R.B. 30/JUN/09 ''Vergonhosa decisão do judiciário brasileiro''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Vergonhosa decisão do judiciário brasileiro"

São Paulo, 30 de junho de 2009 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, para terminar de recuperar as perdas ainda acumuladas no mês (-1,9%), seguindo a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e ''animada'' com a gradual melhora nas expectativas para a economia brasileira.
- O DÓLAR pode cair, seguindo a provável melhora do ''humor'' na Bovespa, apesar da volatilidade devido a ''tradicional briga'' entre comprados e vendidos para a formação da cotação de fechamento do mês, e neste caso também do segundo trimestre e do primeiro semestre.

ONTEM
- BOVESPA 1,3%, já abriu em alta e, com o bom volume de negócios (R$ 6,4bi) inflado pelo inicio de negociação das ações da VisaNet (R$ 2,9bi), manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, beneficiada pela recuperação dos preços das commodities, com o petróleo que bateu seu maior preço em duas semanas (US$ 71,49).
- DÓLAR 1,2% à R$ 1,96, já abriu em alta e, apesar do forte recuo do risco-Brasil (-4,1%), manteve a trajetória ascendente ao longo de ''quase'' todo pregão, pressionado pelos leilões de compra do BC e pela ''briga'' entre comprados e vendidos para a formação da cotação de fechamento do mês.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -1,0%, revertendo uma abertura positiva, causada pelo anuncio de que a produção industrial do país cresceu 5,9% em MAI/09, influenciada negativamente por ações de corretoras e de bancos, como Daiwa Securities (-12,1%) e Mizuho Financial Group (-3,4%), CHINA 1,6%, no maior patamar desde 11/JUN/09, com destaques de alta para os papéis de imobiliárias, diante das expectativas de que a política monetária de Pequim, de estimular o crédito bancário, irá aumentar seus rendimentos e CORÉIA -0,4%, com destaque negativo para os papéis da Doosan Heavy Industries & Construction (-6,3%), após a empresa vender US$ 154 milhões em títulos.
- Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, diante do bom desempenho das bolsas de NY, INGLATERRA 1,2%, FRANÇA 2,0% e ALEMANHA 2,3%, impulsionados pelos papéis de bancos e de petrolíferas e pelo aumento da confiança econômica da zona do euro, de 70,2ts em MAI/09 para 73,3 em JUN/09.
- Nos EUA, recuperando perdas recentes, porem com baixos volumes de negócios já que os investidores estão à espera de dados macroeconômicos importantes que saem nos próximos dias, S&P 0,9%, DJ 1,1% e NASDAQ 0,3%, com destaques de alta para as petroleiras Exxon Mobil (2,2%) e Chevron (1,4%), beneficiadas pela valorização do petróleo (3,4%).
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Citando o Brasil como um exemplo a ser seguido, Enrique Iglesias, titular da secretaria-geral ibero-americana, afirmou que a inovação tecnológica deve ser a ferramenta dos países da região para enfrentar a crise financeira internacional, ressaltando também que a posição ocupada pela América Latina no mundo atualmente faz com que a região se aproprie das oportunidades geradas pela crise, principalmente graças à entrada da Ásia na demanda de alimentos, energéticos e metais, que por sua vez oferece grande oportunidade aos países produtores.

Com o objetivo de incentivar projetos de engenharia nos setores de bens de capital, petróleo e gás, naval, aeronáutico, aeroespacial, nuclear, defesa nacional e automotivo, o BNDES anunciou a criação do Programa de Apoio à Engenharia, que terá orçamento de R$ 4bi e, com juros de 6% ao ano, se destinará a apoiar as atividades de engenharia local, voltada ao mercado interno e externo.

Na ''contra-mão'' da tendência mundial do setor, que sofre uma onda de ''quebradeira'', a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, ''animada'' com a prorrogação da isenção do IPI, já espera que o ano de 2009 será o melhor ano em vendas internas da história da industria automobilística brasileira.

Apesar de ainda acreditar em recessão, o ''mercado'' elevou, de -0,57% para -0,50%, suas ''apostas'' para o desempenho do PIB brasileiro em 2009, porem manteve em 4,4% suas expectativas para a inflação deste ano medida pelo IPCA.

Dando novos sinais de que a inflação está ''110% controlada'' e que o Copom pode seguir cortando a taxa de juros, o IGP-M de JUN/09 apontou a quarta deflação consecutiva, desta vez de -0,10%, resultado abaixo das ''apostas do mercado'' (0,15%).

- A Petrobrás subiu 2,5% e, após o fechamento do pregão, a agência de classificação Fitch anunciou que manteve inalterada sua ''nota'' para a empresa, ressaltando que sua perspectiva é de estabilidade.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Apesar de ser o único brasileiro que fala um inglês que Lula entende, o ministro Mangabeira Unger, da Secretaria de Assuntos Estratégicos, como falava demais, muitas vezes por não ter nada a dizer, saiu do governo para retomar sua função de professor na Universidade de Harvard, nos EUA.

Acompanhando, quem diria, pelo PSOL, o senador tucano Arthur Virgílio começou oficialmente ontem uma ofensiva contra Sarney e apresentou denúncia no colegiado pedindo que o peemedebista seja investigado pela edição dos atos secretos, como a nomeação de parentes, e pelos empréstimos consignados fechados pela Casa, muitos deles pela empresa de seu neto, José Adriano Sarney.

Acompanhando Lula, o tucano Aécio Neves, governador de MG, defendeu Sarney, ressaltando que o presidente do Senado tem ''história política'' e um papel muito importante no momento talvez mais importante das últimas décadas que foi a transição democrática.

Como o ''nobre deputado'' tem vários de seus ''colegas nas mãos e nos bolsos'', dificilmente o Conselho de Ética confirmará, amanhã, a cassação do mandato de Edmar Moreira, como recomenda o relatório do petista Nazareno Fonteles.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Com Obama cumprindo uma de suas promessas de campanha, pouco mais de 6 anos depois de Bush declarar, mesmo sem o aval da ONU, o início do ataque norte-americano ao Iraque, as tropas dos EUA, que aliás tiveram 4.313 baixas neste período, deixam ontem as cidades iraquianas, o que é o primeiro passo para a retirada total das forças estrangeiras que ocupam o país desde 2003 baseadas em falsos argumentos sobre o controle de armas de destruição em massa pelo governo do então presidente Saddam Hussein.

Expondo mais uma ''vergonhosa decisão do judiciário brasileiro'', a Unicef criticou oficialmente uma decisão do Superior Tribunal de Justiça que, na última semana, absolveu dois clientes por explorarem sexualmente crianças, sob o argumento de que se tratavam de prostitutas conhecidas.

Tomando uma decisão louvável em prol da economia e principalmente no sentido de reduzir o impacto ambiental de resíduos eletrônicos, ontem os 10 principais fabricantes europeus de telefones celulares se comprometeram a criar um modelo único de carregador para todos os aparelhos que transmitem dados, que começará a ser comercializado em meados de 2010.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário