R.B. 22/JUN/10 ''Também certamente não é uma tarefa fácil''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Também certamente não é uma tarefa fácil"

São Paulo, 22 de junho de 2010 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve cair, acompanhando a realização de lucros das demais bolsas mundiais, porem deve-se ressaltar que, diante das boas perspectivas para a economia brasileira, a tendência ainda é de alta e o patamar é interessante para investimentos de longo prazo .
- O DÓLAR pode subir, influenciado pela provável piora do ''humor'' na Bovespa nas demais bolsas mundiais, porem deve-se ressaltar que a tendência ainda é de queda, inclusive no curto prazo diante da expectativa de fluxo positivo com a oferta de ações do Banco do Brasil a capitalização da Petrobrás.

ONTEM
- BOVESPA 0,6%, já abriu em alta, para na máxima avançar 1,7% e, apesar de perder ''forças'' no final do pregão, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo dia, com as exportadoras brasileiras, principalmente a Vale (2,9%), ''comemorando'' o anuncio do aumento da flexibilização do regime de câmbio na China.
- DÓLAR 0,1% à R$ 1,77, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,75, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, porem recuperou as perdas no final do pregão, para fechar na máxima do dia.
- Na ÁSIA, ''animadas'' com os sinais de que a China irá flexibilizar sua política cambial, JAPÃO 2,4%, na máxima em 1 mês, em um rali generalizado que foi liderado pelas ações de siderúrgicas, fabricantes de maquinários e empresas ligadas a commodities, CHINA 2,9%, impulsionada por um forte aumento da demanda por blue chips, principalmente do segmento imobiliário e CORÉIA 1,6%, no maior patamar desde 30/ABR/10, com destaques de alta para as siderúrgicas Posco (5,9%) e Hyundai Steel (6,8%).
- Na EUROPA, em mais um dia de recuperação, INGLATERRA 0,9%, FRANÇA 1,3% e ALEMANHA 1,2%, desta vez puxadas por ganhos nos papéis de empresas ligadas ao setor de matérias-primas após a China anunciar que flexibilizará seu regime de câmbio.
- Nos EUA, revertendo uma abertura positiva, S&P -0,4%, DJ -0,1% e NASDAQ -0,9%, diante das dúvidas dos investidores sobre a colocação em prática por parte da China da promessa de flexibilizar a cotação da sua moeda (o yuan).
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Após afirmar que a decisão do governo chinês de permitir a flexibilização do yuan vai promover o equilíbrio global, Meirelles, presidente do BC, ressaltou que a medida pode beneficiar as exportações brasileiras, porem ''alertou'' que para isto é fundamental a manutenção da estabilidade econômica e o aumento da competitividade das empresas nacionais, via implementação da reforma tributária e redução dos custos de logística e de produção.

Elogiando, só que desta vez indiretamente, a política econômica brasileira, o FMI afirmou ontem que os países emergentes que adotaram taxas de câmbio flexíveis resistiram melhor à crise econômica mundial.

Mostrando uma enorme contradição, que é facilmente explicada quando se trata de um candidato em queda nas pesquisas de intenção de voto, Serra, pouco mais de 1 mês depois de afirmar que o BC não é a "Santa Sé", afirmou ontem que é favorável à autonomia operacional da instituição.

Em MAI/10 a economia brasileira criou 298.041 postos de trabalho com carteira assinada, o que representa um novo recorde para o mês e, mostrando que Lula cumpriu sua principal promessa de campanha, no final deste ano, quando seus 8 anos de mandato acabarem, as projeções apontam para 15 milhões de empregos gerados no período.

Dando um sinal muito positivo da economia interna, em MAI/10, mesmo com o aumento da taxa básica de juros, a inadimplência com cheques foi de 1,86%, o que representa o menor percentual para o quinto mês do ano desde 2004.

Apesar de manter em 5,61% suas ''apostas'' para o IPCA de 2010, patamar ainda bem acima do centro da meta (5,4%), o ''mercado'' elevou, de 6,99% para 7,06%, suas projeções para o PIB do Brasil este ano.

Principalmente influenciada pelo crescimento das importações, até o final da semana passada a balança comercial brasileira acumulava um superávit de US$ 7,4bi, resultado -40,3% menor no mesmo período de 2009.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Certamente já ultrapassado por Dilma nas próximas pesquisas que virão por aí, Serra, insistindo na questão do dossiê, quer agora que a petista se desculpe por algo que ela ''garante e prova'' que não sabe e que não viu, esquecendo-se que para tirar o PT do poder, na posição de oposição, tem que mostrar para o eleitor o que ele pode fazer melhor do que Lula está fazendo, o que ''também certamente não é uma tarefa fácil''.

Como durante o período de festas juninas é feriado no nordeste, inclusive e principalmente para os ''nobres parlamentares'', apesar dos esforços do governo, a votação do modelo de partilha na produção do pré-sal e a criação de um fundo social irá ocorrer somente na semana que vem na Câmara.

Ressaltando que 70% das aplicações governamentais no setor são feitas por estados e municípios, Serra criticou, durante um encontro com líderes rurais em Uberaba, o baixo nível e a precariedade dos investimentos do governo Lula em infraestrutura.

Com o objetivo de não prejudicar a reeleição do irmão, o governador Cid Gomes, do PSB do Ceará, Ciro Gomes, atendendo a um pedido de Dilma, deverá se encontrar com ela, em breve, e fazer uma declaração de voto protocolar na petista.

Sem o mínimo de compromisso com a ética, assim como o PT que apóia os Sarney no Maranhão, o PSDB, no Distrito Federal, vai apoiar a candidatura do ex-governador Joaquim Roriz, do PSC, que renunciou ao Senado em 2007 por causa de investigação sobre desvios ocorridos no Banco Regional de Brasília.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Com Maluf fora da lista, o que obviamente é a maior piada da história eleitoral brasileira, ontem o Tribunal de Contas da União divulgou uma lista com os nomes de 4.922 gestores públicos que estão impedidos de disputar as eleições de OUT/10.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário