R.B. 28/MAI/09 "Boa explicação"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Boa explicação"

São Paulo, 28 de maio de 2009 (QUINTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve cair, acompanhando o ''humor negativo'' das demais bolsas mundiais e testando o ''suporte'' dos 51.000pts, já que ontem mais uma vez não conseguiu fechar acima dos 52.000pts, porem deve-se ressaltar que, diante da crescente entrada de ''investidores'' externos e das boas perspectivas para a economia brasileira, a tendência ainda é de alta.
- O DÓLAR pode subir, em um ''ajuste técnico'' após 4 pregões consecutivos de queda, seguindo o provável ''humor negativo'' das bolsas mundiais e também pressionado pela expectativa de novos e cada vez maiores leilões de compra do BC.

ONTEM
- BOVESPA -0,1%, abriu em alta, para na máxima avançar 2,4% e atingir os 53.077pts, porem, com bom volume de negócios (R$ 5,3bi), perdeu forças na ultima hora do pregão, pressionada pela piora do ''humor'' nas bolsas de NY, para fechar perto da estabilidade.
- DÓLAR -0,1% à R$ 2,01, já abriu em queda, para na mínima romper o ''suporte'' dos R$ 2,00 e bater 1,99, porem, apesar de mais um recuo consistente no risco-Brasil (-2,8%), devolveu um pouco das perdas na parte da tarde, acompanhando a piora do ''humor'' nas principais bolsas mundiais.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 1,4%, impulsionada pelas ações financeiras e do setor imobiliário, porem com a resistência técnica permanecendo nos 9.500pts, CHINA 1,7% com destaques de alta para as petrolíferas, como PetroChina (4,4%) e Sinopec (2,4%), diante de ''rumores'' de um iminente aumento no preço doméstico dos combustíveis e CORÉIA -0,7%, no menor nível em quase um mês, depois de a Coréia do Norte ameaçar suspender o armistício que em 1953 interrompeu o conflito entre os dois países.
- Na EUROPA, seguindo a abertura positiva das bolsas de NY, INGLATERRA 0,1%, FRANÇA 0,8% e ALEMANHA 0,3%, com destaque positivo para o avanço acentuado nos papéis de bancos, como HSBC (2,0%), BNP Paribas (1,5%) e Santander (2,3%), e impulsionadas pela anuncio de uma leve melhora na confiança dos consumidores franceses.
- Nos EUA, revertendo uma abertura positiva, S&P -1,9%, DJ -2,0% e NASDAQ -1,1%, influenciadas negativamente pela cautela com o futuro da montadora GM, já que seus credores rejeitaram uma proposta de trocar a dívida por ações da companhia, que aliás caminha cada vez mais rumo à concordata.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Apesar de ''garantir'' que sua intenção não é segurar o dólar, Meirelles, presidente do BC, deu um ''claro sinal'' de que fará o possível para impedir que a moeda norte-americana fique abaixo dos R$ 2,00 ao afirmar que a instituição continuará atuando no mercado de câmbio para fortalecer as reservas internacionais, que aliás estão em US$ 205bi.

Dando uma ''boa explicação'' para a enxurrada de dólares que recentemente tem entrado na economia brasileira, segundo o prestigiado diário espanhol El País, o Brasil voltou a ser "o paraíso dos investidores estrangeiros", já que (1) a crise mundial afetou apenas "ligeiramente" o país, que poderá crescer em 2010 de 4% a 5% e (2) os juros, que já baixaram a 10,25%, podem chegar a 9% até o final do ano e mesmo assim seguem ''apetitosos'', já que continuam entre os maiores do mundo.

Tendo o Brasil, que diria hem, a Rússia, a China e a Índia como seus potenciais ''investidores'' e principais interessados, o FMI, pela 1ª vez em sua história, venderá títulos como forma de financiar seus programas de crédito, o que dará maior flexibilidade aos BCs, que poderiam vende-los e comprá-los entre eles, enquanto estes títulos seriam contabilizados como reservas de divisas do país.

Diante da queda da taxa de juros, que já está no menor patamar da história (10,25%), e da ampliação dos prazos de financiamento, o BC informou que em ABR/09 o estoque de dinheiro emprestado na economia brasileira atingiu o número histórico de R$ 1,24tri, alavancado principalmente pela concessão de empréstimos para consumo pessoal.

Com o objetivo de proteger cada vez mais o poupador, que terá que aprender a buscar outras formas de investimento para auferir uma rentabilidade satisfatória diante da tendência declinante da taxa de juros, a CVM prepara mais uma norma que visa detalhamento e descrição maiores dos fundos de investimento, principalmente para o varejo.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Com a CPI da Petrobrás nas mãos do PMDB, caso o PT concorde em dar mais espaço aos peemedebistas nas eleições para os governos Estaduais e para o Senado em 2010, as investigações podem se concentrar também na administração da empresa durante o governo FHC.

Se preparando para ''entrar de cabeça'' na CPI da Petrobrás, ontem, com a ''boa vontade'' da oposição, o Senado aprovou (1) o projeto de conversão à medida provisória que autoriza o Tesouro Nacional a conceder crédito de R$ 100 bilhões ao BNDES e (2) a MP 456, que elevou o valor do salário mínimo de R$ 415,00 para R$ 465,00 desde 1º/FEV/09.

Dando um ''recadinho'' à Serra, governador de SP, que aliás é o principal ''obstáculo'' para a aprovação de uma reforma tributária mais ampla, Aécio, governador de MG, contrariado pela decisão recente de uma tradicional empresa mineira de laticínios de investir R$ 20 milhões na abertura de uma nova fábrica no interior de SP, defendeu o fim da "perversa guerra fiscal" entre os Estados e pediu respeito às regras do Conselho Nacional de Política Fazendária.

Confirmando que o Senado é uma ''toca de raposas'', 8 dos 11 senadores escalados para investigar supostos desvios de verba e de conduta na Petrobras respondem a processos criminais no Supremo Tribunal Federal e/ou receberam doações de campanhas de empresas ligadas à estatal por contratos ou parcerias.

Podendo ''enterrar'' a carreira política de Alckmin, aliados de Kassab, animados por pesquisas de intenção de voto que mostram o prefeito paulistano bem posicionado no Estado de SP, já começaram a alimentar o nome do prefeito como possibilidade para entrar na corrida pelo Palácio dos Bandeirantes em 2010.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Finalmente isolando a terra do maluco Kim Jong-il, o ditador da Coréia do Norte que resolveu ''brincar'' com armas atômicas, o Conselho de Segurança da ONU, após conseguir o aval de China e Rússia, decidiu expandir as sanções contra o país em resposta ao teste nuclear realizado pelo regime comunista na última segunda-feira.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário