R.B. 23/FEV/10 ''A vice ideal para o tucano''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"A vice ideal para o tucano"

São Paulo, 23 de fevereiro de 2010 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, recuperando as perdas do pregão anterior para retornar à sua trajetória de alta, seguindo a melhora do ''humor'' das demais bolsas mundiais e beneficiada pelos bons resultados corporativos de empresas brasileiras.
- O DÓLAR pode cair, também retornando à sua ''trajetória natural'' após o ''ajuste técnico'' do pregão anterior, com ''boas chances'' de fechar o dia abaixo dos R$ 1,80, influenciado pelos mesmos motivos de devem impulsionar a bolsa brasileira.

ONTEM
- BOVESPA -0,6%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,7%, porem passou a cair no inicio da tarde, seguindo a realização de lucros das bolsas de NY e em um movimento de cautela diante da agenda econômica carregada nos próximos dias.
- DÓLAR 0,3% à R$ 1,81, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,79, porem passou a subir na parte da tarde, seguindo a piora do ''humor'' na Bovespa e em um ''ajuste técnico'' após 3 sessões consecutivas de queda.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 2,7%, o melhor desempenho de 2010, com destaques de alta para as exportadoras como Sony (3,4%) e Canon (3,9%), beneficiadas pela queda da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA -0,5%, diante das preocupações sobre a liquidez de crédito doméstico na primeira sessão de negociações após 10 dias de feriado e CORÉIA 2,1%, em um movimento de ''caça de pechinchas'' depois das baixas acentuadas da última semana.
- Na EUROPA, interrompendo uma série de 5 sessões de ganhos, INGLATERRA -0,1%, FRANÇA -0,3% e ALEMANHA -0,6%, novamente ''assombradas'' por receios com dívidas soberanas e desta vez com destaque de queda para ações da farmacêutica GlaxoSmithKline (-2,6%), diante de questionamentos sobre a segurança de um medicamento da empresa contra o diabetes.
- Nos EUA, revertendo uma abertura positiva, para realizarem lucros após 4 pregões consecutivos de alta, S&P -0,1%, DJ -0,2% e NASDAQ -0,1%, diante do anuncio de resultados corporativos pouco animadores e da cautela antes do depoimento de Bernanke, na Câmara e no Senado, na quarta e quinta-feiras.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Aumentando a lista daqueles que ''apostam no Brasil'', o Goldman Sachs elevou, de 5,8% para 6,4%, suas projeções para o crescimento da economia brasileira em 2010, ressaltando que entre os Brics, grupo formado também por Rússia, Índia e China, o País tem as melhores condições de garantir um crescimento sustentável no longo prazo.

Afirmando o que muitos temem, mas poucos tem coragem de dizer publicamente, o megaespeculador George Soros ''avisou'' que a zona do euro corre o risco de se desmembrar se os países que a integram não modificarem a maneira de enfrentar as próximas crises causadas pelas dívidas públicas de seus membros, ressaltando que sua falha fundamental é a ausência de uma política econômica e orçamentária comum.

Se tornando uma forma cada dia mais popular de investimento conservador, em JAN/10 as vendas de títulos públicos do Tesouro Direto atingiram R$ 212,7mi, o que representa (1) o segundo maior valor mensal da história, (2) um crescimento de 68,47% ante DEZ/09 e (3) um aumento de 12% em comparação com JAN/09.

''Forçando'' cada vez mais o Copom a elevar a Selic, se vacilar já na próxima reunião, o ''mercado'' aumentou, pela quinta vez consecutiva e desta vez de 4,80% para 4,86%, suas ''apostas'' para a inflação deste ano, patamar ainda mais distante do centro da meta do BC (4,5%).

Após somar um superávit de US$ 907mi na segunda e terceira semanas de FEV/10, a balança comercial brasileira já acumula um resultado positivo de US$ 735mi em FEV/10 e de US$ 569mi no ano.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Conforme já era esperado, a Justiça Eleitoral acolheu o pedido de efeito suspensivo formulado pela defesa de Kassab, cassado por suposto recebimento de doações ilegais na campanha de 2008, e com isso a cassação do prefeito de SP está suspensa até o pronunciamento do Tribunal Regional Eleitoral.

Enquanto o PT prioriza a aliança com o PMDB, Serra, ''na surdina'' e apesar da forte oposição que tem de Ciro Gomes, avança sobre os palanques que o PSB monta para a ministra Dilma, principalmente nas regiões Norte e Nordeste.

Apesar de teoricamente ruim para Serra, a cassação do democrata Kassab, mesmo que já suspensa pela Justiça, completa o quadro de inferno astral que ronda o DEM, porem pode voltar a aproximar o governador de SP de Marina Silva, do PV, que seria ''a vice ideal para o tucano''.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

''Se lixando'' para as criticas e para as ameaças de retaliação da comunidade internacional, que já são quase unânimes, ontem o Irã anunciou que vai construir mais 2 usinas de enriquecimento de urânio, ressaltando que elas serão instaladas dentro de montanhas, para protegê-las de um eventual ataque.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário