R.B. 16/NOV/09 ''Falhas técnicas''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Falhas técnicas"

São Paulo, 16 de novembro de 2009 (SEGUNDA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, novamente tentando fechar a semana acima do maior patamar do ano (67.239pts), acompanhando a valorização das demais bolsas mundiais, a alta das commodities e as perspectivas cada dia mais positivas para a economia interna.
- O DÓLAR deve cair, rumo aos R$ 1,70, já que as perspectivas positivas para a economia brasileira tem atraído cada dia mais recursos externos, apesar dos leilões de compra do BC, do IOF para entrada de capital externo especulativo e da medida do governo para supervisionar as captações de recursos externas por bancos e empresas brasileiras.

SEXTA-FEIRA
- BOVESPA 1,4%, abriu ''de lado'', porem, acompanhando o desempenho positivo das demais bolsas mundiais, logo passou a subir e manteve a trajetória ascendente ao longo do resto do pregão, com bom volume de negócios (R$ 6,6bi) e também impulsionada pela temporada de balanços positivos de empresas no Brasil.
- DÓLAR -0,9% à R$ 1,72, abriu em alta, para na máxima atingir R$ 1,75, porem, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa, passou a cair na parte da tarde, mostrando que já foi superado o impacto inicial da medida do governo para supervisionar as captações de recursos externas por bancos e empresas brasileiras.
- Na ÁSIA, acompanhando as perdas das bolsas de NY na sexta-feira, JAPÃO -0,3%, CORÉIA -0,1% e CHINA -0,3%, com destaques de queda para papéis ligados a commodities e diante do ''temor'' de que o rali de 9 meses do mercado está indo além dos fundamentos econômicos.
- Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, diante da melhora do ''humor'' nas bolsas de NY, INGLATERRA 0,4%, FRANÇA 0,1% e ALEMANHA 0,4%, também beneficiadas pelo anuncio de crescimento de 0,4% do PIB da zona do euro no terceiro trimestre, em comparação com o trimestre anterior.
- Nos EUA, encerrando a segunda semana seguida de ganhos, apesar do baixo volume de negócios, S&P 0,6%, DJ 0,7% e NASDAQ 0,9%, beneficiadas por noticias positivas de varejistas que reforçaram esperanças de fortes vendas na importante temporada de compras de final de ano.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Ressaltando pela ''enésima vez'' que as boas condições do sistema financeiro do Brasil vêm da combinação entre estabilidade econômica, política monetária adequada, condução financeira rigorosa e supervisão financeira integrada, Meirelles, presidente do BC, ''alertou'' que bancos brasileiros devem ficar atentos à evolução do mercado doméstico, já que segundo ele é nos momentos de expansão que os problemas aparecem.

Repetindo a velha ''ladainha'' de sempre, Armando de Queiroz Monteiro, presidente da Confederação Nacional da Indústria, afirmou que, apesar de estar em um amplo processo de recuperação, a industria brasileira pode “desmontar'' se não houver uma política fiscal que assegure competitividade ao setor afetado pela forte queda do dólar em relação ao real.

Desdenhando da queda na arrecadação de impostos para garantir um ''Natal gordo'' para os brasileiros, o governo Federal tende a renovar os cortes em tributos feitos para estimular os investimentos, especialmente compra de máquinas, computadores e material de construção, que vencem até o fim do ano.

Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) em SET/09 as vendas do comércio varejista cresceram 0,3% ante AGO/09, o que representa a quinta expansão consecutiva nesta base de comparação e (2) em OUT/09 a produção da indústria de SP cresceu 3,3% na comparação com o mês anterior e (3) em OUT/09 as vendas de papelão ondulado bateram um novo recorde mensal e foram 8,8% maiores que em SET/09.

Apesar de ser duramente criticada pelo governo Lula, que ao que tudo indica pensa que bolsa é coisa muito complicada para o povão, contrastando com a pífia rentabilidade do FGTS, a compra de ações da Petrobras com o dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço em 2000 garantiu um rendimento de 865,76% até o início de NOV/09, enquanto o próprio fundo teve uma rentabilidade de 60,51% em período equivalente.

- A Brasil Foods caiu -4,2%, após divulgar um lucro líquido de R$ 211mi que, apesar de reverter um prejuízo de R$ 1,6bi no mesmo período do ano passado, ficou aquém do esperado.
- A JBS recuou -4,7%, já que anunciou uma queda de -78% em seu lucro no terceiro trimestre ante o mesmo período do ano anterior.
- A Cyrela avançou 6,3%, ''animada'' pelo anuncio de lucro líquido recorde de R$ 264mi no terceiro trimestre.
- O Banco do Brasil subiu 3,4%, ainda precificando o bom resultado apresentado pela instituição financeira na madrugada de quinta-feira.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Tirando mais um esqueleto do armário dos tucanos, justamente na mesma semana em que o ex-presidente e ''garanhão tucano'' finalmente reconheceu a paternidade de um filho de 18 anos que teve fora do casamento, o ex-secretário da Receita Federal de FHC Everardo Maciel virou alvo de uma investigação criminal por supostamente ter agido ilegalmente para beneficiar a fabricante de bebidas AmBev no final de 2002.

Enquanto Serra se ''deleitava'' com o apagão, colocando-o na ''conta'' de Dilma, 3 vigas desabaram de um viaduto em construção do Trecho Sul do Rodoanel Mário Covas, ''obrigando'' Mauro Arce, secretário de Transportes do Estado de SP, a ir à publico ''garantir'' que o cronograma de entrega das obras não será atrasado e, repetindo a ''desculpa'' do governo federal, adiantar que o acidente deve-se a ''falhas técnicas''.

Apesar de duramente criticadas por Lula, as restrições do Tribunal de Contas da União só atingem 4% das 232 obras do PAC, que até SET/09 haviam recebido menos de 1/5 das verbas previstas no Orçamento deste ano.

Desdenhando dos escândalos das passagens e da verba indenizatória, a Câmara dos Deputados decidiu agora retomar suas obras e lançou editais que prevêem gastos de R$ 74,5mi para a reforma de prédios residenciais e a construção de um novo centro de tecnologia.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

''Cutucando o Tigre'', mas no seu caso com ''vara longa'', Obama, presidente norte-americano, assegurou em Xangai que China e EUA devem ser amigos e "não adversários", ao mesmo tempo em que insistiu na necessidade de se respeitar direitos humanos que são "universais".
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário