R.B. 12/AGO/10 ''Ajudando a atrapalhar''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Ajudando a atrapalhar"

São Paulo, 12 de agosto de 2010 (QUINTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após 4 pregões consecutivos de queda, acompanhando a ligeira melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, porem deve-se ressaltar que, apesar de ainda ser positiva a tendência de longo prazo, no curto prazo as instabilidade pode permanecer.
- O DÓLAR pode cair, também em um ''ajuste técnico'' após as altas recentes, acompanhando a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e seguindo o ainda crescente e constante fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA -2,1%, já abriu em queda e, acompanhando o ''humo negativo'' das demais bolsas mundiais, principalmente das de NY, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar o dia com a maior baixa percentual das ultimas 6 semanas, principalmente diante do pessimismo dos investidores sobre a recuperação da economia norte-americana e os temores sobre uma possível desaceleração na China.
- DÓLAR 0,7% à R$ 1,77, já abriu em alta e, acompanhando o ''humor negativo'' na Bovespa, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, também pressionado pelos leilões de compra do BC e pela queda do euro no mercado internacional.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -2,7%, prejudicada pela divulgação de um indicador fraco sobre as encomendas de maquinário, combinado a uma nova alta da moeda local (o iene) sobre o dólar, que por sua vez causou forte baixa em ações sensíveis ao câmbio, CHINA 0,5%, sustentada pelo forte resultado do segmento imobiliário, que se contrapôs às preocupações sobre a economia, após a divulgação de fracos números sobre a produção industrial em JUL/10 e CORÉIA -1,3%, em um movimento de realização de lucros em ações de tecnologia, como a Samsung Electronics (-1,8%).
- Na EUROPA, também influenciadas negativamente pelos receios de desaceleração Global, INGLATERRA -2,4%, FRANÇA -2,7% e ALEMANHA -2,0%, com destaques de queda para ações dos setores financeiro e de mineração, após a divulgação de indicadores negativos da China e de previsões mais fracas vindas do BC da Inglaterra.
- Nos EUA, voltando a seus níveis de fim de JUL/10 e zerando os ganhos acumulados no ano, S&P -2,8%, DJ -2,5% e NASDAQ -3,0%, diante do aumento dos temores sobre a economia, depois que o Fed (''BC'' local) constatou desaceleração na atividade e que o mercado ''percebeu'' que o que falta não é liquidez, mas confiança dos empresários e dos consumidores.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

''Ajudando a atrapalhar'' a capitalização da Petrobrás, já que mostra que o pré-sal tem chance de ir aos tribunais, ontem a Procuradoria da República do DF abriu procedimento para averiguar se a venda de 5 bilhões de barris de petróleo da União à Petrobras vai trazer prejuízos se o preço estimado ficar entre US$ 5 a US$ 7 o barril.

Mesmo com a recente elevação da Selic, diante do bom momento que passa a economia brasileira, da redução dos índices de inadimplência e da maior competição no sistema financeiro, em JUL/10 as taxas de operações de crédito registraram queda em 5 das 6 linhas para pessoa física pesquisadas, mantendo-se inalterada somente no segmento de cartão de crédito rotativo.

Dando novos sinais positivos da economia interna, (1) em JUN/10 as vendas do comércio cresceram 1%, na comparação com MAI/10 e 11,3% na comparação com JUN/09 e (2) em JUL/10 foram criados 12.500 empregos no setor industrial, o que representa a maior variação para o mês desde o início da série, em 2005, uma alta de 0,4% em relação a JUN/10 e um aumento de 4,51% na comparação com JUL/09.

Apesar de o volume dos financiamentos imobiliários ainda representarem apenas 4% do PIB brasileiro, (1) o percentual de financiamento dos imóveis vem crescendo nos últimos anos no país, atingindo no primeiro semestre deste ano uma média de 61,9% do valor total da moradia,contra 61,1% em 2009 e 58,6% em 2008 e (2) as operações de crédito imobiliário com recursos da poupança atingiram R$ 23,8bi no primeiro semestre deste ano, registrando o melhor resultado para esse período da série histórica, iniciada em 1967, e superando em 77% o montante contabilizado no mesmo período no ano passado.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

''Batendo para não apanhar'', Serra, durante sua entrevista no JN, (1) alfinetou Dilma ao afirmar que o presidente não pode governar na ''garupa'' de outra pessoa, (2) evitou comparações com FHC ao ressaltar que as pessoas estão preocupadas com o futuro e (3) voltou a lembrar sua ''origem modesta''.

Hoje, a partir das 22h, a Band realizará debates entre os candidatos a governador de 14 estados, até o início da próxima semana será conhecido também o resultado de novas pesquisas de intenção de voto e o próximo debate entre os presidenciáveis será em 24/AGO/10, na MTV, porem Dilma ainda não confirmou sua presença.

Respondendo a Hélio Costa, o peemedebista que disputa o governo de MG, que afirmou que Aécio poderia ser o candidato de Lula caso fosse para o PMDB, o ex-governador de MG e agora candidato ao Senado afirmou que sempre repudiou com veemência o oportunismo político como meio de ascensão política.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Mostrando que Chavez, o ditador da Venezuela, se esforça cada dia mais para arruinar seu país, agora a Assembléia Nacional venezuelana prepara uma reforma da lei do sistema bancário, proposta pelo Executivo, que proíbe donos e diretores de meios de comunicação de ter participação acionária em instituições financeiras do país.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário