R.B. 18/FEV/09 ''Todo megaespeculador é solidário''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Todo megaespeculador é solidário"

São Paulo, 18 de fevereiro de 2009 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, com ''boas chances'' de voltar a fechar acima dos 40.000pts, acompanhando a melhora do ''humor'' nas bolsas de NY e também influenciada pelos sinais de recuperação da economia brasileira.
- O DÓLAR pode cair, com ''boas chances'' de recuar para R$ 2,30, influenciado pelo ainda positivo fluxo de recursos externos e pelos mesmos motivos que devem levar à recuperação da bolsa brasileira.

ONTEM
- BOVESPA -4,8%, já abriu em queda e, seguindo a piora do ''humor'' externo e o recuo das commodities, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, diante do aumento dos ''temores'' de recessão nos EUA e na Europa.
- DÓLAR 2,1% à R$ 2,32, já abriu em alta e, também seguindo o ''humor negativo'' das bolsas mundiais, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, também influenciado pela elevação do risco-Brasil (6,6%).
- Na ÁSIA, seguindo o fechamento negativo das bolsas da Europa no dia anterior, JAPÃO -1,4%, no menor patamar desde 28/OUT/09, pressionada por ações de grandes bancos, como Mitsubishi Financial (-4,0%) e Mizuho Financial (-3,8%), que seguiram o movimento de seus concorrentes europeus no dia anterior, CHINA -3,5%, realizando lucros recentes, com destaques de queda para ações de companhias siderúrgicas, como Baoshan Iron & Steel (-5,3%) e Wuhan Iron & Steel (-6,1%), diante de preocupações com uma possível desvalorização da moeda local (o yuan), o que faria os papéis chineses ficarem menos atraentes e CORÉIA -4,1%, no menor patamar em 3 mais de 3 semanas, com a queda da moeda local (o won) frente ao dólar prejudicando as ações das companhias aéreas, como Korean Air (-7,3%) e Asiana Airlines (-7,1%), que podem enfrentar um aumento da dívida denominada em dólar e uma redução do apetite dos consumidores por viagens ao exterior.
- Na EUROPA, após o anuncio de que em 2008 a zona do euro registrou o maior déficit comercial de sua história (US$ -40,5bi), INGLATERRA -2,4%, FRANÇA -2,9% e ALEMANHA -3,4%, seguindo a abertura negativa das bolsas de NY e pressionadas novamente pelo fraco desempenho dos bancos, como KBC (-12,9%), Société Générale (-9,6%), UniCredit (-6,9%) e Erste Bank (-17%).
- Nos EUA, assoladas pela amplitude da crise financeira, para fecharem próximas do piso alcançado em NOV/08, S&P -4,7%, DJ -3,8% e NASDAQ -4,1%, apesar da promulgação do plano de reativação econômica de Obama, que aliás ''garantiu'' que seu pacote marca o "começo do fim" da crise no país.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Aumentando a lista daqueles que corroboram com a opinião do governo brasileiro, Enrique Iglesias, ex-chefe do BID e atual secretário-geral da Comunidade Iberoamericana, ''avisou'' que a América Latina escapará da atual crise econômica, ressaltando que a região está mais bem preparada devido ao seu crescimento sustentado durante os últimos anos, à baixa inflação e à correta política monetária.

Dando novos sinais de recuperação da economia brasileira, (1) nos 15 primeiros dias de FEV/08 foram vendidos 7,4% mais automóveis e comerciais leves do que no mesmo intervalo em 2008, (2) em 2008 as vendas no setor varejista cresceram 9,1% na comparação com o ano anterior, apesar do recuo de -0,3% em DEZ/08 na mesma base de comparação e (3) a Renault do Brasil, diante de uma inesperada recuperação das vendas, decidiu reconvocar metade dos 854 trabalhadores que tiveram o contrato suspenso por 5 meses em JAN/09.

''Apostando'' que a economia brasileira sairá ''mais forte e mais importante'' da atual crise mundial, o megaespeculador George Soros, que como ''todo megaespeculador é solidário'' vendendo na alta e comprando na baixa, anunciou que comprou cerca de R$ 1,7bi em ações da Petrobras ao longo do último trimestre do ano passado.

Acreditando que ''a união faz a força'', após se reunir com o chanceler argentino Jose Taiana, Celso Amorim, ministro brasileiro das relações exteriores, afirmou que o Mercosul deve adotar mecanismos de defesa comercial comum contra eventuais efeitos de medidas protecionistas dos países ricos, ressaltando também que a crise mundial criou "a hora da verdade " para a evolução do comércio e das relações do bloco.

- A Petrobrás caiu -5,4%, acompanhando o recuo de -7,1% do preço do petróleo, apesar de ter anunciado que em JAN/09 bateu seu recorde histórico de produção domestica do ''ouro negro''.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Como Serra não quer assumir sua candidatura, já que assim vira ''vidraça'' antes da hora, e também não quer a realização das prévias no PSDB, já que acredita que assim os tucanos ficarão desunidos, causou constrangimento as declarações do presidente nacional dos tucanos, o senador Sérgio Guerra, que afirmou ter recebido o aval do governador de SP e do ex-presidente FHC para submeter a voto a escolha do candidato do partido à sucessão presidencial.

Com as ''tetas do governo'' cada dia mais inchadas e doloridas, em 2008 cresceu 125% o número de deputados federais que passaram a solicitar o ressarcimento total da verba indenizatória a que têm direito, que soma R$ 180 mil anuais.

Parado desde a eleição para presidência da Casa, vencida por Sarney, o Senado Federal, diante de um racha na base governista, ainda não definiu os novos presidentes das comissões, com isto nenhuma matéria foi discutida ou votada pelos ''nobres senadores'' este ano e os ''trabalhos'' só devem começar após o Carnaval.

Aumentando ainda mais o poder do PMDB, ontem o Tribunal Superior Eleitoral decidiu que o senador peemedebista José Maranhão, segundo colocado nas eleições de 2006, assumirá o governo da Paraíba no lugar do tucano Cássio Cunha Lima, que teve seu mandato cassado por abuso de poder econômico e conduta vedada pela lei.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Afirmando algo que deveria ser óbvio, mas que infelizmente não é, Dominique Strauss-Kahn, diretor-gerente do FMI, defendeu que se "reaja com dinamite" aos paraísos fiscais e que sejam demitidos os executivos de bancos que não tenham realizado seu trabalho bem.

Sem nenhum compromisso com uma educação de qualidade, o que aliás deveria ser a principal meta de qualquer governante brasileiro, a Secretaria da Educação do estado de SP, governado a quase 20 anos pelos tucanos, está construindo 41 salas de aula improvisadas, que são verdadeiros "puxadinhos" com paredes de madeirite e telhado de amianto, para atender à demanda provocada com o final do chamado "turno da fome", período de aulas entre 11h e 15h.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário