R.B.14/JAN/09 "Holofotes da política"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Holofotes da política"

São Paulo, 14 de janeiro de 2009 (QUARTA-FEIRA).
-------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, acompanhando a provável melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, diante das boas perspectivas para a posse de Obama e das ''apostas'' de que o Copom cortará a taxa básica de juros em ''no mínimo'' -0,5% na reunião dos dias 20 e 21/JAN/09.
- O DÓLAR pode cair, retomando sua ''trajetória natural'' após 2 dias consecutivos de alta, seguindo a provável melhora do ''humor'' nas bolsas mundiais e o crescente retorno dos ''investidores externos'' à Bovespa.

ONTEM
- BOVESPA 0,4%, abriu em queda, para na mínima recuar -1,9%, porem, em um pregão marcado pela forte volatilidade, passou a subir ainda na parte da manhã, para na máxima avançar 2,2%, apesar da trajetória negativa das bolsas de NY, impulsionada principalmente pelas ações da Vale (2,2%) e da Petro (0,8%), que aliás são as "portas de entrada" para os estrangeiros na Bolsa.
- DÓLAR 1,4% à R$ 2,33, abriu em queda, para na mínima recuar -0,5%, porem, apesar dos 2 leilões de venda do BC, passou a subir ainda na parte da manhã, com o ''mercado testando os limites'' da autoridade monetária brasileira.
- Na ÁSIA, JAPÃO -4,8%, ''ajustando-se'' aos 2 últimos pregões fracos das bolsas de NY, quando esteve fechada devido à feriados locais, diante das perspectivas pessimistas para os balanços das empresas e do receio quanto ao impacto da valorização do iene sobre os resultados de importantes companhias de tecnologia, CHINA -2,0%, a segunda baixa consecutiva, desta vez prejudicada pelos fracos números da exportação e importação em DEZ/08 e pelo contínuo declínio nos preços globais das commodities e CORÉIA 1,0%, na ''contra-mão'' da tendência local, liderada pelas ações do setor financeiro e de estaleiros.
- Na EUROPA, seguindo a trajetória negativa das bolsas de NY, para fecharem em queda pelo 5ª pregão consecutivo, INGLATERRA -0,6%, FRANÇA -1,6% e ALEMANHA -1,7%, desta vez com destaques de queda para as ações dos bancos, como Barclays (-10,1%), SEB (-5,8%), Santander (-3,4%) e Deutsche Postbank (-11,7%), diante das perspectivas negativas para o cenário econômico.
- Nos EUA, sem uma tendência única, S&P 0,2%, DJ -0,3% e NASDAQ 0,5%, diante das expectativas, majoritariamente negativas, dos investidores em relação à nova temporada de resultados de empresas e das declarações de Bernanke, presidente do Fed (''BC'' dos EUA), de que o pacote anticrise pode dar um "impulso significativo" para a economia.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Com o objetivo de ao menos manter os atuais patamares de emprego e consumo, o governo Federal confirmou que nos próximos os ministros Mantega, da Fazenda, e Paulo Bernardo, do Planejamento, anunciarão novas medidas de estimulo à economia.

Apesar de afirmar que os pacotes de estimulo à economia, como os da Alemanha e dos EUA, são medidas corretas, o FMI, ao anunciar uma nova redução das suas previsões de crescimento em 2009, se referiu ao atual panorama econômico mundial como "triste", ressaltando também a necessidade dos países adotarem reformas estruturais como (1) regulação monetária, (2) controle dos gastos e (3) reforma do sistema tributário.

Confirmando a urgência de o governo anunciar medidas de estimulo à economia, como a redução de juros e de impostos, (1) em NOV/08 o nível de emprego na indústria caiu -0,6% na comparação com OUT/08, apresentando o pior resultado desde OUT/06 e (2) segundo projeções de FGV, em DEZ/08 a produção industrial no Estado de SP deve apresentar uma queda de -13,5% na comparação com NOV/08.

Indicando que, apesar da crise externa, os investidores externos estão ''de olho'' no Brasil, segundo uma recente pesquisa feita entre os membros da associação americana de investidores estrangeiros em imóveis, o mercado imobiliário brasileiro subiu da 11ª para a 2ª posição na lista dos países mais atraentes para investimentos neste setor em 2009.

A Petrobrás anunciou que em DEZ/08 bateu seu recorde mensal de exportação, com uma média de 620 mil barris por dia e, ''apostando'' no Brasil, o grupo britânico de gás e óleo BG informou que planeja investir até US$ 5,0bi para ampliar sua participação na mais notável descoberta de reservas de petróleo em muitos anos, a bacia do pré-sal.

Mostrando que, apesar da crise externa, o Brasil continua se destacando naquilo que faz de melhor, que é produzir produtos agricolas, em 2008 a receita cambial com as exportações de frango foi 40% maior do que em 2007 e o volume exportado aumentou 11% na mesma base de comparação.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Após mais de 1 ano afastado dos ''holofotes da política'', já que renunciou à presidência do Senado para evitar um processo de cassação, o peemedebista Renan Calheiros colheu 14 assinaturas entre seus ''companheiros'' de partido e assim já garantiu a indicação para ser o líder da bancada do PMDB a partir de FEV/09.

Com o objetivo de minar a candidatura de Sarney à Presidência do Senado, os senadores Garibaldi Alves, do PMDB, e Tião Viana, do PT, deram uma entrevista conjunta para reafirmarem suas candidaturas à Presidência da Casa.

Pressionada pela opinião publica, ontem a Mesa Diretora da Câmara voltou atrás nas decisões polêmicas tomadas na semana passada e decidiu anular a liberação do pagamento do adicional de especialização aos servidores, que teria um custo de R$ 4 milhões ao mês, e a autorização para que o Sindicato dos Servidores do Legislativo negociasse a incorporação de 12 mil servidores comissionados no sistema de saúde da Casa.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Engrossando as fileiras dos fãs da atual política social brasileira, Juan José Daboub, diretor-executivo do Bird, elogiou o Bolsa Família como medida de combate à crise financeira, ressaltando que os países da América Latina e do Caribe deveriam copiar o governo brasileiro.

Responsável direto pelo assassinato de milhares de iraquianos e pela maior crise financeira desde 1929, Bush teve a ''cara de pau'' de afirmar que deixará o governo dos EUA, em 20/JAN/09, com um "sentimento de trabalho cumprido e de cabeça erguida".
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

2 comentários:

  1. Alfredo;
    Muite legal este novo blog, sou leitor antigo e acredito que o produto ficou muito mais profissional!
    Confordo com sua opinião sobre o Bolsa-família, o fato é que no Brasil as ''elites'' não gostam de coisas que beneficiem os probres.
    Abraço
    Thiago Santos Neuberger

    ResponderExcluir
  2. Como faço para ter sua ajuda para investir na Bolsa? Tenho umas economias e acho que agora, que está tudo baratinho, é a hora certa! O que vc acha?
    Pedro Antunes, email pantunes10@gmail.com

    ResponderExcluir