R.B. 7/JAN/09 ''Autoridades competentes''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Autoridades competentes"

São Paulo, 7 de janeiro de 2009 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE

- A BOVESPA deve cair, realizando lucros após 6 pregões consecutivos de alta e usando como ''desculpa'' os sinais de desaceleração da economia brasileira, porem deve-se ressaltar que a tendência ainda é de alta, diante das ''apostas'' de queda dos juros no Brasil e de que Obama anuncie um novo pacote após sua posse.
- O DÓLAR pode subir, em um ''ajuste técnico'' após 4 quedas consecutivas e influenciado pela provável queda da Bovespa, porem deve-se ressaltar que a tendência ainda é de queda, diante do retorno, ainda cauteloso, dos ''investidores'' estrangeiros.

ONTEM

- BOVESPA 1,9%, já abriu em alta e, com bom volume de negócios (R$ 4,3bi), manteve a trajetória positiva ao longo de todo pregão, para fechar no maior patamar desde 3/OUT/08, desta vez acompanhando a valorização das bolsas de NY.
- DÓLAR -3,2% à R$ 2,18, já abriu em queda e, seguindo o ''humor positivo'' das bolsas mundiais, manteve a trajetória negativa ao longo de todo pregão, para fechar no menor patamar desde 7/NOV/08, também influenciado pelo recuo do risco-Brasil (-0,8%).
- Na ÁSIA, estimuladas pela expectativa de um plano de estímulo econômico de larga escala do futuro governo norte-americano, JAPÃO 0,4%, novamente com destaques de alta para as exportadoras, como Sony (7,6%), Canon (5,1%) e Tokyo Electron (5,8%), beneficiadas pela desvalorização da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA 3,0%, impulsionada por fortes ganhos nas ações de empresas produtoras de carvão e em companhias do setor imobiliário e CORÉIA 1,8%, no maior patamar em 1 semanas, desta vez impulsionada pelos fabricantes de chips, como Samsung (4,6%) e Hynix Semiconductor (2,4%), diante do anuncio de continuação da alta de preços no mercado à vista memória RAM.
- Na EUROPA, seguindo o bom desempenho das bolsas de NY, INGLATERRA 1,3%, FRANÇA 1,1% e ALEMANHA 0,8%, com destaques de alta para as montadoras, como Porsche (1,2%), Volkswagen (11,9%) e Daimler (3,3%), também beneficiadas pelo aumento das ''apostas'' de corte de juro pelo BC Europeu e pelas expectativas positivas de um novo pacote de estímulo econômico nos EUA.
- Nos EUA, diante da perspectiva de que o Fed (''BC'' local) manterá as taxas de juros baixas por algum tempo, S&P 0,8%, DJ 0,7% e NASDAQ 1,5%, apesar da divulgação de alguns dados econômicos negativos, como a queda histórica nas encomendas de bens duráveis em NOV/08 (-4,6%) e o recuo de -4,0% nas vendas pendentes de casa também em NOV/08.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Corroborando com a opinião do governo brasileiro, Jim O'Neill, o criador do termo "Bric'', afirmou que Brasil, Rússia, Índia e China (1) serão os lideres da expansão da demanda econômica global nos próximos 3 anos, (2) descobrirão que podem lidar com uma economia norte-americana enfraquecida melhor do que acreditam os ocidentais, (3) terão seus modelos econômicos imitados pelos países desenvolvidos e (4) assumirão maior importância no cenário internacional, inclusive fazendo o G20 vai substituir o G7 e o G8 como principal fórum de governança mundial.

Confirmando as expectativas mais pessimistas e provavelmente ''forçando'' o Copom pensar seriamente em cortar os juros em -0,5% na reunião dos dias 20 e 21/JAN/09, ontem o IBGE divulgou que a produção industrial brasileira retrocedeu -5,2% em NOV/08 na comparação com OUT/08, o que foi o segundo mês seguido de queda e o pior resultado desde MAI/95.

Mostrando que o credito está restrito no exterior, ontem o Tesouro Nacional, como objetivo melhorar o perfil da dívida pública , realizou a primeira emissão de títulos da dívida brasileira em dólares desde MAI/08, porem os US$ 1bi que foram captados nos mercados norte-americano e europeu terão o custo de uma taxa de juros mais alta, de 6,127% ao ano, que é a taxa mais alta para títulos de dez anos desde NOV/06.

Apesar da substancial queda nos últimos meses do ano passado, que só em DEZ/08 foi de -16,4% na comparação com DEZ/07, em todo ano de 2008 as vendas de veículos no Brasil, batendo mais um recorde histórico, superaram em 14,15% o resultado verificado em 2007, que aliás já havia sido recorde.

- A Petrobrás subiu 1,4% e, após o fechamento do pregão, foi anunciado que companhias sul-coreanas estudam um acordo de permuta com o Brasil sob o qual os estaleiros do país asiático forneceriam navios-plataforma ou instalações de desenvolvimento de petróleo em troca de uma participação nos campos petrolíferos brasileiros.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Mostrando que continua ''fiel ao Lula'', ontem Alencar, após reclamar mais uma vez do elevado patamar da taxa de juros, afirmou que a ministra Dilma tem uma sensibilidade social muito grande e é um nome capaz de atender a qualquer cargo.

Se preparando para fazer o que mais gosta, que é viajar, Aécio, governador de MG, anunciou que pretende iniciar em MAR/09 viagens pelo Brasil para discutir com militantes tucanos o programa do partido para a sucessão presidencial em 2010, quando quer sair candidato, até agora, pelo PSDB.

Apesar da crise externa, que exige máxima atenção e dedicação das ''autoridades competentes'', o ano começou esvaziado em Brasília, já que 13 dos 37 ministros do governo Lula, acompanhando o ''patrão'', ainda estão de férias.

Mostrando que a aliança entre PSDB e DEM, além do PPS, está mesmo disposta a ir unida até 2010, em FEV/09 já se iniciam as conversas para que, também as eleições estaduais, sejam incluídas na parceria que pode também contar com o PV.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Ontem foi a vez de uma escola, da ONU, lotada de crianças palestinas, de ser bombardeada ''sem querer'' pelos mísseis de Israel que, apesar de cada dia mais pressionado pela opinião publica mundial, continua com sua ''caçada'' aos membros do Hamas.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário