R.B. 24/AGO/10 ''Temendo e prevendo''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Temendo e prevendo"

São Paulo, 24 de agosto de 2010 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em queda, novamente ''testando o suporte'' dos 65.000pts, seguindo as perdas das demais bolsas mundiais, porem deve-se ressaltar que o patamar é muito atraente para compras, diante da manutenção das boas perspectivas para a economia brasileira.
- O DÓLAR pode voltar a subir, pressionado pelos mesmos motivos que devem levar a queda da Bovespa, porem também deve-se ressaltar que a tendência permanece de queda, diante da manutenção do fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA -1,0%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,7%, porem, com baixo volume de negócios (R$ 4,1bi), passou a cair ainda na parte da manhã, seguindo a piora do ''humor'' nas bolsas de NY e pressionada principalmente pelas perdas nas ações da Vale (-2,4%), diante dos sinais de desaceleração na China.
- DÓLAR 0,4% à R$ 1,77, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,75, porem passou a subir ainda na parte da manhã, seguindo a priora do ''humor'' na Bovespa e pressionado pelos leilões de compra do BC.
- Na ÁSIA, ainda sem ''forças'' para tentar uma recuperação, JAPÃO -0,7%, no nível mais baixo do ano, depois que o primeiro-ministro japonês e o presidente do BC local mostraram poucos progressos no enfrentamento da fraqueza econômica, assunto sobre o qual trataram em uma reunião ansiosamente aguardada, CHINA -0,4%, pressionada por papéis do setor imobiliário, após Pequim reiterar a necessidade de conter a especulação dos preços dos imóveis e CORÉIA -0,4%, com os investidores preocupados com a desaceleração do crescimento da economia global.
- Na EUROPA, tentando recuperar perdas recentes e seguindo a abertura positiva das bolsas de NY, INGLATERRA 0,8%, FRANÇA 0,8% e ALEMANHA 0,1%, com destaques de alta para as mineradoras, já que os investidores esperam que as eleições na Austrália, realizadas no sábado, resultem num parlamento sem clara maioria, o que, acreditam, poderá encerrar o plano de adoção de um imposto extra para o setor minerador, e para os bancos, impulsionados por um acordo envolvendo o HSBC e o Old Mutual.
- Nos EUA, revertendo uma abertura positiva, em uma das sessões com o menor volume do ano, S&P -0,4%, DJ -0,4% e NASDAQ -0,9%, com investidores buscando refúgio em ações defensivas depois que notícias sobre fusões e aquisições não conseguiram aliviar preocupações com a recuperação econômica.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Defendendo a atuação do BNDES, Lula afirmou que as críticas de favorecimento ao crédito para grandes empresas é descabida, já que segundo ele elas omitem deliberadamente o benefício econômico que esses investimentos dão ao país, como aumento de emprego e arrecadação de impostos, ressaltando que o menosprezo entre a política publica de incentivo e o setor privado levou o Brasil, por exemplo, ao apagão no início dos anos 2000.

Aumentando a lista do ''fã clube do Brasil'', o jornalista Tyler Brûlé, uma influente personalidade no mundo do luxo, fez ontem em sua coluna do prestigiado no jornal britânico Financial Times uma inspirada defesa da chamada marca Brasil, que segundo ele é a mais atraente entre os Brics.

Dando 5 novos sinais positivos da economia interna, (1) o faturamento do setor eletroeletrônico cresceu 18% no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2009, (2) no segundo trimestre deste ano o lucro somado de 321 empresas brasileiras de capital aberto cresceu 35% na comparação com o mesmo período de 2009, (3) em JUL/10 o consumo total de energia elétrica no país foi 8,4% maior que em JUL/09, (4) nos 7 primeiros meses deste ano as despesas dos brasileiros que viajam para o exterior ou fazem compras pela internet em sites estrangeiros cresceram cerca de 60% em relação ao mesmo período de 2009 e (5) em JUL/10 o volume de financiamentos do Banco Mercedes-Benz foi 33% maior que em JUL/09.

Como fruto da falta de mão de obra qualificada e do bom momento da economia brasileira, no primeiro semestre deste ano o número de estrangeiros empregados no Brasil cresceu 18,85% na comparação com o mesmo período de 2009

Diante dos recentes sinais de controle da inflação, o ''mercado'' reduziu, desta vez de 5,19% para 5,10%, suas ''apostas'' para o IPCA deste ano, porem também elevou, de 7,09% para 7,10%, suas perspectivas para a evolução do PIB este ano.

''Temendo e prevendo'' um crescimento de até 40% nas importações brasileiras de eletrônicos e uma manutenção do patamar das exportações este ano, a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica entregou ao governo na semana passada uma série de reivindicações para compensar o problema, como o aumento para 35% da alíquota do Imposto de Importação sobre cerca de 100 produtos dos setores de Geração e Transmissão de Energia e de Equipamentos Industriais.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Ontem, antes tarde do que nunca, por 4 votos a 2, os juízes do Tribunal Regional Eleitoral de SP decidiram enquadrar Maluf na Lei da Ficha Limpa e vetar sua candidatura à reeleição como deputado Federal, porem obviamente o ''nobre parlamentar'' ''avisou'' que vai recorrer.

Acreditando, cada dia mais, que pode atrair os votos anti-PT que Serra vai deixar escapar, Marina afirmou que, ao mesmo tempo que tem candidato cantando vitória antes do tempo, tem candidato entregando os pontos antes do tempo, ressaltando que em 40 dias muita coisa pode acontecer.

Dilma não participou de um debate promovido ontem por uma emissora de TV católica, o que causou a ''ira'' de Plínio, candidato do Psol, que, aplaudido até pela mulher de Serra, afirmou que tinha uma mulher que tinha muito que estar aqui porque todos aqui sabem quem é o Serra, quem é a Marina e quem sou eu, mas ninguém sabe quem é esta senhora que foi inventada pelo Lula.

Confirmando que ninguém gosta de estar do lado do perdedor, enquanto a campanha de Dilma, sem contar a arrecadação direta, já recebeu R$ 75,1mi em doações aos partidos de sua chapa, a coligação de Serra recebeu pouco mais de um quarto desse valor, R$ 19,4mi, já Marina obteve apenas R$ 7,4mi.

Como muito medo de escorregar em uma ''casca de banana'', a ordem na coordenação da campanha de Dilma é intensificar o bombardeio de imagens dela com o presidente Lula nos programas de TV e em agendas de rua, até o dia da eleição.

Cada dia mais preocupado com a queda de Serra nas pesquisas de opinião, o comando do PSDB já discute ajustes na campanha nacional e, na estratégia de sobrevivência da oposição em caso de derrota na corrida presidencial, apostará suas fichas na eleição de governadores de 4 Estados: SP, PR, MG e GO.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Apesar dos alertas dos ''eco-chatos'' do Greenpeace, que temem uma ação de terroristas, a Rússia estuda a construção da primeira usina nuclear flutuante do mundo para solucionar seus problemas de provisão de energia e também economizar carvão e petróleo.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário