R.B. 13/NOV/09 ''Cristo Redentor decolando''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Cristo Redentor decolando"

São Paulo, 13 de novembro de 2009 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, retomando sua trajetória de alta após a ''saudável'' realização de lucros do dia anterior, seguindo o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e influenciada positivamente pelas perspectivas cada dia mais favoráveis para a economia brasileira, resumidas na foto da capa desta semana da revista britânica "The Economist".
- O DÓLAR pode cair, também retomando sua ''trajetória natural'' após 2 pregões consecutivos de alta, já que, apesar dos leilões de compra do BC e das ''ameaças'' de mudanças de regras por parte do governo Federal, ainda é positivo o fluxo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA -3,0%, abriu ''de lado'', para na máxima atingir 0,3%, porem, realizando lucros recentes, definiu sua trajetória negativa na parte da tarde, seguindo as perdas das bolsas de NY e pressionada pela desvalorização das commodities, em um pregão com ótimo volume de negócios (R$ 8,1bi).
- DÓLAR 0,9% à R$ 1,74, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,71, porem, seguindo a piora do ''humor'' na Bovespa, passou a subir ainda na parte da manhã, também pressionado pelos leilões de compra do BC, pela elevação do risco-Brasil (3,3%) e principalmente medida do BC para supervisionar as captações de recursos externos de bancos e empresas.
- Na ÁSIA, iniciando um movimento de queda que se espalhou por todo mundo, JAPÃO -0,7%, pressionada por vendas especulativas no mercado futuro e pelo plano de emissão de ações da transportadora marítima Nippon Yusen (-4,1%), que levantará até US$ 1,6bi por meio de sua primeira oferta pública em 40 anos, CHINA -0,1%, pressionada por ações de companhias financeiras e de imobiliárias e CORÉIA -1,4%, revertendo uma abertura positiva, pressionada por uma onda de vendas programadas no final do pregão, em dia de vencimento de opções.
- Na EUROPA, sem uma tendência única, INGLATERRA 0,2%, FRANÇA -0,2% e ALEMANHA -0,1%, divididas por um lado pelo fechamento negativo das bolsas de Ásia somados a abertura em queda das bolsas de NY e por outro pelo suporte da divulgação de previsões de resultados promissores por empresas como BT Group (3,7%) e Peugeot (0,4%).
- Nos EUA, confirmando a trajetória negativa apenas na ultima parte do pregão, S&P -1,0%, DJ -0,9% e NASDAQ -0,8%, pressionadas pelo mau desempenho do preço das commodities, como o petróleo (-3,1%), e pelo resultado trimestral ruim da rede de varejo Wal-Mart.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Aumentando sua lista de elogios ao Brasil, a edição desta semana da revista britânica "The Economist", cuja capa traz a foto do ''Cristo Redentor decolando'' como um foguete, afirma que, se a estabilidade política e econômica for mantida, a economia brasileira pode se tornar uma das 5 maiores do mundo antes de 2050.

Ressaltando que o Brasil vivenciará uma "pressão cambial astronômica" nos próximos 2 anos e que esta pressão poderá reduzir a competitividade industrial das empresas brasileiras e ampliar o déficit em transações correntes, Ernani Torres, superintendente da área de pesquisa e acompanhamento econômico do BNDES, ''avisou'' que são necessárias medidas adicionais, como novas elevações do IOF sobre o capital externo especulativo, para reduzir o "apetite" do capital especulativo pelo País, que segundo ele é hoje "uma das principais trincheiras da nova bolha especulativa internacional".

Dando um importante sinal de recuperação da economia interna, Paulo Bernardo, ministro do Planejamento, afirmou que em OUT/09, depois de 11 meses seguidos de quedas na arrecadação de impostos e contribuições federais, a arrecadação ficou um pouco superior à registrada no mesmo período do ano passado (R$ 65,4bi), o que segundo ele ajudará o PIB brasileiro a crescer em torno de 1% neste ano e até 5% em 2010.

Diante da queda da taxa de juros, do aumento da renda e do recuo do desemprego, o indicador do Serasa que avalia a perspectiva de inadimplência do consumidor caiu -0,2% em SET/09, registrando a décima baixa mensal consecutiva e atingindo o menor patamar desde MAR/08.

- A Petrobrás caiu -2,0% e, após o fechamento do pregão, anunciou que a perfuração do quarto poço na área de Tupi confirmou as estimativas do potencial de até 8bi de barris de óleo leve e gás natural.
- O Banco do Brasil caiu -0,2%, após anunciar que no terceiro trimestre de 2009 seu lucro foi 6% superior ao ganho apurado no mesmo período do ano anterior.
- A AmBev caiu 4,4%, apesar de divulgar que no terceiro trimestre deste ano seu lucro líquido foi 5,8% maior que no mesmo período de 2008.
- O Pão de Açúcar caiu -4,4%, mesmo anunciando um crescimento de 156,7% na comparação entre seu lucro líquido do terceiro trimestre deste ano e do ano passado, números estes que já embutem a aquisição da rede Ponto Frio.
- A Brasil Foods caiu -3,3% e, após o fechamento do pregão anunciou que acumulou um lucro de R$ 211mi no terceiro trimestre deste ano, contra um prejuízo de R$ -52mi no mesmo período do ano passado.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Acreditando que uma mentira que é repetida inúmeras vezes vira verdade, Lula, em uma entrevista que ainda vai ao ar, afirmou que o mensalão "foi uma tentativa de golpe" contra seu governo, ressaltando que Marcos Valério, operador do mensalão, foi infiltrado no PT por adversários tucanos e democratas.

Tentando criar ''intrigas dentro do ninho tucano'', o petista José Dirceu afirmou, durante um encontro casual com Aécio Neves, que Minas não perdoará nunca o PSDB por lançar o Serra candidato a presidente, ressaltando também que o governador de MG seria um adversário mais difícil para os petistas.

Corroborando com as declarações de senador Sérgio Guerra, presidente do PSDB, que afirmou que uma candidatura de Aécio poderia ampliar mais as alianças do PSDB do que a de Serra, o governador de MG foi ontem à Brasília para participar de 2 jantares (1) em homenagem aos novos filiados do PSDB, para o qual Serra também estava convidado, mas não apareceu e (2) com a bancada mineira da Câmara, prestigiado pelo presidente do DEM, Rodrigo Maia, a quem agradeceu publicamente as declarações de apoio à sua candidatura.

Apesar de ser considerada a candidata mais forte para enfrentar Renan Calheiros na disputa por uma vaga no Senado em 2010, a vereadora Heloísa Helena pode ser impedida de disputar as próximas eleições, já que há cinco meses responde a um processo de cassação de mandato por quebra de decoro parlamentar ao ter chamado a vereadora Tereza Nelma (PSB) de "porca trapaceira" e de "ladra de prótese de criancinhas".
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Hoje cerca de 30% da energia elétrica consumida no Brasil vem da hidroelétrica de Itaipu e, apesar de ser uma energia limpa de fonte renovável, a maior segurança do setor elétrico brasileiro só será alcançada com a diversificação da matriz energética, fazendo com que o país, além de hidrelétricas, tenha termelétricas, usinas eólicas e movidas a biomassa, entre outras fontes.

Como o governo Lula é complacente, e muitas vezes até cúmplice, do MST, segundo um levantamento realizado por pesquisadores Unesp o número de invasões de terras no Estado de SP no primeiro semestre deste ano aumentou 88,9% em comparação ao mesmo período de 2008.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário