R.B. 26/MAR/10 ''O papa também peca''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"O papa também peca"

São Paulo, 26 de março de 2010 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, recuperando a baixa acumulada no ano (-0,2%) e acompanhando a provável valorização das demais bolsas mundiais para retornar à sua trajetória de alta também beneficiada pelos bons resultados corporativos de empresas brasileiras.
- O DÓLAR pode cair, devolvendo parte da forte alta acumulada nos 2 últimos pregões, seguindo a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e, diante das boas perspectivas para a economia brasileira, o fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA -0,7%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,9%, porem, com baixo volume de negócios (R$ 4,9bi), passou a cair na ultima hora do pregão, para fechar no menor patamar desde 4/MAR/10, sem ''boas novas'', internas ou externas, que animassem novos investimentos.
- DÓLAR 0,5% à R$ 1,81, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,90, porem passou a subir na parte da tarde, para fechar no maior patamar em 1 mês, pressionado pela aproximação do final de MAR/10, apesar da nova forte baixa do risco-Brasil (-4,4%).
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,1%, já que a forte desvalorização da moeda local (o iene) frente ao dólar estimulou a compra de ações de exportadoras, como Fanuc (4,0%) e Honda (1,2%), CHINA -1,2%, pressionada por resultados corporativos decepcionantes da empresa de trading Li & Fung e da petrolífera PetroChina e CORÉIA 0,4% novamente sustentada pelas exportadoras LG Electronics (1,4%) e Hyundai Motor (0,9%).
- Na EUROPA, nos maiores patamares em quase 2 anos, INGLATERRA 0,9%, FRANÇA 1,3% e ALEMANHA 1,6%, diante das ''apostas'' de que da cúpula da União Européia, que começou ontem e deve terminar hoje, sairá um pacote de socorro à Grécia, e também beneficiadas por balanços corporativos positivos da Next e da Air Berlim.
- Nos EUA, devolvendo a alta acumulada na abertura, S&P -0,2%, DJ 0,1% e NASDAQ -0,1%, uma vez que um leilão de títulos públicos com fraca demanda e preocupações com o quadro fiscal em alguns países continuaram pesando sobre a confiança do investidor.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Já antecipando uma alta dos juros na sua próxima reunião, o Copom afirmou, na ata da sua reunião da semana passada, na qual a Selic foi mantida em 8,75, que aumentou o risco de a inflação sair de um "cenário benigno".

''Apostando'' no crescente fluxo de comércio do Brasil com a China, o banco HSBC no Brasil, com o objetivo de retomar a fatia de mercado que perdeu para os bancos estatais durante a crise, refez sua estratégia para o crédito e agora estima uma expansão de 20% nos seus financiamentos em 2010.

Podendo beneficiar os investidores, como BC anunciou que a partir de 9/ABR/10 vai aumentar o compulsório de depósitos a prazo, de 13,5% para 15%, os bancos, com menos dinheiro em caixa, tendem a pagar mais para quem deixar seu dinheiro com eles, principalmente no CDB.

Dando mais um importante e claro sinal positivo da economia brasileira, segundo o IBGE em FEV/10 a taxa de desemprego ficou em 7,4%, o que representa a menor taxa para o mês desde FEV/02, início desta série histórica.

Confirmando o bom desempenho da economia interna, (1) nos 3 primeiros meses de 2010 o medo de perder o emprego registrou queda de -4,1% em relação ao último trimestre de 2009, atingindo o menor patamar desde a primeira pesquisa do gênero, feita em 2003, (2) segundo uma pesquisa do IPEA o setor produtivo projeta a criação de 1,5 milhão de vagas com carteira assinada e crescimento de 5,2% do PIB em 2010 e (3) em FEV/10 o mercado de trabalho registrou geração recorde de novos postos para este período do ano (725 mil novas vagas).

- A Brasil Telecom caiu -5,5%, já que o ''mercado'' não gostou da relação de troca com a Telemar, no âmbito do processo de fusão das duas empresas.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Em mais um dia de campanha, Lula, que ontem foi multado em R$ 10.000,00 pelo TSE justamente por isto, foi a um evento para mulheres metalúrgicas do ABC e afirmou que não tem medo de mulher, ressaltando que para provar isso indicou uma para ficar no seu lugar.

Finalmente colocando suas ''asinhas de fora'' e assim mostrando que, com o sem a ''benção'' de Lula, será candidato à presidente nestas eleições, Ciro Gomes afirmou, coberto de razão, que o PT trata os aliados "como empregados" e que se considera "mais preparado" que a ministra Dilma, que segundo ele vai perder para o Serra por conta de sua inexperiência em disputas eleitorais.

Com o objetivo principal de atazanar a vida de Serra, sob o comando das centrais sindicais, que por sua vez são comandadas pelo PT, os servidores de SP, principalmente da saúde e da educação, se organizam para intensificar as greves o governo tucano nessa temporada pré-eleitoral.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Confirmando que dar dinheiro aos pobres aplaca a fome mas não resolve o problema definitivamente, segundo uma pesquisa da ONU o Brasil é o país mais desigual da América Latina, já que os 10% mais ricos concentram 50,6% da renda e os 10% mais pobres ficam com apenas 0,8% da riqueza brasileira.

Mostrando mais uma vez que ''o papa também peca'', segundo uma reportagem do The New York Times, Bento XVI, quando ainda era o cardeal Joseph Ratzinger, decidiu não levar adiante as denúncias contra um padre que abusou sexualmente de 200 menores surdos numa escola em Wisconsin, nos EUA.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário