R.B. 21/JUL/20 "Um dos maiores crimes cometidos contra a humanidade"


"Um dos maiores crimes cometidos contra a humanidade"

São Paulo, 21 de julho de 2020 (TERÇA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a subir, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, beneficiadas pela aprovação de mais um pacote de estímulos monetários na Europa, animada com a apresentação da reforma tributária no Brasil e impulsionada pela valorização das commodities e (2) o DÓLAR pode cair, influenciado pelos mesmos motivos que devem seguir animando a bolsa tupiniquim e consequentemente elevando o fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,5% (aos 104.426pts), ampliando os ganhos acumulados no mês (9,9%) e reduzindo mais uma parte das perdas ainda registradas no ano (-9,7%), beneficiada pela gradativa melhora das perspectivas econômicas e pela expectativa de apresentação da reforma tributária, em um pregão com ótimo volume de negócios (R$ 39,2bi) por conta do vencimento de opções e (2) o DÓLAR caiu -0,7% à R$ 5,34, acompanhando o “humor positivo” na bolsa tupiniquim e aliviado pelo ingresso de capitais externos no país por conta de novas captações de empresas brasileira no exterior e da perspectiva de novas ofertas de ações na B3.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,1%, sustentada pelo bom desempenho da bolsa chinesa e China 3,1%, com destaques de alta para as ações das seguradoras, após mudança regulatória anunciada no fim de semana que permitirá ao setor investir mais em renda variável, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra -0,5%, com as petrolíferas BP (-2,0%) e Shell (-2,3%) prejudicadas pelo recuo do petróleo, porem França 0,5% e Alemanha 1,0%, aliviadas pela divulgação de resultados promissores de vacinas contra o coronavírus e (3) dos EUA, S&P 0,8%, DJ 0,1% e NASDAQ 2,5%, com destaques de alta para as ações do setor de tecnologia e também animadas pelas notícias positivas a respeito das vacinas contra o coronavírus.

Apesar de se mostrarem céticos sobre a possibilidade de aprovação da matéria ainda este ano, os analistas do banco norte-americano JPMorgan avaliam que é positiva a tentativa do governo brasileiro de buscar algum avanço das medidas tributárias no Congresso Nacional, ressaltando que isto pode melhorar a "narrativa de curto prazo" para o Brasil.

Novamente menos pessimista que na semana passada, o “mercado”, (1) reduziu pela terceira vez seguida, agora de -6,10% para -5,95%, suas “apostas” para a retração do PIB brasileiro em 2010 e (2) manteve em 1,72% suas projeções para a inflação medida pelo IPCA em 2020, patamar bem abaixo do centro da meta do BC (4,0%) e que mantem aberta a possibilidade de uma nova redução da taxa básica de juros na próxima reunião do Copom, marcada para os dias 4 e 5/AGO/20.

Com o País conquistando novos mercados e se consolidando como o celeiro do mundo, na semana passada a balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 1,8bi, elevado assim o saldo positivo acumulado no mês de JUL/20 para US$ 4,7bi.

Como “doce fruto” do baixíssimo patamar da taxa básica de juros (2,25% ao ano) e da consequente enxurrada de novos investidores para a bolsa tupiniquim, atualmente 21 empresas estão com processos em andamento na CVM para lançarem suas ações na B3.

Apresentando “mais um fruto podre” da nefasta, criminosa e inútil quarentena do coronavírus, neste mês de JUL/20 a intenção de consumo das famílias brasileiras recuou -4% na comparação com JUN/20 e atingiu o menor patamar desde 2010, quando aliás esta pesquisa começou a ser feita pela Confederação Nacional do Comércio.

-    A TIM subiu 7,3% e Telefônica Brasil ganhou 6,0%, após as duas empresas mais a Claro terem apresentado proposta para aquisição do negócio móvel do Grupo Oi, que está em recuperação judicial.

-    A Amazon subiu 7,9% na bolsa de NY, após um analista do Goldman Sachs elevar o preço-alvo dos papéis de US$ 3.000 por ação para US$ 3.800 por ação.


Política:

Linha auxiliar da organização criminosa petista, que trabalha com o lema “quanto pior melhor”, Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, afirmou que “vai à guerra” contra reforma tributária que será apresentada hoje pelo governo ao Congresso Nacional.

Aumentando a dívida pública, que é paga pelos pagadores de impostos, ontem os “nobres” deputados aprovaram um projeto de lei que prevê a concessão de cinco parcelas de auxílio de R$ 600 a agricultores familiares que não tenham sido contemplados pelo benefício emergencial a informais estabelecido pelo governo Bolsonaro.

Em busca de apoio dos bandidos e dos canalhas da oposição para mudar a lei e se reeleger no comando do Senado, Davi Alcolumbre, presidente da referida Casa, está ameaçando colocar na geladeira os vetos do presidente Bolsonaro ao marco legal do saneamento e à desoneração da folha de pagamento.

Arrogante, bandida e canalha, a deputada petista Gleisi Hoffmann, também conhecida como “a amante” nas planilhas de propina da Odebrecht, afirmou ontem, em entrevista aos seus canetinhas de aluguel da Folha de SP, que a organização criminosa petista não precisa pedir desculpas pois não fez nada de errado.

Além de prometer evitar temas polémicos, como drogas e aborto, Luiz Fux, que vai presidir o STF a partir de SET/20, prometeu dar prioridade à questões referentes à economia, devastada pela inútil e criminosa quarentena do coronavírus.

Colocando Serra cada dia mais próximo da cadeia, hoje o referido senador tucano, acusado de receber propina na sua campanha de 2014, acordou novamente com a Polícia Federal na porta da sua casa para o cumprimento de mandados de busca e apreensão.  

Segundo Delfim Netto, um dos maiores canalhas do País, nas eleições presidenciais de 2018 a esquerda tinha se organizado para lançar Ciro Gomes candidato, com Haddad de vice, porém o ex-presidiário “Lula, salvado o Brasil”, barrou o acordo.


Crítica:

Cobertas de razão, cerca de 10 entidades setoriais preparam para fazer amanhã uma manifestação em BH, capital mineira, para pedir um plano de reabertura das atividades comerciais como shoppings, bares e restaurantes, que estão fechados há cerca de 120 dias.

Enquanto 9,3 milhões de trabalhadores tupiniquins da iniciativa privada tiveram salários suspensos ou reduzidos em até 75%, os “nobres” deputados e senadores, que não têm do que reclamar, já começaram a receber a antecipação do 13º salário.

Dando mais uma prova de que a quarentena foi, e infelizmente segue sendo, “um dos maiores crimes cometidos contra a humanidade”, segundo um estudo publicado pelo cientista britânico Karl Friston, professor de Stanford e candidato ao Prêmio Nobel, apenas cerca de 20% da população é suscetível a pegar o coronavírus, que por sua vez mata menos de 0,5% de quem adoece.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário