R.B. 10/SET/10 ''Bom companheiro''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Bom companheiro"

São Paulo, 10 de setembro de 2010 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, porem ainda com baixo volume de negócios, acompanhando a tendência das demais bolsas mundiais e influenciada positivamente pela provável recuperação das ações da Petrobrás, com os investidores já aumentando sua participação acionária diante da linha de corte do dia 17/SET/10 para o calculo da preferência na capitalização da empresa.
- O DÓLAR pode voltar a cair, para fechar em baixa pelo oitavo pregão consecutivo, ainda influenciado pelo forte fluxo de recursos externos e com o ''mercado'' testando o BC, que ontem ''avisou'' que tomará medidas para conter a valorização do real.

ONTEM
- BOVESPA 0,3%, já abriu em queda e, mesmo com mais um dia de perdas nas ações da Petrobrás (-0,8%), manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, que reagiram positivamente aos indicadores divulgados nos EUA.
- DÓLAR -0,1% à R$ 1,72, abriu em leve alta, para na máxima atingir R$ 1,73, porem logo passou a cair, mesmo com os novos leilões de compra do BC, para fechar no segundo menor patamar do ano, principalmente diante da perspectiva de um forte ingresso de recursos externos.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,8% e CORÉIA 0,3%, seguindo o bom desempenho das bolsas de NY no dia anterior, porem com as exportadoras ainda prejudicadas pela valorização das moedas locais frente ao dólar, já CHINA -1,4%, prejudicada por uma repentina queda nos futuros de commodities que gerou realização de lucros antes de dados econômicos que serão divulgados nos próximos dias.
- Na EUROPA, nos maiores patamares dos últimos 4 meses, INGLATERRA 1,2%, FRANÇA 1,2% e ALEMANHA 0,9%, diante da melhora da confiança após dados econômicos encorajadores nos EUA e valorização dos bancos pela expectativa de que as exigências de Basiléia não serão tão rígidas.
- Nos EUA, em mais um dia de recuperação, S&P 0,5%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,3%, beneficiadas pela divulgação de dados do mercado de trabalho e de comércio melhores que o esperado, que por sua vez ajudaram a alimentar o otimismo sobre a recuperação econômica.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Falando agora em crescimento, e não mais em recuperação, Marcelo de Ávila, economista da Confederação Nacional da Indústria, afirmou que, após um segundo trimestre de acomodação, a atividade industrial voltou a mostrar aquecimento a partir de JUL/10, ressaltando que o desempenho do faturamento real das empresas foi o fator mais importante observado do mês.

Após ''avisar'' que o governo acompanha de perto as pressões pela valorização do real, Mantega, ministro da Fazenda, ''garantiu'' que vai tomar as medidas que forem necessárias para impedir que haja uma valorização excessiva da moeda brasileira durante a capitalização da Petrobrás.

Interessado em estimular a aplicação em títulos de dívida de empresas e ampliar as fontes de recursos de longo prazo para companhias, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que ''estuda com carinho'' a isenção de Imposto de Renda para as debêntures.

Apresentando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) em AGO/10 as vendas de material de construção no varejo crescerem 9,5% na comparação com mesmo período do ano passado e 3,7% na comparação com JUL/10, (2) em JUL/10 o faturamento real da industria teve um avanço de 1,5% ante JUN/10 e de 8,9% ante JUL/09 e (3) em AGO/10 a inadimplência medida pelos registros incluídos no SPC Brasil caiu -2,13% na comparação com JUL/10.

Batendo mais um recorde histórico, do início de JAN/10 até o final de AGO/10 o volume de empréstimos da Caixa Econômica Federal para habitação atingiu R$ 47,6bi, o que representa uma expansão de 87,6% sobre o mesmo período em 2009 e já supera os R$ 47,05bi financiados em todo o ano passado.

Apesar das elevações da Selic, que começou o ano em 8,75% e agora está em 10,75%, em AGO/10 as taxas de juros das operações de crédito registraram sua terceira queda consecutiva e com isto os juros para a pessoa física atingiram o menor patamar da série histórica, iniciada em janeiro de 1995.

Mostrando que a taxa básica de juros pode começar a cair no ano que vem, na ata da reunião da semana passada, quando a Selic foi mantida em 10,75%, o Copom rebaixou suas previsões de inflação para os próximos 2 anos, além de observar um risco menor de que o aumento de preços fique acima da meta fixada pelo governo.

Com o Brasil se destacando cada dia mais naquilo que faz de melhor, segundo o Ministério da Agricultura a safra 2009/2010 apresentou uma produção recorde de 149mi de toneladas de grãos, valor 10,3% superior ao registrado na safra anterior, com destaque positivo para a redução de 0,7% da área plantada na comparação com a safra anterior.

Dando mais um ''forte sinal'' de controle da inflação, o IPCA de AGO/10 ficou em 0,04% e com isto acumula uma alta de 4,49% nos últimos 12 meses, patamar ligeiramente abaixo do centro da meta oficial (4,5%).
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Com ''memória curta'', o mercado financeiro, tanto internacional como interno, já não se lembra do caso do caseiro e quer que, para garantir que as políticas macroeconômicas continuarão as mesmas, Palocci, que é um dos coordenadores da campanha de Dilma, faça parte da equipe de um eventual governo da petista.

Mostrando a utilidade dos partidos nanicos, durante seus segundos na TV Rui Pimenta, candidato à presidente pelo PCO, acusou o PT de quebrar o sigilo da filha de Serra, porem, ressaltando que ''quem não deve não teme'', também afirmou que o tucano deve ter algo a esconder por ficar tão incomodado com o ocorrido.

Sem Dilma ao lado, já que a candidata petista foi à Porto Alegre ver seu neto nascer, ontem Lula fez, durante um comício em Ribeirão Preto, duras críticas aos governos tucanos, que segundo ele não gostam e não têm competência para governar e, mesmo andando ''de nariz em pé'', ficavam todo dia de quatro diante do FMI.

Para mostrar que é um ''bom companheiro'', Aécio, na verdade já ''de olho'' nas eleições presidenciais de 2014, ''prometeu'' que abrirá espaço em seu horário na TV para Serra, candidato tucano à Presidência, a partir da semana que vem, quando a campanha entrará em seus 20 dias finais.

Neste domingo, às 21hrs, será realizado mais um debate entre os presidenciáveis, desta vez na Rede TV e com a participação de Dilma, o que certamente ''esquentará o clima'' e trará muita ''emoção''.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Mostrando como a França continua atrasada e intolerante, Eric Besson, ministro da Imigração da França, declarou ontem em Bucareste que está fora de questão o fim da deportações de ciganos para a Romênia e a Bulgária como pedido por uma resolução aprovada mais cedo no Parlamento Europeu.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário