R.B. 17/DEZ/10 ''A ultima e maior crise de ciúmes da sua vida''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"A ultima e maior crise de ciúmes da sua vida"

São Paulo, 17 de dezembro de 2010 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA pode subir, acompanhando o movimento das demais bolsas mundiais e tentando uma recuperação após fechar no menor patamar desde SET/10, também impulsionada pelos constantes sinais positivos da economia interna.
- O DÓLAR deve cair, retornando à sua ''trajetória natural'' para fechar o ano abaixo dos R$ 1,70, seguindo a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e o ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA -0,8%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,7%, porem, como já ocorreu diversas vezes este mês, passou a cair no inicio da tarde, mesmo com o desempenho positivo das bolsas de NY, para fechar no menor pata,ar desde SET/10, pressionada principalmente pelas ações da Vale (-0,9%).
- DÓLAR 0,1% à R$ 1,70, abriu ''de lado'', para na máxima atingir R$ 1,71, porem devolveu os ganhos ao longo do pregão e fechou próximo da estabilidade, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, mesmo com a forte elevação do risco-Brasil (7,0%).
- Na ÁSIA, prejudicadas pelos ''temores'' com as dívidas publicas na Europa, JAPÃO -0,1%, CORÉIA -0,4% e CHINA -0,5%, também atentos às movimentações do governo chinês para conter o avanço da inflação no país.
- Na EUROPA, sem uma tendência única, INGLATERRA -0,2%, FRANÇA 0,2% e ALEMANHA 0,1%, com o principal índice regional subindo ajudado por ganhos em ações do setor alimentício após o salto nos papéis da Danisco devido a bons resultados, apesar dos receios sobre a zona do euro terem pesado na confiança do investidor.
- Nos EUA, revertendo uma abertura negativa, S&P 0,6%, DJ 0,4% e NASDAQ 0,8%, ''animadas'' com a divulgação de uma previsão de lucro otimista da FedEx, companhia considerada um termômetro da economia local.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Na ata da sua reunião da semana passada, na qual a Selic foi mantida em 10,75%, o BC avaliou que, para segurar a inflação, as medidas anunciadas há duas semanas para conter o crédito ao consumo podem ser seguidas de um aumento da taxa básica de juros.

Para o BNDES tem mais ''bala na agulha'' para investir no setor produtivo da economia brasileira, ontem o Conselho Monetário Nacional aprovou a autorização para que o referido banco de fomento emita letras financeiras, regulamentando medida anunciada na véspera por Mantega, ministro da Fazenda.

Dando novos sinais positivos da economia interna, (1) em NOV/10 foram criadas 138,247 mil vagas com carteira assinada, com isto o país acumula 2,544 milhões de vagas formais criadas no ano, um recorde histórico para os onze primeiros meses do ano, (2) em OUT/10 as vendas de imóveis novos residenciais na capital paulista registraram aumento de 8,9% ante SET/10 e de 22,8% no confronto com o mesmo mês no ano passado, (3) segundo a Associação Comercial de SP as vendas do Natal de 2010 devem crescer 10% na comparação com 2009, transformando o Natal deste ano no melhor da década para as vendas do varejo e (4) em NOV/10 a demanda das empresas por crédito cresceu 3,3% na comparação com SET/10 e 10,5% na comparação com NOV/09.

Com o objetivo de incentivar suas relações de comércio, investimento e imigração, aproveitando a fase de crescimento sem precedentes na região, os 4 países do Mercosul, que são Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, decidiram unificar suas regras relativas a garantias de investimentos, leis antitruste e políticas automotivas e também se comprometem a eliminar barreiras para os setores de serviços e isenções tarifárias para determinados produtos, o que vinha abalando a coesão da união alfandegária.

Como o brasileiro, cada dia com mais dinheiro no bolso, tem mudado e até ''sofisticado'' seus hábitos de consumo, segundo uma pesquisa do IBGE nos últimos 6 anos os consumidores tupiniquins passaram a comer em casa menos arroz e feijão, cujo consumo no período caiu -41% e -27% respectivamente, e a tomar em casa mais de refrigerante e cerveja, cujo consumo no período cresceu 22% e 40% respectivamente.

Ainda consideradas, por muitos ''especialistas'', produtos de países com pouco desenvolvimento, as commodities, cujos preços tem disparado por conta da demanda provocada pelo apetite dos asiáticos, prometem salvar os resultados da balança comercial brasileira em 2011.

Abaixo da média das ''apostas do mercado'' (0,62%) e do resultado anterior (0,67%), o IPC da FIPE, mostrando que a inflação está voltando ao controle, registrou alta de 0,57% na segunda quadrissemana de DEZ/10.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Provavelmente fazendo FHC ter ''a ultima e maior crise de ciúmes da sua vida'', ontem foi divulgada uma pesquisa que mostra que o governo Lula termina com a aprovação recorde de 80% da população brasileira e que Lula deixará a presidência com uma aprovação pessoal recorde de 87%, contra menos de 30% do seu ''colega tucano'' no final de 2002.

Favorável a liberação dos bingos e também dos cassinos, Sergio Cabral, governador do RJ, afirmou que proibir o jogo é demagogia e hipocrisia e que para manter a ordem na jogatina é só estabelecer regras rígidas e controle, ressaltando que a verba arrecadada poderia beneficiar muita gente e gerar empregos.

Diante do aumento salarial aprovado pelos próprios parlamentares na quarta-feira passada, o custo de cada um dos 81 senadores já ultrapassa R$ 2mi por ano, já o gasto anual de se manter um deputado federal pode chegar até a R$ 1,6mi.

Podendo criar uma grande polemica política em Roraima, ontem um líder indígena reconheceu que, conforme ligações gravadas, negociou por R$ 120 mil, com o procurador-geral de Roraima, Chagas Batista, a venda de votos em favor do governador tucano José de Anchieta Jr., reeleito no segundo turno das eleições por uma diferença de 1.700 votos, a margem mais estreita do país.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Em mais uma daquelas operações que fazem mais barulho do que tem resultados práticos, já que no final da história provavelmente ninguém ficará preso, ontem a Polícia Federal prendeu 3 desembargadores do Tribunal de Justiça do Tocantins acusados de venda de decisões judiciais e participação em uma máfia que frauda precatórios.

Ajudando na sonegação fiscal e privilegiando os picaretas, ontem o Supremo Tribunal de Federal decidiu que o Fisco não pode ter acesso a dados sigilosos de contribuintes sem autorização judicial, inclusive se o investigado for um juiz.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário