R.B. 29/JAN/10 ''Novas boas novas''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Novas boas novas"

São Paulo, 29 de janeiro de 2010 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA pode subir, acompanhado a provável recuperação das bolsas de NY, aonde será ''comemorada'' a manutenção de Bernanke no comando do Fed (''BC'' dos EUA), e dando seqüência o movimento de ''caça de barganha'' após as perdas do inicio do ano.
- O DÓLAR pode cair, finalmente em um ''ajuste técnico'' após as constantes altas recentes, porem deve-se ressaltar que a tendência de curto prazo pode ter mudado devido a (1) valorização da moeda norte-americana no exterior, (2) saída de investidores estrangeiros da Bolsa de Valores brasileira e (3) preocupações fundamentais do mercado com a economia chinesa, "reprimida" pelo governo local para conter o crescimento.

ONTEM
- BOVESPA 0,8%, abriu em alta, para logo atingir a máxima avançando 1,5% e, em um dia marcado pela volatilidade, já que na mínima recuou -0,6%, fechou em alta pela primeira vez em 5 pregões, em um movimento de ''caça de barganhas'' apesar das perdas das bolsas de NY.
- DÓLAR 0,4% à R$ 1,87, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,84, porem passou a subir na parte da tarde, para fechar em alta pelo oitavo pregão consecutivo, pressionado pelos leilões de compra do BC e pela elevação do risco-Brasil (0,9%).
- Na ÁSIA, interrompendo uma seqüência de 9 quedas consecutivas, JAPÃO 1,6%, CORÉIA 1,0% e CHINA 0,2%, animadas por expectativas positivas de balanços corporativos, como da Honda e o da Hyundai, e por um rali nos futuros dos mercados norte-americanos depois que Obama pareceu moderar seu tom sobre as restrições aos bancos.
- Na EUROPA, revertendo uma abertura positiva, INGLATERRA -1,4%, FRANÇA -1,9% e ALEMANHA -1,8%, pressionadas pelo desempenho negativo de papéis do setor bancos, após a agência de classificação de risco Standard & Poor's divulgar um relatório que teceu comentários negativos sobre o sistema bancário do Reino Unido, e ainda influenciadas por preocupações com a saúde fiscal da Grécia, que segundo as ultimas notícias não será capaz de honrar sua pesada dívida.
- Nos EUA, também revertendo uma abertura positiva, S&P -1,2%, DJ -1,1% e NASDAQ -1,9%, prejudicadas (1) por perspectivas fracas da Motorola e da Qualcomm, cujas ações caíram respectivamente -12,4% e -14,2%, (2) pela queda menor que esperado dos pedidos de auxílio-desemprego e (3) pelo crescimento aquém do esperado das encomendas de bens duráveis.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Embarcando para Davos, aonde participará do Fórum Econômico Mundial, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que não espera nenhuma volatilidade econômica neste ano por ocasião das eleições de OUT/10, ressaltando que está "pagando para ver" algum dos principais pré-candidatos que hoje se oferecem para o eleitorado propondo mudanças profundas no rumo da economia.

Apresentando ''novas boas novas'' da economia brasileira, (1) segundo a Associação Brasileira de Supermercados em 2010 as vendas reais do setor crescerão entre 8% e 9% na comparação com 2009, (2) esperando um crescimento acelerado, o Bradesco projeta para 2010 um aumento de até 25% nas suas operações de crédito, ressaltando que esta expansão será puxada pelos empréstimos às empresas e (3) segundo pesquisa semestral da Associação Brasileira das Companhias Abertas, 69,7% dos entrevistados aumentarão seus investimentos no primeiro semestre de 2010, quando comparados com o último semestre de 2009.

Mostrando que o ano passado foi ''menos pior'' do que se esperava, (1) segundo o IBGE a taxa de desemprego de 2009 ficou em 6,8%, o que representa o menor patamar em 6 anos, (2) em 2009 os desembolsos do BNDES atingiram R$ 137,4bi o que, alem de ser um recorde histórico, representa um crescimento de 49% sobre 2008 e (3) acumulando um aumento real de 14,3% nos últimos 7 anos, em 2009 o rendimento médio do trabalhador foi de R$ 1.350,33, o que representa o maior patamar da série histórica iniciada em 2003.

''Apostando'' naquilo que conhece como poucos, o Bradesco anunciou que, após crescer 5,0% em um ano de crise (2009), em 2010 vai investir R$ 4,2bi, 23% a mais que no ano passado, para principalmente abrir 250 novas agências no Brasil até o final deste ano, já que acredita que a melhora das condições econômicas no país vai aumentar a inserção de pessoas não-bancarizadas no setor.

Embolsando robustos lucros de 2009 e ''temendo'' um aumento dos juros nos EUA, o que aliás não deve ocorrer tão cedo, nos 26 primeiros dias de JAN/10, quando aliás a Bovespa acumulou queda de -5,1%, os investidores estrangeiros retiraram R$ -1,7bi da BM&FBovespa.

- Com a inflação acelerando, o IGP-M de JAN/10 apontou inflação de 0,63%, revertendo um recuo de -0,26% apresentado no mês anterior.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

''Sem medo'' de levar uma ''surra nas urnas'', o que aliás é bem capaz já que vai concorrer com ''pesos pesados como'' Aécio Neves, José Alencar, Fernando Pimentel, Helio Costa e Patrus Ananias, o ''temido'' ex-presidente Itamar Franco ''avisou'' que vai aceitar o convite do PPS para disputar uma das duas vagas ao Senado por MG nas eleições de OUT/10.

Logo após anunciar o apoio à candidatura presidencial de Dilma, o PDT apresentou uma lista de exigências que podem causar novos problemas na aliança nacional, já que quer que a petista suba no palanque e declare apoio à candidatura de Jackson Lago ao governo do Maranhão, o que vai contra os interesse de Roseana Sarney, que é filha do ''homem'', é do PMDB e também será candidata do governo do estado.

Fazendo como Lula, que em 2002 colocou um empresário de sucesso em sua chapa como vice, ontem a senadora Marina Silva, do PV, informou que o empresário Guilherme Leal, co-presidente do conselho de administração da Natura, é seu o provável candidato à vice de sua chapa para a Presidência da República.

Apenas 1 semana depois de chamar Dilma de “mentirosa” e de ter sido chamado de “babaca” por Lula, o senador tucano Sérgio Guerra, presidente do PSDB, voltou à carga e desta vez acusou a candidata da base aliada de liberar verbas para obras nas quais o TCU encontrara irregularidades graves.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Corrigindo, aos poucos mas sempre, uma distorção histórica, desde 2003 a participação das mulheres no mercado de trabalho brasileiro cresceu 20%, alem disto em 2009 a taxa de desemprego entre as mulheres foi de 9,9%, ante 10% no ano anterior, enquanto que entre os homens houve aumento de desocupados na mesma base de comparação.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário