R.B. 12/MAI/10 ''Não quer largar sua boquinha''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Não quer largar sua boquinha"

São Paulo, 12 de maio de 2010 (SEGUNDA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, dando seqüência a recuperação iniciada na segunda-feira, influenciada pelos bons resultados corporativos, tanto aqui no Brasil como lá nos EUA, e pelos sinais, ainda tímidos, de recuperação da economia européia.
- O DÓLAR pode cair, retomando sua ''trajetória natural'' após o ''ajuste técnico'' de ontem, ainda e principalmente diante da grande atratividade para ''investimentos'' no elevado patamar da taxa real de juros da economia brasileira (cerca de 4,5%).

ONTEM
- BOVESPA -1,6%, já abriu em queda e, apesar de chegar a recuperar-se ao logo do dia e na máxima avançar 0,4%, voltou a cair na parte final do pregão, ''calibrando o entusiasmo'' com o bilionário pacote europeu divulgado no dia anterior, em meio a queda das commodities e às dúvidas e incertezas do investidor sobre as dimensões e o "timing" desse plano para evitar um agravamento da crise na zona do euro.
- DÓLAR 0,3% à R$ 1,78, abriu em alta e, apesar de na mínima ter atingido R$ 1,77, fechou em território positivo pressionado pelos leilões de compra do BC e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.
- Na ÁSIA, como as preocupações com a inflação na China se sobrepuseram à euforia causada pelos fortes ganhos nas bolsas estrangeiras durante a segunda-feira, JAPÃO -1,1%, com destaques de queda para os papéis da Mizuho Financial Group (-4,7%), após a notícia de que a instituição pode lançar uma grande e dilutiva oferta de ações, CHINA -1,9%, no menor patamar em quase 1 ano, com destaques negativos para ações de empresas do setor financeiro, como China Minsheng Banking (-2,4%) e China Merchants Bank (-1,9%) e CORÉIA -0,4%, em um movimento de realização de lucros principalmente nos papéis do setor de tecnologia, como Samsung (-1,5%) e Hynix Semiconductor (-1,1%).
- Na EUROPA, sem uma tendência única, INGLATERRA -1,0%, FRANÇA -0,7% e ALEMANHA 0,3%, divididas entre uma pequena realização dos lucros do pregão anterior, as notícias de que a formação de uma coalizão de governo no Reino Unido estaria próxima de se concluir e o resultado financeiro melhor que o esperado da Deutsche Post.
- Nos EUA, após um pregão marcado pela volatilidade, S&P -0,3%, DJ -0,3% e NASDAQ 0,1%, em meio a temores de que o pacote de resgate europeu de US$ 1tri não resolverá antigos problemas, o que enfraqueceu o poder do cenário otimista.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Confirmando mais uma vez a solidez da economia brasileira, impulsionadas pelas compras de dólares realizadas pelo BC, ontem as reservas internacionais do Brasil atingiram o novo patamar recorde de US$ 250bi, valor quase 25% superior ao registrado há um ano.

Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) o nível de emprego no setor industrial teve um aumento de 0,7% em MAR/10 ante FEV/10, (2) em ABR/10 a demanda por transporte aéreo doméstico cresceu 23,48% na comparação com ABR/09, (3) as vendas de materiais de construção que tiveram o IPI reduzido aumentaram 20% nos últimos 12 meses, (4) os trabalhadores de empresas de construção e mobiliário conseguiram reajustes salariais acima da inflação em 94% das 68 negociações coletivas realizadas no ano passado e (5) em ABR/10 a inadimplência no comércio varejista caiu -7,87% na comparação com MAR/10 e -3,93% na comparação com ABR/09.

Como reflexo da recente elevação da Selic pelo Copom e dos sinais de que a taxa básica de juros seguirá em alta, as taxas de juros nas operações de crédito voltaram a subir, de uma média de 6,77% em MAR/10 para 6,82% em ABR/10 para os consumidores e de 3,59% para 3,65% na mesma base de comparação para as empresas.

- A Positivo subiu 2,6% e, após o fechamento do pregão, anunciou que no primeiro trimestre deste ano seu lucro liquido foi 344,5% maior que no mesmo período de 2009.
- A CPFL Energia caiu -1,2%, porem após o fechamento do pregão anunciou que no primeiro trimestre de 2010 seu lucro líquido foi 38% maior que 1 ano antes.
- A América Latina Logística caiu -1,2%, mesmo após ter anunciado que reverteu resultado negativo de um ano antes e encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido de R$ 17,5mi.
- A BM&FBovespa caiu -5,7%, mesmo após anunciar que seu lucro líquido no primeiro trimestre deste ano foi 24,5% maior que no mesmo período de 2009.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Sem atender aos apelos do governo, a base aliada no Senado já cogita derrubar o pedido de urgência para os projetos do marco regulatório do pré-sal e a fixação de um calendário fechado para as votações, aprovado por todos, como reivindica a oposição, que inclusive afirma que só vota estes projetos com a votação dos royalties junto.

Como ''não quer largar sua boquinha'', mas também não quer atrapalhar ainda mais a campanha do papai, que tentará sua reeleição no Senado, Romeu Tuma Jr., secretário nacional de Justiça, afirmou que pedirá alguns dias de férias para preparar a defesa das denúncias que apontam sua ligação com o chinês Li Kwok Kwen, o Paulo Li, preso em SET/09, acusado de contrabandear equipamentos eletrônicos de seu país.

Apesar do TSE afirmar que a regra só pode valer para as próximas eleições, PT e PSDB ''garantiram'' que não darão legenda a candidatos que tenham "ficha suja", que são os políticos condenados por decisão colegiada da Justiça (por mais de um juiz).
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Com a complacência da imprensa nacional e internacional, que ao que tudo indica tem medo de acusar a gigante British Petroleum de incompetência, diariamente desde 20/ABR/10 800 mil litros de petróleo continuam vazando de uma plataforma da empresa e contaminando o Golfo do México.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário