R.B. 12/DEZ/08 "Brincando com a fé alheia"

São Paulo, 12 de dezembro de 2008 (SEXTA-FEIRA).

--------------------------------------------------------------------------------

Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve voltar a cair, influenciada pelas dúvidas quanto a aprovação e principalmente quanto a eficácia do pacote de ajuda às montadoras nos EUA, porem deve-se ressaltar que uma eventual baixa pode ser uma boa oportunidade para compra, diante das boas perspectivas para a economia brasileira.
- O DÓLAR pode subir, ''ajustando-se'' a piora do ''humor'' nas bolsas mundiais após o fechamento do mercado cambial de ontem, porem deve-se ressaltar que, principalmente diante do ainda elevado patamar da taxa real de juros brasileira (cerca de 7%), a tendência ainda é de queda.

ONTEM
- BOVESPA -1,2%, abriu em alta, para na máxima avançar 2,2%, seguindo a valorização das commodities no mercado internacional e à espera dos detalhes dos pacotes anticrise nos EUA e no Brasil, porem perdeu ''forças'' na ultima hora do pregão, em um movimento de realização de lucros.
- DÓLAR -3,5% à R$ 2,34, abriu em alta, para na máxima atingir R$ 2,41, porem, após mais um pregão marcado pela forte volatilidade, passou a cair na parte da tarde, pressionado pelos leilões de venda do BC.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única e à espera da divulgação do pacote de ajuda às montadoras nos EUA, JAPÃO 0,7%, com destaques de alta para as ações dos bancos Sumitomo (9,6%), Mizuho Financial (4,1%) e Mitsubishi UFJ Financial (6,8%), CHINA -2,3%, diante do desapontamento com a ausência de novas medidas de estímulo econômico por parte do governo local e CORÉIA 0,7%, a quinta alta consecutiva, desta vez impulsionada pelo corte maior do que o esperado na taxa básica de juros do país.
- Na EUROPA, novamente sem um tendência única, INGLATERRA 0,6%, sustentada por ações de empresas do setor de petróleo, como BP (4,8%) e Royal Dutch Shell (2,7%) e FRANÇA -0,4% e ALEMANHA -0,8%, com destaques de queda para ações de empresas dos setores de tecnologia, como Alcatel-Lucent (-2,4%) e STMicroelectronics (-2,2%).
- Nos EUA, após mais um pregão marcado pela forte volatilidade, S&P -2,8%, DJ -2,2% e NASDAQ -3,7%, pressionadas por declarações de congressistas norte-americanos de que o plano de socorro para as montadoras não conta com votos suficientes para ser aprovado e pela divulgação dos pedidos de seguros desemprego, que atingiu o maior nível de beneficiários dos últimos 26 anos.

--------------------------------------------------------------------------------

Economia:

Com o objetivo de fazer a economia brasileira, apesar da crise externa, crescer 4% em 2009, ontem Lula, após se reunir com os maiores empresários do Brasil, anunciou um pacote de medidas que, causando uma redução de R$ 8,4bi na arrecadação de impostos, (1) reformula a tabela do Imposto de Renda para as pessoas físicas, (2) reduz o IOF, (3) corta o IPI de carros e (4) destinará US$ 10bi das reservas internacionais para empréstimos à companhias com compromissos em moeda estrangeira.

Já que no Copom, conforme fica cada dia mais claro, quem manda é Meirelles, Lula determinou que os bancos públicos revisem os juros cobrados nos empréstimos para seus clientes, ressaltando que não houve aumento do custo de captação de dinheiro em relação ao que era verificado antes do agravamento da crise financeira internacional.

Inibindo o consumo, em NOV/08 as taxas de juros para empresas e para o consumidor, estimuladas pelo elevado patamar da Selic (13,75%), mantiveram a tendência de alta pelo sétimo mês consecutivo e atingiram o maior patamar desde NOV/05.

Ressaltando que a capacidade do governo brasileiro de injetar recursos na economia a fim de preservar as conquistas dos últimos anos, como a redução da pobreza, é limitada, um artigo da a prestigiada revista econômica britânica The Economist sugere que recorrer ao FMI, ao Banco Mundial ou ao Banco Interamericano de Desenvolvimento pode ser uma boa idéia.

Como reflexo imediato da crise externa e principalmente da disparada do dólar, em NOV/08 as vendas de veículos importados no país registraram queda de -43,6% na comparação com OUT/08, porem na comparação com NOV/07 o setor ainda acumula um aumento de 33,2% nas vendas.

Influenciada principalmente pelo elevado patamar dos juros que os bancos cobram de seus clientes, nos 11 primeiros meses de 2008 a inadimplência apresentou alta de 7,6% na comparação com o mesmo período de 2007.
--------------------------------------------------------------------------------

Política:

Mostrando que não está disposto a apoiar um candidato petista à presidência do Senado, o PMDB vai intensificar neste final de semana a pressão sobre Sarney para que ele concorra a presidência da Casa, o que aliás não seria muito ruim para Lula.

Novamente desdenhando da necessidade de controle dos gastos públicos, ontem a Câmara aprovou um projeto que cria mais 425 cargos efetivos, 350 cargos de confiança e 79 Funções Gratificadas que somente em 2009 já custarão R$ 22,2 milhões aos cofres públicos.

--------------------------------------------------------------------------------

Crítica:

Apenas 1 dia depois de o Supremo Tribunal Federal praticamente decidir pela manutenção em terra contínua da reserva indígena Raposa Serra do Sol, Lula começou a discutir compensações para empresários e políticos afetados pela decisão e prometeu repassar 6 milhões de hectares de terras da União para o governo de Roraima.

No mesmo dia em que Ban Ki-Moon, secretário-geral da ONU, afirmou que o Brasil "construiu uma das economias mais verdes do mundo", Lula foi alvo de críticas de ambientalistas por assinar um decreto que determina que o Ibama não poderá cobrar multas de quem ocupou irregularmente a reserva legal, que é a área de proibição de desmate em cada propriedade rural.

''Brincando com a fé alheia'' sem se preocupar com a justiça divina, porem não conseguindo escapar da justiça dos homens, ontem o casal de ''picaretas profissionais'' Estevam e Sônia Hernandes, que são fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, foi novamente preso pela polícia federal norte-americana e continuam respondendo processo no Brasil por lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, evasão de divisas e estelionato.

--------------------------------------------------------------------------------

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

--------------------------------------------------------------------------------

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário