R.B. 11/MAI/10 ''Ver para crer''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Ver para crer"

São Paulo, 11 de maio de 2010 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA pode cair, acompanhando a realização de lucros das demais bolsas mundiais, porem deve-se ressaltar que a tendência ainda é de alta e que o patamar é atraente para investimentos de longo prazo, principalmente diante das boas perspectivas para a economia brasileira e dos bons resultados corporativos das empresas locais.
- O DÓLAR deve seguir em queda, dando seqüência à sua ''trajetória natural'' principalmente diante da grande atratividade para ''investimentos'' no elevado patamar da taxa real de juros da economia brasileira (cerca de 4,5%).

ONTEM
- BOVESPA 4,1%, já abriu em alta e, com um volume de negócios (R$ 6,5bi) abaixo da média (R$ 7,1bi), manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, acompanhando a substancial melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais após o anuncio do pacote europeu para defender o euro e evitar uma crise ainda maior no velho continente.
- DÓLAR -4,0% à R$ 1,78, já abriu em queda e, acompanhando a tendência internacional da moeda norte-americana, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar o dia com a queda mais acentuada em 17 meses, também influenciado pelo forte recuo do risco-Brasil (-12,1%).
- Na ÁSIA, como as primeiras beneficiadas pela notícia de que a União Européia e o FMI chegaram a um acordo sobre um enorme plano para garantir a estabilidade da zona do euro, JAPÃO 1,6%, também impulsionada pelos bons resultados divulgados pela JX Holdings e pela Toyota, CHINA 1,3%, sustentada pelos caçadores de barganhas no segmento imobiliário e CORÉIA 1,8%, recuperando grande parte das perdas da sexta-feira, com destaques de alta para empresas dos setores financeiro e de tecnologia.
- Na EUROPA, registrando as maiores altas diárias em 17 meses, INGLATERRA 5,2%, FRANÇA 9,7% e ALEMANHA 5,3%, com destaques de alta para as ações de bancos, como BNP Paribas (20,9%), Credit Agricole (18,7%) e Santander (21,8%), diante do otimismo que se espalhou pelo mercado com a aprovação, durante o fim de semana, de um pacote de 750bi de euros para conter uma crise iniciada na Grécia e que ameaça se repetir em outras nações da periferia da zona do euro.
- Nos EUA, após 4 pregões consecutivos de queda, S&P 4,4%, DJ 3,9% e NASDAQ 4,8%, ''aliviadas'' pelas medidas estipuladas pela União Européia e pelo FMI para fornecer liquidez aos países europeus e impulsionada por bons resultados corporativos de empresas locais.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Dizendo algo que o mercado quer, e muito, ''ver para crer'', Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que, para evitar a alta da inflação e novos aumentos da Selic, o governo estuda a possibilidade de cortar gastos de custeio dos ministério, ressaltando que esta medida será tomada caso fique claro que o Brasil crescerá a um ritmo mais forte do que o desejado este ano.

Ao comentar a preocupação de que a crise da Grécia cause um eventual fuga de capitais do país, com os investidores migrando para mercados considerados mais seguros, Paulo Bernardo, ministro do Planejamento, ''avisou'' que quem retirar recursos da economia brasileira vai perder dinheiro, ressaltando que o Brasil é um dos países que terá um dos melhores índices de crescimento neste ano.

Podendo reduzir os ''temores'' do BC de inflação de demanda, segundo Luciano Coutinho, presidente do BNDES, entre 2011 e 2014 o setor industrial brasileiro planeja investimentos de R$ 850bi, o que significa que se todos os projetos mapeados forem realizados, os investimentos na economia brasileira crescerão a uma taxa média de 10% ao ano no período.

Reforçando a solidez do sistema financeiro brasileiro, segundo o Relatório de Estabilidade Financeira do segundo semestre de 2009, divulgado ontem pelo BC, (1) o índice que mede a capacidade do sistema bancário de continuar emprestando está acima do mínimo exigido, (2) os testes de estresse demonstraram que o sistema bancário detém nível adequado de capital, (3) a rentabilidade das instituições melhorou em termos de "quantidade e qualidade" e (4) há indicativos de que esse desempenho deverá se repetir nos próximos exercícios.

Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) na comparação entre o Dia das Mães desde ano e do ano passado o comércio de SP vendeu 12,4% mais na modalidade à prazo e 8,2% mais na modalidade à vista, (2) em FEV/10 as vendas de imóveis usados em SP cresceram 49,45% e o número de unidades residenciais alugadas foi 42,05% maior, ambos na comparação com JAN/10 e (3) em MAR/10 o saldo do crédito das carteiras de leasing e CDC para a compra financiada de automóveis e comerciais leves ficou 12,4% maior que no mesmo mês em 2009.

Pressionando o Copom a seguir elevando a Selic nas próximas reuniões, o mercado aumentou pela 16ª semana consecutiva, desta vez de 5,42% para 5,50%, suas ''apostas'' para o IPCA de 2010, se afastando cada vez mais do centro da meta do BC (4,50%).

- O Pão de Açúcar subiu 3,1% e, após o fechamento do pregão, anunciou que no primeiro trimestre deste ano seu lucro líquido foi 33% maior que no mesmo período de 2009.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Com a Copa do Mundo de futebol e principalmente as eleições presidenciais se aproximando, os ''nobres parlamentares'' já não tem tanta ''boa vontade'' de irem à Brasília, com isto senadores da própria base aliada já consideram que não haverá alternativa ao governo senão acertar um calendário com a oposição para votar os projetos de lei do pré-sal até o fim de JUN/10.

Mostrando que não será irresponsável em ano de eleições e mesmo com sua candidata atrás nas pesquisas, o governo Lula voltou a sinalizar que vai vetar a irresponsável proposta que concede 7,7% de reajuste para as aposentadorias que são remuneradas acima do salário mínimo, aprovada pela Câmara dos Deputados na semana passada.

Confirmando que gosta de mandar e que se considera um gênio, Serra afirmou que a taxa de juros no país deveria ter sido reduzida no passado e, apesar de defender a autonomia do BC, destacou que a autoridade monetária não é a Santa Sé e ressaltou que se houver "erros calamitosos" o presidente deve interferir e opinar.

Como também deve ter seu ''rabo preso'', Luiz Flávio Borges D'Urso, presidente da OAB-SP, divulgou nota para dizer que defende a permanência do secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, no cargo.

Agora comandado pelo ministro Ricardo Lewandowski, o Tribunal Superior Eleitoral tomou duas decisões nas últimas semanas que limitam a ação do Ministério Público contra doações ilegais na campanha e que, segundo os procuradores eleitorais, abrem espaço para impunidade.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Aumentando a ''munição'' de Serra, que em 2002 era tratado por Lula como o ''ministro da dengue'', segundo registros do Ministério da Saúde do dia 1º/JAN/10 até 3/ABR/10 foram registrados 447.769 casos de dengue em todo o país, número que representa um incremento de 79,85% em relação ao mesmo período de 2009.

Dando um ótimo exemplo e mostrando que juntos, e sem o PMDB para atrapalhar, fariam um Brasil muito melhor, os presidentes do PT, José Eduardo Dutra, e do PSDB, senador Sérgio Guerra, garantiram que os 2 partidos não permitirão candidatos com ficha suja nas eleições deste ano, independentemente da aprovação pelo Congresso do projeto Ficha Limpa, que regula o assunto.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário