R.B. 8/JAN/09 "Bons amigos"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Bons amigos"

São Paulo, 8 de janeiro de 2009 (QUINTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve voltar a cair, ainda influenciada pela divulgação de dados econômicos negativos, tanto no Brasil como no exterior, porem deve-se ressaltar que este é um bom patamar para a compra, diante do aumento das ''apostas'' de que o Copom cortará a taxa básica de juros em -0,5% na reunião dos dias 20 e 21/JAN/09.
- O DÓLAR pode volta a subir, seguindo a manutenção do ''humor negativo'' nos principais mercados do mundo, porem deve-se ressaltar que a tendência permanece de queda, principalmente diante das boas perspectivas para a economia brasileira.

ONTEM
- BOVESPA -3,5%, já abriu em queda e, realizando lucros após 6 altas consecutivas, manteve a trajetória de baixa ao longo de todo pregão, acompanhando o desempenho negativo das bolsas de NY e também influenciada pela divulgação de dados econômicos negativos e pelo forte recuo do petróleo (-12,2%).
- DÓLAR 2,7% à R$ 2,24, já abriu em alta e, em um ''ajuste técnico'' após 3 baixas consecutivas, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, influenciado pela ausência dos leilões de venda do BC e acompanhando a piora do ''humor'' nas bolsas mundiais e a elevação do risco-Brasil (3,9%).
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 1,7%, o sétimo pregão consecutivo de alta, com volume de negócios relativamente elevado e com as montadoras e as empresas do setor de tecnologia ainda se beneficiando da desvalorização da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA -0,7%, pressionada pelas perdas nas ações de bancos, diante dos ''temores'' de que mais investidores estrangeiros irão vender suas participações nas instituições financeiras locais e CORÉIA 2,8%, a quinta alta consecutiva, ainda diante da expectativa de que os planos de estímulo ajudem a economia global.
- Na EUROPA, realizando lucros após uma série de 5 sessões consecutivas de alta, INGLATERRA -2,8%, FRANÇA -1,5% e ALEMANHA -1,8%, diante dos ''temores'' sobre os resultados das companhias após o relatório de emprego ADP mostrar um corte de vagas no setor privado norte-americano em DEZ/08 bem maior que o esperado.
- Nos EUA, também realizando lucros recentes, S&P -3,0%, DJ -2,7% e NASDAQ -3,2%, afetadas pelos dados negativos de emprego e por um relatório sobre a economia mundial, do Citigroup, que prevê "uma recessão global sincronizada em 2009".
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Como a crise financeira mundial reduzindo os investimentos e conseqüentemente a demanda por crédito, Marcio Cypriano, presidente da federação dos bancos (Febraban), pediu a antecipação da reunião do Copom, marcada para os dias 20 e 21/JAN/09, para baixar a taxa básica de juros, o que foi classificado como ''um milagre'' por Luiz Aubert Neto, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

Com os ''investidores'' externos tendo que quitar dívidas nos EUA, o BC, que aliás tem se abstido de intervenções no mercado de moeda, informou que em 2008, considerando-se somente as operações da área financeira, o Brasil teve um saída histórica de US$ -48,9bi, que é a maior desde 1982. Já no fluxo cambial, que leva em conta também as operações de comércio exterior, o resultado ficou negativo em ''apenas'' US$ -983mi.

Como sabe que ''vai ter que rebolar'' para fazer a economia brasileira crescer mesmo com a crise externa, segundo Mantega, ministro da Fazenda, o governo deverá anunciar nos próximos 15 dias novas medidas de incentivo ao setor de construção civil, desta vez com medidas voltadas para a habitação popular.

Diante das perspectivas de que a crise econômica prevaleça em 2009, fazer um criterioso planejamento financeiro, tanto para as pessoas como para as empresas, é ainda mais fundamental para se precaver de alguns imprevistos, por exemplo, como o desemprego e a perda de clientes, e até começar a investir, se houver condições para isso, principalmente no mercado de ações, que se tornou bastante atraente para quem quer poupar a longo prazo (mais de 18 meses), uma vez que os títulos brasileiros estão em patamares atraentes.

Pressionada principalmente pela forte alta do dólar em 2008 (31,3%), o IGP-DI, apesar de apresentar deflação de -0,44% em DEZ/08, acumulou uma alta de 9,1% no ano passado, contra 7,89% vistos em 2007.

- A CSN caiu -4,0% porem, após o fechamento do pregão, anunciou a abertura de um programa de recompra de até 9.720 milhões de ações da própria empresa, ressaltando que o objetivo é maximizar a geração de valor para o acionista.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Apesar do petista Tião Viana ser o ''candidato oficial'' do governo, o Palácio do Planalto passou a considerar como ''quase certa'' a eleição de Sarney como o próximo presidente do Senado, já que o peemedebista deu sinais, nos últimos dias, de que estaria disposto a rever sua posição diante do ambiente de consenso que começa a ser criado em torno do seu nome.

Comprovando o recente Estudo do Ipea que mostra que, nos últimos 10 anos, governos estaduais aumentaram as despesas de custeio da máquina de 1,1% para 6,09% do PIB, (1) no ultimo dia de trabalho de 2008 o Conselho Nacional de Justiça abriu exceções ao teto salarial legal dos servidores públicos, hoje fixado em R$ 24,5 mil, permitindo que aqueles que acumulem mais de um emprego público recebam acima desse limite e (2) ontem a Mesa Diretora da Câmara aprovou uma regulamentação de uma lei que prevê uma gratificação por especialização aos servidores da Casa, o que inicialmente custará até R$ 4 milhões por mês aos cofres públicos.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Cercada de ''bons amigos'', ontem Israel foi alvo de 3 foguetes disparados do Líbano e prontamente respondeu enviando 5 mísseis ao país vizinho, com isto o número de mortos desde 27/DEZ/08, quando Gaza foi atacada pela primeira vez, já chegou a 702.

Ressaltando, com toda razão, que é perigoso os EUA terem 2 políticas externas, Obama também indica com isto que após sua posse, em 20/JAN/09, as coisas devem mudar e que a ''sonhada paz'' entre Israel e Palestina pode ser negociada.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário