R.B. 10/MAR/09 ''Um trem que vem para nos atropelar''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Um trem que vem para nos atropelar"

São Paulo, 10 de março de 2009 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após 3 pregões consecutivos de queda, já que, desviando as preocupações com a economia global, crescem as ''apostas'' de que o corte da taxa de juros pelo Copom será superior a -1,0%.
- O DÓLAR pode cair, ainda com ''boas chances'' de fechar o mês próximo dos R$ 2,30, acompanhando a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e o crescente fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA -1,0%, abriu em queda, para na mínimar recuar -1,9%, porem, em mais um dia marcado pela forte volatilidade, já que na máxima avançou 1,0%, e pelo baixo volume de negócios (R$ 2,7bi), voltou a cair na ultima hora do pregão, já que novamente o mercado doméstico não resistiu ao ''humor negativo'' das bolsas de NY.
- DÓLAR 0,2% à R$ 2,38, abriu em queda, para na mínima recuar -1,2%, porem, seguindo a piora do ''humor'' nas bolsas mundiais, passou a subir na parte da tarde, também acompanhando a elevação do risco-Brasil (0,2%).
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -1,2%, no menor patamar desde OUT/82 (mais de 26 anos), desta vez pressionada pela forte queda das ações de empresas do setor imobiliário e de seguradoras, como Mitsui Fudosan (-8,2%), Mitsubishi Estate (-5,5%) e Tokio Marine (-5,6%), CHINA -3,4%, diante de crescentes preocupações com a perspectiva de piora nos dados econômicos locais em FEV/09, a serem anunciados esta semana e que podem mostrar o início de uma deflação e CORÉIA 1,6%, na ''contra-mão'' da tendência local, sustentada pela ''caça de barganhas'' entre as ''blue chips'', como Samsung Electronics (2,4%) e Hyundai Motor (1,6%).
- Na EUROPA, também sem uma tendência única, INGLATERRA 0,3%, FRANÇA -0,6% e ALEMANHA 0,7%, já que a pressão negativa das ações de empresas do setores financeiro, como Credit Suisse (-6,7%), HSBC (-3,3%) e Barclays (-5,2%), foi parcialmente compensada pela alta no setor farmacêutico após o anúncio da aquisição da Schering-Plough pela Merck, por US$ 41,1bi.
- Nos EUA, voltando aos menores patamares em cerca de 12 anos, após mais um pregão marcado pela forte volatilidade, S&P -1,0%, DJ -1,2% e NASDAQ -1,9%, diante da ausência de indicadores que norteassem os negócios e em meio ao pessimismo dos investidores.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Enxergando uma luz no fim do túnel e torcendo para que ela não seja ''um trem que vem para nos atropelar'', os presidentes dos principais BCs do mundo, reunidos no encontro do G-10, ''apostam'' que a economia global está se aproximando de um ponto de recuperação, principalmente se forem considerados alguns elementos positivos, como a queda dos preços do petróleo e outras matérias-primas, assim como os pacotes de estímulo adotados pelos governos para enfrentar a crise e até, para os ''espanto geral'' dos neo-liberais que ainda restam, o resgate estatal das gigantes do setor de hipotecas dos EUA.

Hoje começa a reunião do Copom e, dando 3 novos, e bons, motivos para a autoridade monetária reduzir a Selic em até -1,5%, de 12,75% para 11,25%, (1) o ''mercado'' reduziu, de 4,66% para 4,57%, suas ''apostas'' para o IPCA de 2009, (2) o IGP-M de FEV/09 registrou deflação de -0,13%, resultado abaixo do auferido em JAN/09 (0,01%) e também aquém das ''apostas do mercado'' (0,21%) e (3) o uso da capacidade instalada na industria brasileira caiu de 83,3% em JAN/08 para 78,4% em JAN/09, o que representa o menor patamar desde NOV/03.

Pressionados pelas perspectivas de novas quedas na taxa básica de juros e pela redução na demanda por crédito, porem ainda apresentando patamares muito elevados, no inicio de MAR/09, pelo terceiro mês consecutivo, as taxas dos juros bancários tiveram leve recuo de -0,09% na taxa média do empréstimo pessoal, que agora ficou em 5,8% ao mês, e de -0,01% no cheque especial para pessoa física, que agora está em 9,17% ao mês.

Após a divulgação de que em JAN/09 o faturamento da industria brasileira foi -13,4% menor que em JAN/08, a Confederação Nacional da Indústria (CNI), se preparando para o pior, já espera que em 2009 o setor ficará ''no vermelho'' e com isto o PIB do Brasil pode ficar próximo de zero.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Apresentando um dado muito estranho para uma área aonde a produtividade é tão baixa, o Senado Federal, que não votou nenhum projeto de lei este ano, já pagou pelo menos R$ 6,2 milhões em horas extras para seus 3.883 funcionários apenas em JAN/09, mês em que a Casa estava em recesso e quando não houve sessões, reuniões e nenhuma atividade parlamentar.

Mostrando mais um pouco ''de seu poder e de sua influencia'', Renan, pouco mais de um ano após sua absolvição no processo de cassação que investigou uso de dinheiro de um lobista para pagar pensão a uma filha fora do casamento, já é líder do PMDB e está premiando com cargos importantes no Senado a tropa de choque que assumiu a linha de frente de sua defesa, como o peemedebista Almeida Lima, que ontem ganhou a presidência da poderosa Comissão Mista do Orçamento, responsável pela elaboração do Orçamento de 2010, ano de sucessão presidencial.

Confirmando que a corrupção é uma ''doença'' do poder, o deputado Chico Alencar, do PSOL do RJ, gastou R$ 26.250 da verba indenizatória em 2008 com serviços prestados pela empresa Eco Social Consultoria, de propriedade do ex-deputado e hoje vereador João Alfredo, do mesmo partido.

Mostrando que aprendeu com as ''lições'' de 2006, quando a falta de palanques tucanos nos Estados dificultou a campanha de Alckmin à Presidência, o PSDB já se movimenta para que em 2010 a sigla lance ou apóie um único candidato por Estado, seja ele tucano, do DEM, do PPS ou até, se tudo der certo, do PMDB.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Tão inútil, dispensável e atrasada quanto a igreja que excomungou uma criança de 9 anos que fez um aborto após ser estuprada pelo padrasto, foi a opinião do promotor de justiça de Pernambuco, que afirmou que excomunhão pode ser contestada na Justiça.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário