R.B. 28/ABR/10 ''Desvirtuando os valores morais''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Desvirtuando os valores morais"

São Paulo, 28 de abril de 2010 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, recuperando parte das fortes perdas após o pregão de ontem, que aliás fechou com a pior queda percentual desde 4/FEV/10, com os investidores voltando suas atenções um pouco mais para fatores internos, como as boas perspectivas para a economia brasileira e os resultados animadores apresentados pelas empresas nacionais.
- O DÓLAR pode cair, devolvendo parte da forte alta acumulada no pregão anterior, influenciado pela provável melhora do ''humor'' na Bovespa e pelas ''apostas'' de elevação da Selic na reunião do Copom que termina hoje.

ONTEM
- BOVESPA -3,4%, já abriu em queda e, pressionada pelo aumento dos problemas externos, principalmente na Grécia e em Portugal, e com bom volume de negócios (R$ 8,6bi), foi intensificando a trajetória negativa ao longo de todo pregão, para fechar no menor patamar desde 25/FEV/10.
- DÓLAR 1,1% à R$ 1,76, já abriu em alta e, seguindo o ''humor negativo'' das demais bolsas mundiais, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, também pressionado pela elevação do risco-Brasil (9,1%), apesar das ''apostas'' de elevação da Selic.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,4%, beneficiada por fortes resultados e previsões divulgados pela fabricante de maquinário para automação industrial Fanuc, CHINA -2,1%, no menor nível em 7 meses, diante das preocupações de que as recentes medidas para esfriar o mercado imobiliário possam afetar outros setores da economia e CORÉIA -0,2%, realizando lucros recentes, com destaques de queda para Hynix Semiconductor (-3,5%) e Hyundai Motor (-1,1%).
- Na EUROPA, diante do aumento das dificuldades para a reestruturação da dívida grega e do rebaixamento das ''notas'' de Portugal e da Grécia pela agência de classificação de risco Standard & Poor's, INGLATERRA -2,6%, FRANÇA -3,8% e ALEMANHA -2,7%, com destaques de queda para as ações de bancos e de empresas produtoras de commodities, como Banco Nacional da Grécia (-10,1%), Banco Comercial Português (-7,6%), Rio Tinto (-5,2%) e a petrolífera BP (-2,7%).
- Nos EUA, intensificando as perdas ao longo do pregão, para fecharem com o pior resultado em mais de 3 meses, S&P -2,3%, DJ -1,9% e NASDAQ -2,0%, pressionadas pelo aumento dos temores sobre a estabilidade econômica da zona do euro e com queda generalizada em todos os setores sensíveis à economia, como os de matérias-primas, energia, financeiro e de consumo.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Hoje, após o fechamento do pregão, termina a reunião do Copom e, pressionada pelo ''mercado financeiro'' e certamente causando criticas do setor produtivo da economia, a autoridade monetária pode elevar a taxa básica de juros dos atuais 8,75% para até 9,75%.

Como que se antecipando às criticas que provavelmente receberá, ontem, 1 dia antes do final da reunião do Copom, Meirelles, presidente do BC, afirmou a autoridade monetária brasileira "não precisa provar mais nada a ninguém", ressaltando que ela (1) tem sido vista como o modelo de regulação internacional, (2) trabalha há mais de 7 anos sob "critérios técnicos e dentro da autonomia operacional concedida pelo presidente da República e (3) atualmente administra sucessos e continua focada no regime de metas de inflação.

Confirmando mais uma vez a recuperação da economia brasileira, segundo a Fiesp a atividade da indústria de transformação paulista deve retomar, já no mês de ABR/10, os níveis de produção do período pré-crise, porem sem provocar pressão nos preços, já que não há nenhum indicativo de que esteja faltando produtos.

''Nadando de braçadas'' e ansiosos por mais uma ''forcinha'' do BC, que hoje deve elevar a Selic, os bancos e as financeiras brasileiras, usando o argumento de vendas do Dia das Mães, estão agora oferecendo empréstimo pessoal pré-aprovado a seus clientes com prazos que chegam a até 48 meses, mesmo sem a garantia real do bem.

Com a ''moral'' de quem é acusado de fechar negócios duvidosos contra seus clientes, o banco norte-americano Goldman Sachs elevou, de "neutra" para "atrativa", sua recomendação do setor brasileiro de construção civil.

- Diante da percepção de melhora no cenário econômico, principalmente do mercado de trabalho, em ABR/10 a confiança do consumidor brasileiro atingiu o maior nível desde MAI/08.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Ciente da urgência da questão, Lula decidiu que vai agir pessoalmente para tentar mobilizar a base aliada em torno da aprovação dos projetos do marco regulatório do petróleo do pré-sal no Senado, e para isto já marcou um jantar com os 18 senadores do PMDB.

Enrolando, para ver se a questão fica para depois das eleições, quando deve ser devidamente engavetada, o deputado petista José Eduardo Cardozo apresenta hoje, na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, mais um texto alternativo ao projeto de iniciativa popular que veda a candidatura de políticos com condenações na Justiça, conhecido como Ficha Limpa.

Acreditando que Ciro Gomes é uma marionete, a cúpula de seu partido, o PSB, ''garantiu'' que, apesar dos flertes de Marina Silva, ele apoiará ''com entusiasmo'' e ''aconselhado'' por Lula a candidatura da petista Dilma.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Enquanto o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, ''mete o bedelho aonde não deveria'' e negociava com o presidente Mahmoud Ahmadinejad, em Teerã, uma solução pacífica para o impasse que envolve o polêmico programa nuclear iraniano, EUA e França realizavam esforços distintos, mas afinados, no sentido de ampliar as sanções contra a República Islâmica.

''Desvirtuando os valores morais'' da sociedade, ontem a quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, manteve o registro de adoção de 2 crianças por um casal de mulheres na cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
-------------------------------------------------------------------------------

Um comentário:

  1. Nossa Alfredo...que preconceito...log voce que sempre defendeu as minorias...o que aconteceu?

    ResponderExcluir