R.B. 17/DEZ/08 "Sem mais nenhuma bala na agulha"

São Paulo, 17 de dezembro de 2008 (QUARTA-FEIRA).

--------------------------------------------------------------------------------

Mercados:

HOJE
- A BOVESPA pode voltar a subir, ainda ''embalada'' pela decisão do BC norte-americano de cortar a taxa de juros para o menor patamar da história (entre zero e 0,25%), porem deve-se ressaltar que, caso não apareçam sinais de recuperação econômica, este pode ser um bom patamar para vendas de curto-prazo, já que agora a autoridade monetária dos EUA está ''sem mais nenhuma bala na agulha''.
- O DÓLAR deve seguir em queda, com ''boas chances'' de fechar o ano abaixo dos R$ 2,30, hoje influenciado pela decisão do BC de fazer 3 leilões de venda de moeda com recompra prevista para os meses de FEV, MAR e ABR/09.

ONTEM
- BOVESPA 4,3%, já abriu em alta e, ainda com baixo volume de negócios (R$ 3,4bi), manteve a trajetória positiva ao longo de todo pregão, para fechar na máxima do dia, diante da decisão do Fed (''Copom'' dos EUA) de derrubar a taxa básica de juros dos EUA para o menor nível da história.
- DÓLAR -0,7% à R$ 2,37, abriu ''de lado'', para na máxima avançar 0,3%, porem definiu a trajetória negativa no início da tarde, influenciado (1) pela melhora do ''humor'' na Bovespa, (2) pelo recuo do risco-Brasil (-2,0%) e (3) pelos leilões de venda do BC.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -1,1%, com fraco volume de negócios e destaque negativo para as exportadoras, diante da forte valorização da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA 0,5%, revertendo uma abertura negativa, diante do aumento das ''esperanças'' de um novo corte na taxa de juros, após o presidente do ''BC'' local dar declarações estimulando uma forte demanda pelas ações de empresas do setor imobiliário e CORÉIA 0,3%, sustentada pela valorização das ações das montadoras, como Hyundai (5,6%) e Kia Motors (13,6%), já que os investidores consideram que o socorro do governo às montadoras dos EUA é inevitável.
- Na EUROPA, acompanhando o movimento ascendente do mercado de ações dos EUA, INGLATERRA 0,7%, FRANÇA 2,1% e ALEMANHA 1,6%, diante da expectativa, confirmada após o fechamento dos mercados locais, de corte de juros nos EUA e da esperança, cada dia maior, de que o governo norte-americano anunciará um pacote de auxílio às montadoras até quarta-feira.
- Nos EUA, ampliando os ganhos ao longo do dia, S&P 5,1%, DJ 4,2% e NASDAQ 5,4%, já que o Fed (''Copom'' local) reduziu a taxa de juros para uma margem entre zero e 0,25%, o que aliás é o menor patamar da história, ressaltando que vai empregar todas as ferramentas disponíveis para promover a retomada do crescimento econômico sustentável e preservar a estabilidade de preços.

--------------------------------------------------------------------------------

Economia:

Mais otimista que a ''média do mercado'', o que aliás não é normal, Meirelles, presidente do BC, afirmou que classifica como "pessimista" a previsão da CNI para o crescimento brasileiro em 2009 (2,4%), ressaltando que a previsão do BC sobre o crescimento da economia brasileira para 2009 será conhecida na próxima semana, quando será divulgado o relatório de inflação.

Como tem suas ''raízes'' no sindicalismo, Lula ''mandou avisar'' que tende a zero a chance de serem aprovadas durante seu governo medidas para flexibilizar as leis trabalhistas, conforme sugeriu o presidente da Vale do Rio Doce, ressaltando que a crise externa deve ser combatida com planos de investimentos públicos e privados, como um grande plano habitacional e medidas de incentivo ao consumo das famílias.

Fazendo sua parte para a redução dos gastos públicos, apesar do Congresso aprovar aumento de salários e de vagas de vereadores, o governo Federal prevê no seu Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) para 2009 cortes de gastos num total de R$ -10,9bi, principalmente em custeio (R$ -8,5bi).

Confirmando mais uma vez ''a eficiência e a competência'' do atual governo no controle das contas publicas, neste ano a Previdência Social deverá fechar com déficit de R$ -36,5bi, o que representa o melhor resultado desde 1995 e é cerca de -20% menor que a previsão do início do ano (R$ -44bi).

Dando novos sinais de controle da inflação, o que finalmente pode ''encorajar'' o Copom a começar a reduzir a Selic no começo de 2009, (1) o IGP-M de DEZ/08 ficou em 0,03%, valor abaixo do apurado em NOV/08 (0,73%) e também aquém das ''apostas do mercado'' (0,40%) e (2) o IPC da segunda quadrissemana do mês de DEZ/08 apontou inflação de 0,23%, resultado abaixo do levantamento anterior (0,28%).

--------------------------------------------------------------------------------

Política:

Praticamente definindo o ''jogo'' na Câmara e também mostrando o quando Temer, apesar de ser do PMDB, é perigoso para o governo Lula, ontem PSDB, DEM e PPS, partidos de oposição, formalizaram o apoio à candidatura do deputado peemedebista à presidência da Casa.

Sem se preocupar com a vontade popular, que segundo pesquisas recentes não quer mudar nada nas atuais regras eleitorais, ontem a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou a proposta do deputado petista João Paulo Cunha recomendando o fim da reeleição para titulares dos Executivos federal, estadual e municipal e a extensão dos mandatos do presidente da República, governadores e prefeitos de 4 para 5 anos.

--------------------------------------------------------------------------------

Crítica:

''Levantando a bola'' para que Obama comece uma reaproximação a terra de Fidel, ontem, durante a Cúpula da América Latina e Caribe, que reúne 33 chefes de Estado do continente em Costa do Sauípe na Bahia, foi aprovado um documento condenando o embargo dos EUA à Cuba.

--------------------------------------------------------------------------------

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

--------------------------------------------------------------------------------

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário