R.B. 29/JUL/09 ''Cobiçados reais''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Cobiçados reais"

São Paulo, 29 de julho de 2009 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, retomando sua trajetória ascendente após a ''saudável'' realização de lucros do pregão anterior, ainda com ''boas chances'' de fechar o mês acima dos 55.000pts já que, por enquanto, as condições gerais do mercado apontam para que continue a recuperação da economia, não só a brasileira como a dos países desenvolvidos.
- O DÓLAR pode cair, retomando sua ''trajetória natural'' após o ''ajuste técnico'' de ontem, já que o Brasil tem se tornado cada dia mais um ''porto seguro'' para investimentos e alem disto continua com uma das maiores taxas reais de juros do Planeta (cerca de 4,20%).

ONTEM
- BOVESPA -0,1%, já abriu em queda e, em um ''saudável'' movimento de realização de lucros, já que após 3 altas consecutivas atingiu o maior patamar do ano, manteve a trajetória negativa ao longo de ''quase'' todo pregão, seguindo a instabilidade das bolsas de NY e o recuo dos preços das commodities no mercado internacional.
- DÓLAR 0,4% à R$ 1,88, já abriu em alta e, também em um ''ajuste técnico'' após as fortes perdas recentes, manteve a trajetória positiva ao longo de todo pregão, seguindo o dia negativo no mercado acionário e pressionado pelos leilões de compra do BC.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -0,1% encerrando uma seqüência de 9 pregões consecutivos de alta, com destaques negativos para as ações de tecnologia e de petróleo, CHINA 0,2%, revertendo uma abertura negativa para fechar no maior patamar em 14 meses, sustentada por ganhos em ações de siderúrgicas e de imobiliárias, diante das ''apostas'' de que a economia local terá uma sólida retomada e CORÉIA 0,1%, com destaques de alta para as instituições financeiras, diante da expectativa de bons resultados trimestrais.
- Na EUROPA, realizando lucros recentes, INGLATERRA -1,2%, FRANÇA -1,2% e ALEMANHA -1,5%, prejudicadas pela divulgação de balanços corporativos mistos pelo Deutsche Bank e pela BP, que diminuíram o ímpeto de alta das bolsas, cujas ações caíram respectivamente -11,4% e -3,1%.
- Nos EUA, sem uma tendência única, S&P -0,3%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,4%, divididas entre os dados fracos sobre a confiança do consumidor, que recuou de 49,3pts em JUN/09 para 46,6pts em JUL/09, e a surpresa positiva do aumento de 0,5% nos preços das casas nas 20 principais regiões metropolitanas do país em MAI/09, que foi a primeira alta desde JUN/06.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Mostrando otimismo com os sinais de recuperação da economia interna, Lula, após atribuir a crise ao pânico, ressaltando tem recebido inúmeros elogios à política econômica brasileira dos presidentes dos EUA e da França, ''avisou'' que o Brasil terá um "crescimento surpreendente" no ano que vem e que, para facilitar a vida do próximo presidente, lançará, em FEV/10, um novo PAC.

Como fruto da desaceleração da economia, mas também e principalmente devido a medidas de incentivo fiscal e ao aumento dos gastos públicos, especialmente em obras de infraestrutura, em JUN/09 o governo central registrou um déficit primário de R$ -644mi, o que representa o quinto resultado negativo registrado desde o início da crise.

Seguindo o Copom, que já reduziu a Selic para o menor patamar da história (8,75%), em JUN/09 os bancos brasileiros diminuíram as taxas de juros para pessoa física nas linhas de crédito pessoal e para aquisição de veículos para o menor nível desde 1994, início da serie histórica do BC, porem, como conseqüência negativa disto, no mesmo período a inadimplência para pessoas físicas e jurídicas atingiu 5,7%, o maior patamar desde 2000.

Ajudando na recuperação da economia interna, entre JUN/08 e JUN/09 as operações de crédito do sistema financeiro apresentaram expansão de 19,7%, com isto a participação do crédito no PIB atingiu 43,7% em JUN/09, ante 43,2% em MAI/09 e 36,3% em JUN/08.

''De olho'' nos agora ''cobiçados reais'', o Banco Santander, que aliás é o maior da Espanha, já iniciou o processo para fazer uma oferta pública inicial de US$ 4,3bi em ações, o que representa cerca de 20% do capital do Banco Santander Brasil, com o objetivo de se capitalizar para criar um dos maiores bancos privados do país.

Ontem, no mesmo dia em que a Petrobrás anunciou que foi obtida uma taxa de 87% de sucesso nas perfurações em toda a camada pré-sal, a companhia petrolífera hispano-argentina Repsol YPF afirmou que encontrou novos indícios de petróleo e gás no poço Vampira, situado na Bacia de Santos.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Frustrado pelos sinais de que o projeto de reforma tributária do governo, que tramita no Congresso, estar condenado a ''morrer na praia'', Bernard Appy, secretário extraordinário de Reformas Econômicas e Fiscais, ''avisou'' que assim que voltar de férias, o que ocorre na próxima segunda-feira, pedirá oficialmente demissão a Mantega, ministro da Fazenda.

Finalmente saindo de cima do muro, ontem o PSDB decidiu protocolar 3 novas representações contra Sarney, presidente do Senado, no Conselho de Ética da Casa, para investigar (1) o envolvimento do senador com os atos secretos, (2) a suspeita de que teria interferido a favor de um neto que intermediava operações de crédito consignado para servidores do Senado e (3) a acusação de ter usado o cargo a favor da fundação que leva seu nome e de ter mentido sobre a responsabilidade administrativa pela fundação.

Como resposta às 3 novas representações protocoladas pelo PSDB contra Sarney, os peemedebistas, capitaneados pelo senador Renan Calheiros, declararam guerra aos tucanos e já ameaçam entrar com inúmeras representações contra senadores do partido de FHC no Conselho de Ética da Casa, que aliás é ''dominado'' pelo PMDB, que tem 4 dos 15 integrantes.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Tomando o espaço do Brasil, que deveria ser o ''gerente e o xerife'' da América do Sul, ontem o governo dos EUA revogou o visto de 4 autoridades diplomáticas hondurenhas que tem vinculo com o governo golpista de Honduras e Chavez, presidente da Venezuela, mandou retirar seu embaixador na Colômbia, Gustavo Márquez, após chamar de "irresponsável" o líder colombiano, Álvaro Uribe, por acusações de desvio de armas.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário