R.B. 29/MAI/09 ''Recessão é coisa do passado''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Recessão é coisa do passado"

São Paulo, 29 de maio de 2009 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, para fechar MAI/09 acumulando uma valorização superior a 12,2%, diante da consolidação das ''apostas'' de que a economia (1) mundial pode registrar alguma melhora a partir do segundo semestre e (2) brasileira sairá mais ''forte'' da crise financeira mundial.
- O DÓLAR pode seguir em queda, para fechar MAI/09 abaixo dos R$ 2,00 e acumulando uma desvalorização superior a -7,9%, influenciado pelo ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA 2,4%, já abriu em alta e, ignorando os momentos de instabilidade das bolsas de NY, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, para fechar no maior patamar desde SET/08 (aos 53.040pts), impulsionada principalmente por ordens de compra de investidores externos e pela valorização das commodities.
- DÓLAR -0,3% à R$ 2,00, abriu em alta, para na máxima avançar 1,0%, porem, após um pregão marcado pela forte volatilidade, passou a cair na parte da tarde, apesar dos leilões de compra do BC e da elevação do risco-Brasil (1,4%), para fechar no menor patamar desde 1º/OUT/08, assim como na Bovespa diante do crescente fluxo positivo de investimentos estrangeiros.
- Na ÁSIA, seguindo o fechamento positivo das bolsas de NY no dia anterior, JAPÃO 0,1%, sustentada pela desvalorização do iene, que por sua vez ajudou as ações de empresas exportadoras, como Toyota (2,7%), Honda (2,4%) e Toshiba (1,2%), CORÉIA 2,2%, tentando uma recuperação após 5 dias consecutivos de queda, desta vez puxada por ações dos setores de tecnologia e de transporte marítimo e CHINA não teve pregão devido a feriado local.
- Na EUROPA, seguindo a abertura negativa das bolsas de NY, INGLATERRA -0,6%, FRANÇA -0,9% e ALEMANHA -1,4%, com destaques de queda para ações de bancos e montadoras, como Deutsche Bank (-3,7%) e Société Générale (-1,7%), BMW (-2,9%) e Daimler (-3,1%).
- Nos EUA, revertendo uma abertura negativa, S&P 1,5%, DJ 1,2% e NASDAQ 1,2%, beneficiadas pelo inesperado aumento de 1,9% nos pedidos de bens duráveis em ABR/09 na comparação com MAR/09 e pela noticia de que os credores da GM finalmente aceitaram um acordo para a troca de dívida por ações.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Após afirmar que ''recessão é coisa do passado'', que a constante valorização do real é um sinal de confiança na economia brasileira e que as empresas brasileiras devem retomar em breve a captação de recursos com o lançamento de ações na Bolsa de Valores, Mantega, ministro da Fazenda, admitiu que o crescimento da economia em 2010 deve próximo dos 3,5%, abaixo dos 4,5% previstos no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Afetado pelas recentes desonerações tributárias e pela desaceleração da economia, nos 4 primeiros meses de 2009 o superávit primário do setor público consolidado brasileiro caiu -45,9% na comparação com o 1º quadrimestre de 2008.

Sustentadas pelas classes menos abastadas da sociedade, que aliás foram as que menos sofreram os impactos da crise financeira mundial, (1) o setor de vendas diretas, aquelas feitas de porta em porta, registrou expansão real (que já desconta a inflação) de 11,9% na comparação entre o primeiro trimestre de 2009 e o mesmo período de 2008 e (2) nos 4 primeiros meses de 2009 as vendas dos supermercados brasileiros foram 15,7% maiores do que no mesmo período de 2008.

Confirmando mais uma vez que a inflação está ''110% controlada'' e que o Copom pode seguir cortando a Selic, o IGP-M de MAI/09 apresentou uma deflação de -0,07% e com isto acumula uma queda de -1,14% no ano e uma alta de 3,64% nos últimos 12 meses.

No início de 2008 a União Européia, alegando problemas de rastreabilidade, embargou as exportações brasileiras de carne bovina para o velho mundo, porem desde então os pecuaristas brasileiros, alem de diversificarem sua carteira de clientes, conseguiram os certificados necessários para exportar para a Europa e com isto o Brasil deve alcançar, até o final deste ano, volume equivalente a 50% das vendas realizadas em 2007.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Fazendo até Sergio Gabrielli, presidente da empresa, pensar ''com carinho'' na possibilidade de disputar em 2010 uma vaga no Senado pelo Estado, segundo um recente estudo a grande maioria dos municípios beneficiados por programas sociais da Petrobras na Bahia é chefiada por prefeitos petistas.

Colocando mais um ''pecadinho'' em sua coleção, Sarney, presidente do Senado, admitiu que recebia auxílio-moradia, apesar de ter residência própria em Brasília, e pediu desculpas por ter informado equivocadamente que não recebia benefício.

Podendo dar mais poder a Gilmar Mendes, o chefe de capangas que preside Supremo Tribunal Federal e que recebeu R$ 114.205 em diárias de viagem desde que assumiu a presidência da corte, em ABR/08, seus ''colegas'' ministros discutem uma mudança na regra para votações empatadas em julgamentos no plenário, que passaria a dar ao presidente da Corte o direito de votar duas vezes.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Dando mais uma ''amostra grátis'' da péssima qualidade do ensino publico em SP, em um livro distribuído na rede estadual para alunos do 3 ano do ensino fundamental existe uma poesia chamada "Manual de autoajuda para supervilões" na qual, num tom irônico, o poeta mato-grossense Joca Reiners Terron usa frases como "Nunca ame ninguém. Estupre", "Tome drogas, pois é sempre aconselhável ver o panorama do alto" e "Seja um pouco efeminado. Isso sempre funciona com estilistas".
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário