para 2011, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou ontem que espera uma diminuição na inflação dos alimentos para JAN/11 e que a atual alta nos preços é sazonal, motivada por problemas climáticos e especulações no mercado futuro de commodities.

Se preparando para entregar aquilo que ''o mercado pediu'', Mantega, ministro da Fazenda, ''avisou'' em 2 semanas espera concluir e anunciar as medidas para estimular o financiamento de longo prazo pelos bancos privados, ressaltando que o objetivo é obter "alongamento e taxas menores" para as empresas.

''Apostando'' cada dia mais no Brasil, Renault brasileira, que já ocupa a terceira posição em vendas do grupo no mundo, anunciou que irá contratar ate 1.000 novos funcionários para iniciar um terceiro turno de trabalho em sua fábrica de São José dos Pinhais.

Dando novos e cada dia mais ''sólidos sinais'' positivos da economia brasileira, (1) nos 11 primeiros meses deste ano a produção industrial do país teve uma expansão de 11,8% na comparação com o mesmo período em 2009, (2) segundo projeções da Associação Brasileira de Telecomunicações, o país deve dobrar sua base de assinantes de internet banda larga em 2010, em comparação com o ano anterior e (3) com o forte aumento do consumo, as associações setoriais já se dizem alarmadas com a escassez de camarão, que até outro dia era ''comida de rico'', no país.

Com o Ibovespa acumulando uma valorização de 4,6%, no mês passado o saldo de investimentos estrangeiros na bolsa brasileira atingiu R$ 1,6bi, número que é quase o dobro do saldo registrado em NOV/09 (R$ 933mi).
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Após ser pressionada pelo PMDB, principalmente por seu vice Michel Temer, Dilma, a presidente eleita, bateu o martelo sobre a nomeação de dois peemedebistas para seu ministério, que serão Edison Lobão para o Ministério de Minas e Energia e de Wagner Rossi para continuar na Agricultura.

Confirmando qual será seu ''núcleo duro'', hoje Dilma oficializará a nomeação de Palocci para a Casa Civil, de Gilberto Carvalho, para a Secretaria-Geral, de Alexandre Padilha para continuar no comando das Relações Institucionais e de José Eduardo Cardozo, que assumirá o Ministério da Justiça.

Ontem, durante uma entrevista para rádios comunitárias, Lula afirmou que, após deixar o Planalto, vai criar um instituto para levar experiências adotadas em seu governo para países da África e da América Latina, ressaltando também que poderá tomar uma cervejinha em paz, sem a presença de fotógrafos.

Caso realmente cumpra a palavra que deu a Sergio Cabral, o governador do RJ, Lula deve vetar, até o próximo dia 31, a chamada Emenda Simon, que revê a atual política de distribuição da renda do petróleo, reduzindo a pó a arrecadação das regiões produtoras, particularmente o RJ.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Como ''quem deve teme'', os ''nobres'' senadores norte-americanos EUA, principalmente os republicanos, apresentaram ontem um projeto de lei para eliminar a ameaça que representa o site WikiLeaks ao tornar ilegal a publicação de nomes de informantes do Exército dos EUA e dos serviços de inteligência.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário