R.B. 24/AGO/09 "É natural"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"É natural"

São Paulo, 24 de agosto de 2009 (SEGUNDA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve voltar a subir, para fechar pela quinta vez consecutiva em alta, novamente seguindo a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e a gradativa melhora das perspectivas para a economia brasileira.
- O DÓLAR pode seguir em queda, ampliando a ainda ''modesta'' desvalorização acumulada no mês (-1,8%), provavelmente para ''testar'' o suporte dos R$ 1,80 até o final de AGO/09, seguindo o cada vez mais intenso fluxo positivo de recursos externos.

SEXTA-FEIRA
- BOVESPA 1,6%, já abriu em alta e, acompanhando a tendência positiva das demais bolsas do mundo, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, para fechar (aos 57.728pts) no maior patamar desde 31/JUL/09, com bom volume de negócios (R$ 5,3bi), também impulsionada pela valorização das commodities, como o petróleo que fechou na maior cotação do ano (a US$ 73,8).
- DÓLAR -0,6% à R$ 1,83, já abriu em queda e, seguindo a melhora do ''humor'' nas bolsas mundiais, manteve a trajetória negativa ao longo de todo pregão e, apesar dos leilões de compra do BC, acumulou uma desvalorização de -1,2% na semana.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -1,4% (-3,4% na semana), desta vez pressionada pelas ações das principais montadoras, como Toyota (-2,9%) e Honda (-4,1%), já que o governo dos EUA anunciou o fim do popular programa de incentivo de renovação da frota, CHINA 1,7%, a segunda alta consecutiva, desta vez impulsionada por Western Mining (5,2%) e Baoshan Iron & Steel (2,6%) e CORÉIA 0,2%, sustentada pela blue chip Samsung Electronics (2,3%), que está próxima de divulgar seus resultados.
- Na EUROPA, ''animadas'' com os sinais de melhora no setor de serviços dos países da zona do euro, principalmente na Alemanha que teve o primeiro crescimento em 11 meses, INGLATERRA 2,0%, FRANÇA 3,2% e ALEMANHA 2,9%, impulsionada principalmente por ações de empresas dos setores de matérias-primas, de construção e o industrial.
- Nos EUA, nos maiores patamares em 10 meses, S&P 1,9%, DJ 1,7% e NASDAQ 1,6%, beneficiadas por declarações otimistas do Fed sobre o ritmo da economia e pelo aumento acima do esperado nas vendas de casas usadas em JUL/09.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Após afirmar que a queda da arrecadação ''é natural'' e não está gerando preocupações ao governo, Mantega, ministro da fazenda, ''prometeu'' que o Brasil fechará 2009 com um déficit de cerca de -2,2% do PIB, o menor entre os países do G-20, como a China (-4,5%) e a Índia (-7,5%), e muito melhor que os EUA (-13,7%).

Aumentando o volume de recursos disponíveis para investimentos no setor produtivo da economia, na ultima sexta-feira o Tesouro Nacional autorizou a liberação de um empréstimo de R$ 36bi ao BNDES.

Como fruto da melhora na economia dos principais parceiros comerciais do Brasil, apesar da queda do dólar, no segundo trimestre as exportações brasileiras para EUA, UE, China e Argentina apresentaram um crescimento de 3,8% na comparação com o primeiro trimestre do ano.

Dando mais um ''sólido sinal'' de controle da inflação, que poderia fazer o Copom seguir cortando a Selic, o IGP-M de AGO/09 apontou deflação de -0,46%, acumulando uma baixa de -0,8% nos últimos 12 meses.

- A Magnesita subiu 3,4% e, após o fechamento do pregão, o BNDES anunciou que vai virar sócio da empresa, na qual que injetará até R$ 240mi
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Pressionado pelo ''companheiro'' Lula, Mercadante, abrindo mão de suas próprias convicções e supostamente em nome de ''algo maior'', desistiu de renunciar à liderança do PT no Senado Federal.

Sem nenhuma ''vergonha na cara'', o governo Lula, respondendo aos questionamentos da oposição, afirmou que ''infelizmente'' foram apagadas as imagens do circuito interno de TV do Palácio do Planalto no período entre NOV e DEZ/08, período em que ex-secretária da Receita Federal afirma ter conversado com a ministra Dilma.

Apesar de ter ''rasgado sua cartilha'' para manter Sarney na presidência do Senado, tentando com isto atrair o PMDB para a campanha de Dilma à presidência, em algumas regiões do país o PT terá dificuldades para atrair os peemedebistas, como na Bahia aonde os petistas, de Jaques Wagner, ''brigam feio'' com os peemedebistas, de Geddel Vieira Lima.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Enquanto dá passos lagos para iniciar seu projeto de gerar energia solar e eólica nas regiões desérticas do norte da África e transporta-la através de redes de alta tensão para a Europa, a Alemanha, dando um ''ótimo exemplo'', transformou uma antiga área militar na maior usina solar do país que, com uma área equivalente a 210 campos de futebol e cerca de 160 milhões de euros investidos, terá a capacidade de geração de 53 megawatts, o suficiente para abastecer 15 mil residências.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário