R.B. 2/OUT/09 ''Teme a inflação mais do que teme o Capeta''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Teme a inflação mais do que teme o Capeta"

São Paulo, 2 de outubro de 2009 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em queda, com ''boas chances'' de fechar a semana abaixo dos 60.000pts, ainda realizando lucros recentes, seguindo as perdas das demais bolsas mundiais e à espera de boas noticias que justifiquem novas altas.
- O DÓLAR pode voltar a subir, ainda em um ''ajuste técnico'' diante do forte recuo acumulado no ano (-23,1%), tentando agora testar a resistência dos R$ 1,80, influenciado pela provável piora do ''humor'' na Bovespa e pelos leilões de compra do BC.

ONTEM
- BOVESPA -1,7%, já abriu em queda e, seguindo a realização de lucros das demais bolsas mundiais, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, influenciada negativamente (1) pelo grande volume de IPOs, (2) pelo ''temor'' de redução das medidas de estimulo econômico e (3) pela perspectiva de divulgação de resultados corporativos abaixo.
- DÓLAR 0,9% à R$ 1,79, já abriu em alta e, seguindo a piora do ''humor'' na Bovespa, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo o pregão, também pressionado pelos leilões de compra do BC e pela forte elevação do risco-Brasil (7,7%).
- Na ÁSIA, seguindo as perdas das bolsas de NY no dia anterior, JAPÃO -1,5%, no menor patamar em 2 meses, desta vez prejudicada pela pesquisa trimestral sobre o sentimento das empresas, que indicou redução dos investimentos das indústrias, CHINA esteve fechada devido a feriado local e CORÉIA -1,7%, pressionada pelas fortes quedas nas ações das grandes exportadoras, como Hyundai Motor (-8,1%) e Kia Motors (-6,7%), em meio às preocupações com a valorização da moeda local (o won).
- Na EUROPA, acompanhando a abertura negativa das bolsas de NY, INGLATERRA -1,7%, FRANÇA -1,9% e ALEMANHA -2,1%, prejudicadas por dados econômicos desapontadores, como (1) queda nas vendas do varejo na Alemanha, (2) crescimento no desemprego na zona do euro e (3) declínio na atividade industrial no Reino Unido.
- Nos EUA, devolvendo em apenas 1 pregão quase todos os ganhos acumulados em SET/09, S&P -2,6%, DJ -2,1% e NASDAQ -3,0%, prejudicadas pela divulgação de dados desanimadores sobre a atividade industrial e o desemprego.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Apenas 1 dia após anunciar que a recessão mundial chegou ao fim, Dominique Strauss-Kahn, diretor-gerente do FMI, ''alertou'' que a crise continua e que o desemprego seguirá crescendo durante meses, ressaltando também que são imprescindíveis os avanços na reforma bancária para limitar a atitude de tomada de riscos excessivos que ainda existem em algumas entidades financeiras.

Mostrando-se despreocupado com a queda da arrecadação e com o aumento dos gastos públicos, Nelson Barbosa, secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, afirmou que o governo está mirando o cumprimento da meta de 2,5% do PIB para o superávit primário de 2009, ressaltando que a receita ainda vai crescer em linha com o ritmo da economia.

Estimuladas pelo iminente fim do IPI reduzido, em SET/09 as vendas de veículos novos no mercado brasileiro bateram mais um recorde histórico que, com o emplacamento de 308,8 mil unidades, representa um crescimento de 19,6% no comparativo com AGO/09 e de 14,9% na comparação com SET/08.

Alheia a crise financeira internacional, nos 8 primeiros meses de 2009 a arrecadação do FGTS ficou em R$ 35,9bi, resultado 14,46% maior do que o apurado no mesmo período de 2008.

Como ''teme a inflação mais do que teme o Capeta'', Meirelles, presidente do BC, já cogita uma elevação dos juros básicos até o início de 2010, inclusive porque a recuperação econômica do Brasil está acontecendo acima das expectativas.

Dando mais um sinal de controle da inflação, que contraria o ''temor'' de Meirelles citado no parágrafo de cima, em SET/09 o IPC, refletindo o fim do impacto do reajuste de energia elétrica e uma queda dos preços de alimentos, apontou inflação de 0,16%, patamar abaixo do registrado em AGO/09 (0,48%) e também aquém das ''apostas do mercado'' (0,21%).

Apresentando o segundo pior resultado do ano, em SET/09 a balança comercial brasileira teve superávit de US$ 1,3bi, porem nos 9 primeiros meses de 2009 o saldo já está positivo em US$ 21,2bi, o que representa um aumento de 7,7% na comparação com o montante acumulado no mesmo período de 2008 (US$ 19,7bi).
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Apesar de descartar disputar o governo de SP em 2010, missão esta que pode ficar ao cargo dos seus ''novos companheiros'' Gabriel Chalita ou Paulo Skaf, Ciro Gomes, do PSB, anunciou que vai transferir seu domicílio eleitoral para SP.

Como quem coloca a culpa no mordomo, a comissão criada no Senado para investigar os atos secretos não-publicados, que não por acaso é formada só por senadores, concluiu, ao final de cerca de 2 meses de ''trabalho'', que a Mesa Diretora da Casa e seu ''nobre'' presidente (Sarney) é isenta de qualquer responsabilidade sobre tais sobre as medidas sigilosas, colocando toda a responsabilidade na ''conta'' dos servidores e ex diretores da Casa João Carlos Zoghbi e Agaciel Maia.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Afastando-se cada vez mais da sua ''velha síndrome de vira-lata'', é inegável que nos 7 primeiros anos do governo Lula o Brasil foi cada dia mais respeitado no cenário internacional, já que atualmente tem voz ativa e liderança no FMI, na OMC e na ONU, abrigará uma Copa do Mundo de futebol e, para fechar com ''chave de ouro'', pode ter o RJ escolhido como palco das Olimpíadas de 2016.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário