R.B. 20/FEV/09 ''Os gringos estão voltando''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Os gringos estão voltando"

São Paulo, 20 de fevereiro de 2009 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, acompanhando a provável recuperação das bolsas de NY, que fecharam no pior patamar desde OUT/02, e também beneficiada pela recuperação dos preços das commodities no mercado internacional.
- O DÓLAR pode cair, já que, apesar da manutenção da instabilidade externa, volta a ficar cada dia mais positivo o fluxo de recursos externos destinados a ''investimentos'' no ainda elevado patamar da taxa real de juros do Brasil (cerca de 7,0%).

ONTEM
- BOVESPA 0,1%, abriu em alta, para na máxima avançar 1,7% e, apesar da trajetória negativa das bolsas de NY e do baixo volume de negócios (R$ 2,9bi), conseguiu manter-se em alta ao longo de ''quase'' todo pregão, diante da divulgação de bons balanços por algumas das mais importantes empresas brasileiras.
- DÓLAR 0,0% à R$ 2,35, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 2,32 e, apesar do recuo do risco-Brasil (-3,4%) e dos leilões de venda do BC, fechou o dia próximo da estabilidade, diante das perdas das bolsas de NY.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,3%, sustentada pelas exportadoras, como Toyota (2,2%) e Toshiba (3,8%), diante da desvalorização da moeda loca (o iene) frente ao dólar, CHINA 0,8%, com destaques de alta para ações de empresas relacionadas à infraestrutura, como companhias siderúrgicas e de cimento, diante das ''apostas'' de que esses setores irão se beneficiar com novas medidas de estímulo por parte do governo local e CORÉIA -0,5%, a quarta baixa consecutiva e desta vez com destaques de queda para ações de corretoras, como Mirae Asset Securities (-2,7%) e Hanwha Securities (-5,3%).
- Na EUROPA, também sem uma tendência única, INGLATERRA 0,3%, FRANÇA -0,1% e ALEMANHA 0,2%, diante da apresentação de resultados corporativos desiguais de gigantes como Nestlé (5,2%) e Axa (-9,1%) e da ausência de evidências de que as medidas de estímulo dos governos ao redor do mundo estão tendo algum efeito.
- Nos EUA, revertendo uma abertura positiva, para fecharem nos piores patamares desde OUT/02, S&P -1,2%, DJ -1,2% e NASDAQ -1,7%, prejudicadas pela divulgação de dados econômicos e de emprego desfavoráveis, que evidenciam a deterioração da economia do país.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Constatando, na prática, algo que já se previa, Guilherme Pedras, coordenador da Dívida Pública do Tesouro Nacional, citou a crescente demanda por prefixado de longo prazo e também o retorno de aplicações de estrangeiros como exemplos de que o investidor está mais confiante nas perspectivas para a economia brasileira.

Confirmando que, em busca de rentabilidade com segurança, ''os gringos estão voltando'', a participação de investidores estrangeiros na dívida pública federal interna subiu de 6,05% em OUT/08, pior momento da crise externa, para 6,20% em NOV/08 e posteriormente para 6,50% em DEZ/08.

Mostrando que, mesmo diante da crise externa, o governo continua controlando de forma eficiente as contas publicas, em JAN/09 a divida publica federal teve uma redução de -3,23% na comparação com DEZ/08.

Indicando que o investidor brasileiro, em busca de segurança e bons rendimentos, está cada dia mais ''sofisticado'', em JAN/09 o saldo de recursos aplicados em títulos públicos por meio do Tesouro Direto alcançou R$ 2,5bi, o que representa um crescimento de 76,4% nos últimos 12 meses, porem, mostrando que o setor ainda pode crescer muito, o volume de recursos aplicados nestes papéis, que aliás são destinados apenas a pessoas físicas, representa menos de 1% do volume de recursos direcionados à caderneta de poupança, que ainda é a aplicação mais popular do país.

Como os empresários brasileiros, se antecipando a uma crise cujas premissas passam longe da economia brasileira, gostam de privatizar os lucros e de socializar os prejuízos, em JAN/09 foram cortadas 101.748 vagas formais de emprego, o que representa o pior resultado para o período desde JAN/96.

- A Usiminas caiu -0,1%, após anunciar que no quarto trimestre de 2008 seu lucro liquido foi -14% menor que no mesmo período de 2007.
- A Gerdau caiu -2,1%, após divulgar que seu lucro liquido no quarto trimestre de 2008 foi -67,1% menor que no mesmo período de 2007.
- A Vale saiu 0,6% e, após o fechamento do pregão, anunciou que no quarto trimestre de 2008 seu lucro liquido foi 136,8%maior que no mesmo período do ano anterior.
- A Embraer caiu -1,8% e, apesar de ter acumulado um lucro recorde em 2008, anunciou a demissão de mais de 4.000 funcionários.
- A Natura subiu 1,1%, já que informou que seu lucro líquido de 2008 foi 17,3% maior que em 2007.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Fazendo mais um pouco de propaganda gratuita para Lula, que depois desta provavelmente deve novamente subir nas pesquisas de popularidade, a oposição agora quer questionar na justiça o encontro que o presidente, ''coincidentemente'' acompanhado de Dilma, teve recentemente com os prefeitos em Brasília.

Ontem o ''nanico'' PTC, sem falar de seus ideais e de seus projetos, usou seu ''horário nobre'' na TV para se apresentar como uma ''legitima legenda de aluguel'', incitando, com o slogan ''aqui você tem mais chance'', os políticos brasileiros a ingressarem no partido para disputar as eleições de 2010.

Ainda sem apresentar provas, o PSOL afirmou ter tido acesso a vídeos e áudios que mostram a prática de caixa dois na campanha do PSDB ao governo gaúcho e o envolvimento direto da governadora Yeda Crusius no desvio de dinheiro do Detran.

Mostrando porque saiu do governo, a senadora petista Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente, quer reduzir no Congresso o tamanho das áreas que o governo Lula pretende legalizar na Amazônia, ressaltando que a medida provisória (MP) assinada por Lula dará o aval à ocupações feitas por grileiros associados à violência e ao desmatamento.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Dando um bom exemplo que, em uma sociedade desenvolvida, deveria ser uma obrigação, a concessionária elétrica do Ceará está concedendo descontos de até 100% na conta de energia dos consumidores que encaminham seu lixo, devidamente separado, para um centro de reciclagem.

Como a vitória de Obama acabou com a ''farra dos amigos de Bush'', a companhia petrolífera British Petroleum foi condenada a pagar US$ 179mi para encerrar um processo por poluição depois de uma explosão em uma de suas refinarias no Texas em 2005.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário